David Robert Joseph Beckham OBE[1] (Leytonstone, 2 de maio de 1975)[2] é um ex-futebolista inglês que atuava como meio-campista.

David Beckham
David Beckham
Beckham em 2014.
Informações pessoais
Nome completo David Robert Joseph Beckham
Data de nasc. 2 de maio de 1975 (44 anos)
Local de nasc. Leytonstone, Reino Unido
Nacionalidade britânico
Altura 1,83 m
destro
Apelido Becks, Dave
Informações profissionais
Período em atividade 1993–2013 (20 anos)
Clube atual Aposentado
Posição Meio-campista
Clubes de juventude
1987–1991
1991–1993
Brimsdown Rovers
Tottenham
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1993–2003
1995
2003–2007
2007–2012
2009–2010
2013
Manchester United
Preston North End (emp.)
Real Madrid
Los Angeles Galaxy
Milan (emp.)
Paris Saint-Germain
0394 000(86)
0005 0000(2)
0159 000(20)
0124 000(20)
0033 0000(2)
0014 0000(0)
Seleção nacional
1992–1993
1994–1996
1996–2009
Inglaterra Sub-18
Inglaterra sub-21
Inglaterra
0003 0000(0)
0009 0000(0)
0115 000(17)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 20 de abril de 2019.

Caracterizava-se pela precisão de seus passes e chutes de longa distância, sendo especialista em cobranças de faltas e pênaltis, tendo marcado grande parte de seus gols destas formas (65 de seus gols foram de falta[3]). Beckham viveu um dos seus melhores anos como profissional em 1999, quando conquistou com o Manchester United quatro títulos (Premier League, Copa da Inglaterra, Liga dos Campeões da UEFA e Copa Europeia/Sul-Americana), tendo participação decisiva. No final deste ano, ficou em segundo no prêmio Ballon d'Or, entregue pela revista francesa France Football, e na eleição da FIFA, o segundo melhor do mundo (onde também ficou em segundo em 2001). Porém, conquistou o prêmio de jogador europeu do ano, concedido pela UEFA (sendo o primeiro europeu a conquistar o prêmio).[4]

Sempre disputando os principais torneios de futebol, Beckham foi o primeiro jogador britânico a disputar mais de 100 partidas pelo principal torneio europeu, a Liga dos Campeões da UEFA. Também é um dos poucos a conseguir tal feito com a camisa da Seleção Inglesa, sendo atualmente, o jogador de linha com mais partidas disputadas pela Inglaterra, sendo superado apenas pelo ex-goleiro Peter Shilton.[5]

É o único jogador inglês a ser campeão nacional em quatro países diferentes. Foi campeão inglês no Manchester United, campeão espanhol no Real Madrid, campeão americano no Los Angeles Galaxy e, por último campeão francês no PSG, clube na qual anunciou sua aposentadoria ao final da temporada 2012–2013.

O avô materno de Beckham era judeu,[6] Beckham referiu a si mesmo como "meio judeu"[7] e disse em sua autobiografia: "Eu provavelmente tive mais contato com o judaísmo do que com qualquer outra religião".

Carreira

 
Beckham (direita) e Zinédine Zidane no Real Madrid.

Manchester United

Beckham começou sua carreira em 1993 no Manchester United, clube no qual ficou até 2003 (em 1995, esteve por empréstimo, no Preston North End).

Nos Diabos Vermelhos, alcançou o auge de sua carreira, tendo atuações memoráveis e impecáveis conquistando títulos importantes na história do clube, como a Liga dos Campeões da UEFA de 1998–99. Além da Liga dos Campeões, conquistou seis vezes a Premier League (1995–96, 1996–97, 1998–99, 1999–00, 2000–01 e 2002–03), a Copa Europeia/Sul-Americana de 1999 (vencendo o Palmeiras na final) e outros títulos importantes de âmbito nacional.

Em 2002, ficou ameaçado de não jogar a Copa do Mundo após ter o pé direito quebrado numa dividida com o argentino Aldo Duscher, do Deportivo La Coruña, pela Liga dos Campeões da UEFA. Ficou em tratamento intensivo durante dois meses para jogar o torneio.

