Abrir menu principal
Almirante de Frota O Muito Honorável
O Conde Beatty
GCB OM GCVO DSO PC
Nome completo David Richard Beatty
Nascimento 17 de janeiro de 1871
Stapeley, Cheshire, Inglaterra,  Reino Unido
Morte 12 de março de 1936 (65 anos)
Londres, Inglaterra,
 Reino Unido
Progenitores Mãe: Katherine Edith Sadleir
Pai: David Longfield Beatty
Cônjuge Ethel Field (1901–1932)
Filho(s) David Beatty, 2.º Conde Beatty
Peter Beatty
Educação Academia Burney
Serviço militar
Serviço  Marinha Real Britânica
Anos de serviço 1884–1927
Patente Almirante de Frota
Conflitos Guerra Madista
Levante dos Boxers
Primeira Guerra Mundial
Condecorações Ordem do Banho
Ordem do Mérito
Real Ordem Vitoriana
Ordem de Serviços Distintos
Entre outras

David Richard Beatty, 1.º Conde Beatty GCB OM GCVO DSO PC (Stapeley, 17 de janeiro de 1871Londres, 12 de março de 1936) foi um oficial naval britânico que tornou-se um dos principais almirantes da Marinha Real Britânica na Primeira Guerra Mundial. Filho de Katherine Sadleir e David Longfield Beatty,[1] ele entrou na marinha em 1884 como cadete e pelos anos seguintes subiu pelas patentes e serviu em diversos navios, incluindo o HMS Alexandra sob o comando do príncipe Alfredo, Duque de Edimburgo.[2] Beatty foi lutar na Guerra Madista, destacando-se como comandante de barcos torpedeiros e sendo promovido a comandante.[1]

Beatty foi designado em 1899 o comandante do couraçado pré-dreadnought HMS Barfleur na China. O Levante dos Boxers estourou no ano seguinte e ele participou de operações de bombardeamento e desembarque de tropas durante o conflito.[1] Beatty foi promovido a capitão e retornou para o Reino Unido a fim de passar por cirurgia no braço esquerdo.[3] Se casou no ano seguinte com Ethel Field, com quem teve dois filhos: David e Peter.[4] Beatty foi subindo pelas patentes e comandou diversos navios e divisões, até ser promovido a contra-almirante em 1910 e designado comandante da 1ª Esquadra de Cruzadores de Batalha.[1][5]

A Primeira Guerra Mundial começou em 1914 e Beatty foi nomeado para a Ordem do Banho em 1914 e promovido a vice-almirante em 1915,[6][7] recebendo o comando da Frota de Cruzadores de Batalha. Nessa capacidade ele liderou os cruzadores de batalha britânicos contra a Marinha Imperial Alemã nas batalhas da Angra da Heligolândia em 1914, do Banco de Dogger em 1915 e da Jutlândia em 1916. Foi promovido a almirante no final de 1916 e colocado no comando da Grande Frota, a principal força naval do Reino Unido na guerra.[1] Ele manteve a superioridade marítima britânica e, em 1919, após o final do conflito, foi promovido a Almirante de Frota e recebeu os títulos de Conde Beatty, Visconde Borodale e Barão Beatty do Mar do Norte e Brooksby.[8][9]

Beatty foi nomeado Primeiro Lorde do Mar em novembro de 1919. Nesta capacidade ele participou das negociações do Tratado Naval de Washington de 1922, que limitou o tamanho das principais marinhas do mundo na época.[1] Foi um grande defensor da construção de mais cruzadores para a Marinha Real, o que levou a confrontos com o governo que desejava cortar gastos considerados desnecessários.[10] Ele se aposentou em 1927 e passou boa parte do resto da sua vida em Leicestershire. Beatty morreu em março de 1936 aos 65 anos de idade, sendo enterrado na Catedral de São Paulo em Londres.[1]

Referências

  1. a b c d e f g Heathcote, T. A. (2002). British Admirals of the Fleet 1734–1995: A Biographical Dictionary. Barnsley: Leo Cooper. pp. 23–27. ISBN 0-85052-835-6 
  2. Roskill, Stephen Wentworth (1980). Admiral of the Fleet Earl Beatty – The Last Naval Hero: An Intimate Biography. Londres: Collins. pp. 21–22. ISBN 0-689-11119-3 
  3. Roskill, Stephen Wentworth (1980). Admiral of the Fleet Earl Beatty – The Last Naval Hero: An Intimate Biography. Londres: Collins. pp. 32–33. ISBN 0-689-11119-3 
  4. Beatty, Charles (1980). Our Admiral: A Biography of Admiral of the Fleet Earl Beatty. Londres: W. H. Allen. pp. 38–44. ISBN 978-0-491-02388-7 
  5. Beatty, David (1989). Ranft, Bryan, ed. The Beatty Papers. I. Londres: Navy Records Society. p. 57. ISBN 0-85967-807-5 
  6. «Central Chancery of the Orders of Knighthood». The London Gazette (28842): 4876. 22 de junho de 1914 
  7. «Admiralty, 3th August, 1915». The London Gazette (29262): 8016. 13 de agosto de 1915 
  8. «Admiralty, 1st May, 1919». The London Gazette (31327): 5653. 6 de maio de 1919 
  9. «Whitehall, October 18, 1919». The London Gazette (31610): 12889. 21 de outubro de 1919 
  10. Roskill, Stephen Wentworth (1980). Admiral of the Fleet Earl Beatty – The Last Naval Hero: An Intimate Biography. Londres: Collins. pp. 351–353. ISBN 0-689-11119-3 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.