Date Movie

filme de 2006 dirigido por Aaron Seltzer e Jason Friedberg

Date Movie (br Uma Comédia Nada Romântica) é um filme norte-americano de 2006, gênero comédia romântica, escrito e dirigido por Jason Friedberg e Aaron Seltzer. O filme foi lançado em 17 de fevereiro de 2008 pela 20th Century Fox. Paródia do gênero de comédia romântica, grande parte do enredo é baseada em My Big Fat Greek Wedding e Meet the Fockers. É estrelado por Alyson Hannigan, Adam Campbell, Sophie Monk, Tony Cox, Jennifer Coolidge, Eddie Griffin e Fred Willard.

Date Movie
Date Movie[1][2][3] (PRT)
Uma Comédia Nada Romântica[4][5] (BRA)
 Estados Unidos
2006 •  cor •  83[6] min 
Direção Jason Friedberg
Aaron Seltzer
Produção Jason Friedberg
Paul Schiff
Roteiro Jason Friedberg
Aaron Seltzer
Elenco Alyson Hannigan
Adam Campbell
Sophie Monk
Jennifer Coolidge
Tony Cox
Fred Willard
Eddie Griffin
Gênero comédia romântica
Música David Kitay
Cinematografia Shawn Maurer
Edição Paul Hirsch
Companhia(s) produtora(s) Epsilon Motion Pictures
Regency Enterprises
New Regency
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento Estados Unidos 17 de fevereiro de 2006
Idioma inglês
Orçamento US$ 20 milhões[7]
Receita US$ 84.8 milhões[7]
Site oficial

Carmen Electra ganhou o Framboesa de Ouro de pior atriz coadjuvante por sua atuação neste filme e Scary Movie 4.

O filme tem uma classificação de 7% no Rotten Tomatoes. Apesar disso, o filme foi um sucesso de bilheteria e arrecadou US$48,548,426 nos Estados Unidos e US$36,247,230 internacionalmente, somando um total mundial de US$84,795,656.[7] O filme foi lançado em DVD em 30 de maio de 2006 nas versões classificada (83 minutos) e não classificada (84 minutos) e 1,051,878 unidades foram vendidas, gerando uma receita de US$18,777,508.[8]

SinopseEditar

Julia Jones (Alyson Hannigan) é uma garçonete pouco atraente, que trabalha no restaurante de seu pai. Ela sonha em achar o homem de seus sonhos e se casar, mas tem um sério problema de peso, que lhe impede de deixar uma impressão positiva nas pessoas. Mesmo assim ela o acha e o perde em segundos. Assim, vai até um conselheiro sentimental, que manda fazer uma "lanternagem" nela, o que a transforma numa bela jovem. Ela consegue reencontrar e conquistar Grant Fockyerdoder (Adam Campbell), que também se apaixona por ela. Eles não desperdiçam tempo e marcam a data do casamento. Enquanto o dia não chega eles lidam com problemas, como os pais dela querendo se intrometer na sua vida e o confronto de Julia com a ex-noiva de Grant, Andy (Sophie Monk), que quer usar sua sensualidade e beleza para evitar que Grant se case.

ElencoEditar

ParódiasEditar

Filmes e programas de TVEditar

Pessoas da vida realEditar

Trilha sonoraEditar

Lista de faixas[9]
  1. "Milkshake" – Kelis
  2. "Party Hard" – The Perceptionists
  3. "You’re the First, the Last, My Everything" – Barry White
  4. "Toma" – Pitbull com Lil Jon
  5. "Funhop" – Todd Schietroma
  6. "Do You Believe in Magic" – The Lovin' Spoonful
  7. "Too Much Booty (In da Pants)" – Soundmaster T
  8. "Break it on Down" – Flii Stylz & Tenashus
  9. "Baby Come Back" – Player (Edit)
  10. "The Price Is Right (tema)" – David Kitay
  11. "Break It Down" – Alana D.
  12. "Come on Shake" – Classic
  13. "What Will You Do?" – Sparklemotion
  14. "Don't Cha" – Pussycat Dolls

Recepção da críticaEditar

O filme não teve exibição prévia na imprensa.[10] Date Movie teve recepção geralmente desfavorável por parte da crítica especializada. Em base de 18 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 11% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, atinge uma nota de 3.0, usada para avaliar a recepção do público.[11] Rotten Tomatoes deu ao filme uma pontuação de 7% com base em críticas de 86 críticos, com uma classificação média de 2,5/10. O consenso crítico do site afirma: "Na tentativa de parodiar clichês de comédia romântica, Date Movie acaba por zombar de si mesmo, com humor juvenil no banheiro e referências vazias da cultura pop".[12]

Owen Gleiberman, da Entertainment Weekly, premiou o filme com nota B e o comparou com fast food, sugerindo que, se o público está "sedento de comédia salgada e barulhenta", esse filme pode ser exatamente o que o público deseja.[13] Variety elogiou Jennifer Coolidge por fornecer alguns momentos brilhantes com uma paródia de Barbra Streisand, mas ficou impressionada ao descrever o filme como "acolchoado e repetitivo".[14]

O crítico Scott Tobias, do The A.V. Club, ficou surpreso ao ver que uma "comédia de piada por segundo" não conseguiu conter uma única risada.[15]

Pete Vonder Haar, da Film Threat, descreveu o filme como um candidato ao pior de 2006. Ele saiu do filme depois de 29 minutos sem rir e disse que não sentia nenhuma culpa por isso. Ele descreveu o riso de outras pessoas na platéia como "inexplicável" e se perguntou se a platéia americana do cinema é composta de "macacos bugios".[10]

  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  1. Date Movie no DVDPT (Portugal)
  2. Date Movie no SapoMag (Portugal)
  3. «Date Movie». no CineCartaz (Portugal) 
  4. Uma Comédia Nada Romântica no CinePlayers (Brasil)
  5. «Uma Comédia Nada Romântica». no AdoroCinema 
  6. «DATE MOVIE (12A)». British Board of Film Classification. 13 de fevereiro de 2006. Consultado em 15 de março de 2015 
  7. a b c «Date Movie (2006)». Box Office Mojo. Amazon.com 
  8. «Date Movie DVD». Nash Information Services. The Numbers 
  9. «Amazon» 
  10. a b «Date Movie». Film Threat. 19 de fevereiro de 2006. Consultado em 7 de maio de 2011. Arquivado do original em 11 de julho de 2011 
  11. «Date Movie» (em inglês). Metacritic. Consultado em 22 de agosto de 2014 
  12. «Date Movie». Rotten Tomatoes. Fandango Media 
  13. Owen Gleiberman (22 de fevereiro de 2006). «Date Movie (2006)». Entertainment Weekly. Time Inc. hodgepodge of My Big Fat Greek Wedding, Bridget Jones's Diary, Meet the Fockers, Hitch, and Sleepless in Seattle 
  14. Leydon, Joe (17 de fevereiro de 2006). «Date Movie». Variety 
  15. Scott Tobias (21 de fevereiro de 2006). «Date Movie». The A.V. Club. The Onion