Deixou o clube no final da temporada, com 85 gols e 145 assistências.[8]

Real Madrid

No dia 18 de junho de 2003, foi anunciado como novo reforço do Real Madrid.[9] Por lá, fez parte dos chamados Galácticos, ao lado de outros jogadores que, na época, estavam entre os melhores do mundo, como Ronaldo, Zinédine Zidane, Roberto Carlos, Luís Figo e Raúl. No clube madrilenho, porém, não obteve o mesmo sucesso que conseguiu no Manchester United.

Muitos são os que dizem que, após a saída de Beckham dos Red Devils, nunca mais o meia veio a exibir o mesmo futebol vistoso que exibia no United, o que pode ser considerado fato se forem levadas em consideração as suas estatísticas pelos merengues. Em 159 partidas pelo clube madrilenho, Beckham marcou apenas 20 gols, média muito abaixo do United. No Real Madrid, destacou-se mais com suas assistências do que com seus gols de falta e de longa distância.

Los Angeles Galaxy

 
Beckham em ação pelo Los Angeles Galaxy, em 2007.
 
Beckham atuando pelo Los Angeles Galaxy em 2007.

No dia 11 de janeiro de 2007, acertou sua transferência para o Los Angeles Galaxy, da Major League Soccer.[10][11] Beckham chegou ao Galaxy no dia 13 de julho, após conquistar a La Liga, com uma grande recepção por parte dos torcedores, dirigentes e da mídia local. Sua estreia oficial foi no dia 21 de julho, em um amistoso contra o Chelsea, na qual o Galaxy perdeu por 1 a 0.[12]

Em 15 de agosto, Beckham marcou seu primeiro gol pelo Galaxy, dando ainda uma assistência para outro gol, na vitória por 2 a 0 sobre o arquirrival DC United na disputa da Superliga. O resultado fez com que sua equipe disputasse, em 29 de agosto, a primeira final da primeira Superliga. Porém, em uma dividida contra um adversário, lesionou-se, saiu antes do intervalo, e viu sua equipe perder o título em decisão por cobrança de pênaltis pelo placar de 4 a 3, após um empate no tempo normal em 1 a 1. Beckham tem grande simpatia pelo número 23, número que usou no Real Madrid, e também em toda sua passagem no Los Angeles Galaxy.

Primeiro empréstimo ao Milan

No dia 30 de outubro de 2008, Beckham assinou um contrato por empréstimo com o Milan, da Itália, inicialmente com duração de quatro meses, com início em janeiro de 2009.[13]

Beckham fez sua estreia oficial pelo Milan no dia 11 de janeiro de 2009, e jogou 89 minutos do empate em 2 a 2 contra a Roma, pela Serie A.[14] Ele marcou seu primeiro gol pelo clube milanista no dia 25 de janeiro, o terceiro da vitória por 4 a 1 sobre o Bologna.[15]

Após bom desempenho no Milan, o time de Milão conseguiu prorrogar seu empréstimo até o fim da temporada europeia, em junho.[16]

No dia 28 de março de 2009, no amistoso contra a Eslováquia, Beckham se tornou o jogador de linha que mais vezes atuou com a camisa da Inglaterra: 109 partidas. O antigo recorde pertencia a Bobby Moore.[17] No total, atuou por 115 vezes com a camisa do English Team.

 
Beckham atuando pelo Milan.

Retorno

Após sua volta ao Los Angeles Galaxy, disputou sua primeira partida no dia 16 de julho, tendo uma atuação discreta na vitória sobre o New York Red Bulls por 8 a 1, se limitando a cobranças de escanteio.[18] Após terminar em primeiro na conferência oeste, chegou a final da MLS contra o Real Salt Lake, mas acabou perdendo o título nos pênaltis.[19][20]

Segundo empréstimo

Logo após o término da temporada nos Estados Unidos, retornou ao Milan, por empréstimo, em janeiro de 2010.[21]

No dia 3 de janeiro de 2010, durante sua coletiva de imprensa de apresentação, perguntado sobre o sorteio das oitavas de finais da Liga dos Campeões, que apontou um confronto entre Milan e Manchester United, clube que o revelou, Beckham declarou que se arrependeu de ter saído do clube inglês, principalmente pelo fato de que desde que deixou os Diabos Vermelhos, só conquistou títulos no Real Madrid.[22][23]

Beckham fez sua reestreia pela equipe rossonera em 6 de janeiro, tendo boa atuação na goleada de 5 a 2 sobre o Genoa.[24][25] Após uma nova lesão, ficou fora da Copa do Mundo de 2010. O meia machucou-se sozinho no domingo de 14 de março, no jogo em que o Milan venceu o Chievo Verona por 1 a 0 pela Serie A. Conforme informou o então treinador do Milan, Leonardo, Beckham rompeu o tendão de Aquiles.[26] Em sua passagem pelo Milan, Beckham participou novamente de um time recheado de estrelas; porém, esses grandes jogadores não estavam mais em seus auges e não reverteram o timaço em títulos para rubro-negro de Milão. Faziam parte do time, além de Beckham, Ronaldinho Gaúcho, Shevchenko, Maldini, Pirlo, Kaká, Nesta, Gattuso, Filippo Inzaghi, além do jovem Alexandre Pato.

