Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev)
Logo dataprevportal.jpg
Empresa pública
Atividade Tecnologia da Informação
Fundação 4 de novembro de 1974 (45 anos)
Sede Brasília, DF, Brasil Brasil
Locais Rio de Janeiro, RJ
Brasília,
São Paulo,
Ceará,
Paraíba,
Rio Grande do Norte,
Santa Catarina
Empregados 3682 (Março de 2018)
Produtos CNIS, Caged, Sine Fácil, Emprega Brasil, CTPS Digital, CADPREV, SIPREV, Sigepe, PUC, CADPREVIC, SICADI, Funpresp, entre outros
Serviços Desenvolvimento de Sistemas
Consultoria em TIC
Serviços de DataCenter
Serviços de Telecomunicações
Lucro R$ 210,1 Mi (2015) (+22,7%) Aumento

R$ 171,1 Mi (2014) (-4,6%) Baixa

R$ 177,6 Mi (2013) (+15,5%) Aumento

R$ 153,6 Mi (2012)

Website oficial portal.dataprev.gov.br

A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) é uma empresa pública brasileira, vinculada ao Ministério da Economia.[1] É responsável pela gestão da Base de Dados Sociais Brasileira, especialmente a do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

A empresa foi criada em 1974 por força da Lei 6.125/74, que autorizou o poder executivo a constituí-la.[2]

Sua administração central está localizada no Distrito Federal e possui unidades em todos os estados da federação. Ainda possui três centros de processamento de dados nas cidades de Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro e administra uma rede com mais de 1300 pontos no território brasileiro.

Adicionalmente a empresa dispõe de cinco 5 unidades de desenvolvimento de software e 3 data centers espalhados pelo país.

Índice

HistóriaEditar

Em 1938, José Gomes de Pinho Neves, que viria a fundar e presidir a Dataprev, instalou no Instituto de Aposentadorias e Pensões dos Industriários (IAPI), o maior equipamento de processamento de dados do país, utilizando cartões Hollerith (perfurados) para definir sistematicamente a concessão e manutenção de benefícios.

Em 4 de novembro de 1974, através da Lei nº. 6.125, do Gen. Ernesto Geisel, foi criada a Empresa de Processamento de Dados da Previdência Social, oriunda da fusão dos Centros de Processamento de Dados dos institutos de previdência existentes até 1964. Posteriormente a sua razão social foi alterada para Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social. Já em 1975, o contrato entre o INPS e a Burroghs Eletrônica foi tranferido para a Dataprev, que passou a gerir o parque de computadores instalados no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Em 1989 foi realizado o primeiro concurso público da Dataprev, atendendo a exigência da Constituição de 1988. Em 1991 foi implantado no Distrito Federal o Prisma, sistema responsável pelas funcionalidades dos benefícios nas Agências da Previdência Social.

No ano de 2006 foi lançada a Central de Atendimento 135 do INSS, terminando com filas nas APSs. Foram criadas as Unidades de Desenvolvimento de Software (UDs) em João Pessoa (UDPB), Fortaleza (UDCE), Florianópolis (UDSC) e Rio de Janeiro (UDRJ). Já em 2011 a capacidade de armazenamento dos centros de processamento atingiu 1 Petabyte.

Em 2013 foi concluída a migração para plataforma baixa dos dados da Receita Federal e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, envolvendo dez grandes bancos de dados, 8,5 bilhões de registros, 12 grandes aplicações, e a conversão de 3,4 milhões de linhas de código escritas em Cobol para Java. Também foi inaugurada a Unidade de Desenvolvimento do Rio Grande do Norte, em Natal.[3]

CaracterísticasEditar

A Dataprev é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Economia, possuindo personalidade jurídica de direito privado, patrimônio próprio e autonomia administrativa e financeira. O capital social é distribuído entre a União, com cinquenta e um por cento e o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), com os restantes quarenta e nove por cento.[4]

Os principais serviços prestados pela Dataprev atualmente são inteligência de negócio, operação e suporte, desenvolvimento, hosting e nuvem, hospedagem de portais, consultoria, dados abertos, correio eletrônico e solução de PPM.

EstruturaEditar

A empresa possui três data centers, localizados nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.

O atendimento operacional e técnico é garantido pelas 27 regionais, uma em cada capital.

A estrutura da empresa contempla ainda cinco unidades de desenvolvimento, localizadas nas cidades de Fortaleza, João Pessoa, Natal, Rio de Janeiro e Florianópolis.

Unidades de Desenvolvimento de SoftwareEditar

A empresa conta com 5 Unidades de Desenvolvimento de Software:

Data centersEditar

A empresa conta com 3 Data centers[4]

Capacidade de processamento:[4]

  • RISC: 58 Tflops/s;
  • X86: 1.028 Tflops/s;
  • Mainframe: 154.305 RPM;

Capacidade de armazenamento: +10 Petabytes.

Principais clientesEditar

Referências

  1. «Estatuto Dataprev» (PDF). Dataprev. 1 de julho de 2009. Consultado em 26 de abril de 2018. Arquivado do original (PDF) em 29 de junho de 2011 
  2. GEISEL, ERNESTO (4 de novembro de 1974). «Lei 6.125/74». DOU. Consultado em 27 de abril de 2018 
  3. «Revista Dataprev Resultados - Ano 5 - Número 10» (PDF). Dataprev. 1 de novembro de 2014. Consultado em 27 de abril de 2018 
  4. a b c «Dataprev em síntese» (PDF). Dataprev. Março de 2017. Consultado em 25 de maio de 2017. Arquivado do original (PDF) em 21 de julho de 2017 
  5. «Principais clientes». Dataprev. Consultado em 30 de janeiro de 2019 

Ligações externasEditar