Segundo retorno

 
David Beckham atuando pelo Los Angeles Galaxy em 2011.

Após o retorno de seu segundo empréstimo ao Milan, conquistou seu primeiro título no Los Angeles Galaxy, a MLS Western Conference, a disputa entre as equipes da Conferência Oeste, em 2009 e 2010. Posteriormente, conquistou também a MLS Supporters' Shield, também em 2010 sendo bicampeão em 2011.[27] Nesse mesmo ano conquistou o mais importante título do futebol estadunidense, a MLS Cup.[28]

Com a parada da Major League Soccer, surgiram as especulações de que David estaria deixando o Los Angeles Galaxy; a principal proposta foi do novo rico francês PSG, que chegou muito perto de contratá-lo, porém as negociações foram encerradas após a proposta ser rejeitada.

No dia 18 de janeiro de 2012, anunciou a renovação de seu contrato com o Los Angeles Galaxy por mais dois anos.[29]

Porém, no dia 20 de novembro de 2012, Beckham anunciou a sua despedida do Los Angeles Galaxy. Sua última partida foi disputada dia 1 de dezembro contra o Houston Dynamo, valendo o título da MLS.[30]

Paris Saint-Germain

Sem clube desde que deixara o Los Angeles Galaxy, sendo especulado inclusive no Flamengo, no dia 31 de janeiro de 2013 Beckham assinou com o Paris Saint-Germain.[31][32] O jogador vinha se mantendo em forma treinando no Arsenal, mas foi seduzido pelos franceses, que, com cerca de 200 milhões de euros em investimentos, vinham montando uma poderosa equipe.[33]

Estreou no dia 24 de fevereiro, numa vitória de 2 a 0 contra o Olympique de Marseille, onde Beckham iniciou a jogada do gol do Zlatan Ibrahimović.[34][35]

No dia 12 de maio, em sua primeira e única temporada se sagrou campeão francês, depois de um vitória contra o Lyon, acabando com uma seca de títulos do Paris Saint-Germain de 19 anos sem erguer a taça da Ligue 1.

Seleção Britânica

Em 2011, Beckham disse publicamente que "amaria jogar" pela Seleção Britânica que iria disputar os Jogos Olímpicos de 2012, já que nas Olimpíadas não havia divisões de países do Reino Unido. Os jogos foram realizados em seu país natal, na capital Londres.[36][37] No dia 17 de janeiro de 2012, foi pré-convocado para a Seleção Britânica.[38][39] Porém, acabou por ser preterido pelo treinador Stuart Pearce que preferiu ocupar as três vagas permitidas para veteranos com Micah Richards, Craig Bellamy e Ryan Giggs.[40] Beckham não escondeu sua decepção:

Aposentadoria

No dia 16 de maio de 2013, aos 38 anos, David Beckham anunciou o fim de sua carreira futebolística, após uma única temporada pelo Paris Saint Germain.[42][43]

Vida pessoal

Disciplina

O seu ex-treinador no Manchester United, Sir Alex Ferguson disse que Beckham "detém uma disciplina de modo que os outros jogadores não se preocupam".[44] Ele manteve a sua rotina de treinos no Real Madrid e, mesmo quando a sua relação com a diretoria não era das melhores, no início de 2007, o presidente do Real Madrid, Ramón Calderón, e o seu treinador, Fabio Capello, elogiaram Beckham pelo seu profissionalismo e compromisso com a equipe, apesar do momento ruim dentro do clube. Nesta época, Beckham teve uma aumento financeiro muito grande, pois o tamanho gigante de patrocínios traziam muito dinheiro para ele. Tem seu patrimônio avaliado em cerca de 800 milhões de dólares, sendo o principal garoto propaganda das marcas Adidas e Pepsi.[45]

Apesar de sua disciplina ao longo da carreira, Beckham esteve marcado por um momento negativo: um cartão vermelho recebido durante a Copa do Mundo de 1998, num jogo contra a Argentina. Após uma falta cometida por Diego Simeone, Beckham partiu para cima do argentino e o agrediu com um chute na perna.

 
Beckham ao lado da esposa, Victoria.

Casamento

Beckham casou-se com a ex-Spice Girl Victoria Beckham no dia 4 de julho de 1999, no Luttrellstown Castle, na República da Irlanda. O casamento atraiu uma enorme cobertura da mídia, e o custo da cerimônia foi estimado em 500 mil libras.

Desde que se casaram, os dois atraem uma imensa atenção da mídia, principalmente desde que o casal passou residir nos Estados Unidos. Apesar disto, Beckham e Victoria não aparentam um grande incômodo por serem um alvo frequente dos paparazzi. Com Victoria, teve quatro filhos: Brooklyn, Romeo, Cruz e Harper. Harper é a mais nova integrante da família, nascida em julho de 2011.

Em Abril de 2007, a família Beckham mudou-se a Beverly Hills, na Califórnia. A mansão custou cerca de US$22 milhões. Entre os vizinhos, estava o casal de atores Tom Cruise e Katie Holmes.

Fama extracampo

Considerado uma das personalidades mais populares do esporte,[46] em 2004, foi inserido pelo brasileiro Pelé no FIFA 100, uma lista com os 125 maiores jogadores vivos da história do futebol mundial.[47] No mesmo ano, também foi incluído na lista da revista estadunidense Time Time 100.[48] É também considerado o jogador mais Pop Star da história do futebol mundial.

Já em 2008, foi considerado pela também estadunidense Forbes a quinta personalidade mais influente do mundo.[49]

De acordo com a France Football, Beckham é o jogador de futebol mais rico do mundo,[50] ganhando cerca de 37 milhões de euros por ano, somando salários e publicidade.[51][52][53]

Tatuagens

Beckham tem muitas tatuagens em seu corpo[54] e uma delas contém o nome de sua esposa, Victoria, escrito em hindi. Segundo Beckham, seria "cafona" escrevê-lo em inglês. Também possui outras tatuagens escritas em hebraico. Beckham chegou a ser ridicularizado pela imprensa estadunidense devido à seu cada vez maior número de tatuagens e suas localizações. O fato é que, desde que foi morar nos Estados Unidos, o número de tatuagens feitas pelo inglês aumentou bastante.

Ele frequentemente usava camisas de mangas compridas nas suas partidas, para cobrir as suas tatuagens e evitar assim que alguém se sentisse desconfortável devido às suas crenças.

Time de futebol

Em fevereiro de 2014, Beckham anunciou que compraria um time na Major League Soccer, que será sediado em Miami e, só está a procura de um elenco e do estádio que começaria a jogar em 2021.[55] Ter um time de futebol era um sonho antigo do ex-jogador.

A equipe já tem nome: International Miami Football Club, conhecido como Inter Miami. Suas cores são cinza e rosa, sendo a última a cor do mascote da equipe, que é um flamingo.

Possíveis clássicos:

Estatísticas

Atualizado até 18 de julho de 2019.

Clubes

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Copa
da Liga[b]
Competições
continentais[c]
Outros[d] Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Manchester United 1992–93 0 0 0 0 1 0 0 0 0 0 1 0
1993–94 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Total 0 0 0 0 1 0 0 0 0 0 1 0
Preston North End
(emp.)
1994–95 5 2 0 0 0 0 0 0 5 2
Total 5 2 0 0 0 0 0 0 5 2
Manchester United
1994–95 4 0 2 0 3 0 1 1 0 0 10 1
1995–96 33 7 3 1 2 0 2 0 0 0 40 8
1996–97 36 18 2 1 0 0 10 2 1 1 49 22
1997–98 37 19 4 2 0 0 8 0 1 0 50 21
1998–99 34 8 7 1 1 0 12 2 1 0 55 11
1999–00 31 6 0 0 12 2 5 0 48 8
2000–01 31 9 2 0 0 0 12 0 1 0 46 9
2001–02 28 11 1 0 0 0 13 5 1 0 43 16
2002–03 31 7 3 1 5 1 13 3 0 0 52 12
Total 265 85 24 6 11 1 83 15 10 1 393 108
Real Madrid 2003–04 32 3 4 2 7 1 2 1 45 7
2004–05 30 4 0 0 8 0 0 0 38 4
2005–06 31 3 3 1 7 1 0 0 41 5
2006–07 23 3 2 1 6 0 0 0 31 4
Total 116 13 9 4 28 2 2 1 155 20
Los Angeles Galaxy 2007 5 0 0 0 2 1 0 0 7 1
2008 25 5 0 0 0 0 25 5
Milan 2008–09 18 2 2 0 0 0 20 2
Los Angeles Galaxy 2009 11 2 0 0 4 0 15 2
Milan 2009–10 11 0 0 0 2 0 0 0 13 0
Total 29 2 0 0 4 0 0 0 33 2
Los Angeles Galaxy 2010 7 2 0 0 3 0 10 2
2011 26 2 0 0 4 0 30 2
2012 24 7 0 0 1 1 6 0 31 8
Total 98 18 0 0 1 1 19 1 118 20
Paris Saint-Germain 2012–13 10 0 2 0 2 0 0 0 14 0
Total 10 0 2 0 0 0 2 0 0 0 14 0
Total 523 120 35 10 12 1 118 18 31 3 719 152

Gols pela Seleção Inglesa

 
Beckham atuando pela Inglaterra. No ano de 2000, quando vivia o grande auge de sua carreira, tornou-se o capitão do English Team.
# Data Local Adversário Placar Resultado Competição
1. 26 de junho de 1998 Lyon, França   Colômbia 2–0 2–0 Copa de 1998
2. 24 de março de 2001 Liverpool, Inglaterra   Finlândia 2–1 2–1 Elim. Copa 2002
3. 25 de maio de 2001 Derby, Inglaterra   México 3–0 4–0 Amistoso
4. 6 de junho de 2001 Atenas, Grécia   Grécia 0–2 0–2 Elim. Copa 2002
5. 6 de outubro de 2001 Manchester, Inglaterra   Grécia 2–2 2–2 Elim. Copa 2002
6. 10 de novembro de 2001 Manchester, Inglaterra   Suécia 1–0 1–1 Amistoso
7. 7 de junho de 2002 Sapporo, Japão   Argentina 1–0 1–0 Copa 2002
8. 12 de outubro de 2002 Bratislava, Eslováquia   Eslováquia 1–1 1–2 Elim. Euro 2004
9. 16 de outubro de 2002 Southampton, Inglaterra   Macedônia do Norte 1–1 2–2 Elim. Euro 2004
10. 29 de março de 2003 Vaduz, Liechtenstein   Liechtenstein 0–2 0–2 Elim. Euro 2004
11. 2 de abril de 2003 Sunderland, Inglaterra   Turquia 2–0 2–0 Elim. Euro 2004
12. 20 de agosto de 2003 Ipswich, Inglaterra   Croácia 1–0 3–1 Amistoso
13. 6 de setembro de 2003 Skopje, República da Macedônia   Macedônia do Norte 1–2 1–2 Elim. Euro 2004
14. 18 de agosto de 2004 Newcastle, Inglaterra   Ucrânia 1–0 3–0 Amistoso
15. 9 de outubro de 2004 Manchester, Inglaterra   País de Gales 2–0 2–0 Elim. Copa 2006
16. 30 de março de 2005 Newcastle, Inglaterra   Azerbaijão 2–0 2–0 Elim. Copa 2006
17. 25 de junho de 2006 Stuttgart, Alemanha   Equador 1–0 1–0 Copa 2006

Títulos

 
David Beckham atuando na partida da MLS All-Star em 2011.

Manchester United

Real Madrid

Los Angeles Galaxy

Paris Saint-Germain

Seleção da Inglaterra

Prêmios individuais

* Prêmio entregue ao melhor jogador do Manchester United na temporada

Ordens e outros prêmios

Referências

  1. «Beckham's pride at OBE». Consultado em 16 de setembro de 2009 
  2. «David Beckham - Rise of a Footballer». Consultado em 16 de setembro de 2009 
  3. espn.com.br/ Beckham mostrou que não há marketing sem bola
  4. «Los Angeles Galaxy: Roster: Player bio - David Beckham». Consultado em 16 de setembro de 2009. Arquivado do original em 28 de outubro de 2008 
  5. Leonardo Bertozzi (16 de maio de 2013). «Beckham mostrou que não há marketing sem bola». ESPN.com.br. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  6. «David Beckham: I Consider Myself To Be Jewish». Tablet Magazine (em inglês). 21 de junho de 2016. Consultado em 17 de maio de 2019 
  7. Fifield, Dominic (13 de julho de 2007). «Beckham launches into the Galaxy». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  8. «David Beckham: gols e assistências». Blog Meio de Campo. 16 de maio de 2013. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  9. «Real contrata Beckham por R$ 120 milhões». Terra. 18 de junho de 2003. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  10. «David Beckham anuncia acerto com o Los Angeles Galaxy, da MLS». O GLOBO. 11 de janeiro de 2007. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  11. «Galaxy to get Beckham in summer». Consultado em 21 de abril de 2007. Arquivado do original em 6 de fevereiro de 2008 
  12. «Grand Galaxy entrance for Beckham». Consultado em 22 de julho de 2007. Arquivado do original em 10 de agosto de 2007 
  13. «Milan contrata David Beckham». GloboEsporte.com. 30 de outubro de 2008. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  14. «Pato marca duas vezes na estreia oficial de Beckham, mas Milan só empata». GloboEsporte.com. 11 de janeiro de 2009. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  15. «Kaká brilha, David Beckham balança as redes, e Milan goleia o Bologna». Gazeta do Povo. 25 de janeiro de 2009. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  16. «Após muita especulação, Beckham fica no Milan até o final da temporada italiana». GloboEsporte.com. 8 de março de 2009. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  17. «Rooney comanda festa de Beckham». Consultado em 28 de março de 2009 
  18. «Beckham tem atuação discreta em retorno à liga norte-americana». UOL Esporte. 17 de julho de 2009. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  19. «Real Salt Lake é campeão da MLS». iG. 23 de novembro de 2009. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  20. «Nos pênaltis, Real Salt Lake é campeão da MLS». Trivela. 23 de novembro de 2009. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  21. «Milan anuncia retorno de David Beckham por empréstimo». UOL Esporte. 2 de novembro de 2009. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  22. «Beckham diz-se arrependido por ter deixado Manchester». Estadão. 3 de janeiro de 2010. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  23. «Sete anos depois, Beckham lamenta ter trocado Manchester pelo Real». Gazeta do Povo. 3 de janeiro de 2010. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  24. «Ronaldinho e Thiago Silva marcam, e Milan goleia na reestreia de Beckham». GloboEsporte.com. 6 de janeiro de 2010. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  25. «Na reestreia de Beckham, Milan goleia o Genoa». O GLOBO. 6 de janeiro de 2010. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  26. «Beckham rompe o tendão de Aquiles e está fora da Copa do Mundo». GloboEsporte.com. 14 de março de 2010. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  27. Doyle, Matthew (8 de outubro de 2011). «LA clinch 2nd straight Supporters' Shield with Seattle loss» (em inglês). Site oficial da MLS. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  28. Firchau, Nick (20 de novembro de 2011). «MLS Cup Recap: Donovan, LA topple Houston 1-0 for title» (em inglês). Site oficial do LA Galaxy. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  29. Beckham renova com o Los Angeles Galaxy Beckham renova com o Los Angeles Galaxy Lancenet
  30. Beckham anuncia que final da MLS será seu último jogo pelo Galaxy
  31. «PSG anuncia Beckham, que doará salário para instituição de caridade». GloboEsporte.com. 31 de janeiro de 2013. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  32. «Paris Saint-Germain oficializa contratação de Beckham». Gazeta do Povo. 31 de janeiro de 2013. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  33. «Beckham acerta com PSG e acordo será anunciado nesta quinta». Hoje em Dia. 31 de janeiro de 2013. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  34. «Em estreia de Beckham, PSG vence Marseille». Trivela. 24 de fevereiro de 2013. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  35. «Ibrahimovic decide em vitória do PSG. Beckham estreia». VEJA. 27 de fevereiro de 2013. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  36. «Beckham, 36, diz que está em forma e que sonha com Londres-12». Folha de S.Paulo. 2 de novembro de 2011. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  37. http://news.bbc.co.uk/sport2/hi/olympics/london_2012/13755872.stm
  38. «Becks e Giggs são pré-selecionados para os Jogos Olímpicos». GloboEsporte.com. 17 de janeiro de 2012. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  39. «Beckham e Giggs são pré-selecionados para disputar Jogos Olímpicos». iG. 17 de janeiro de 2012. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  40. «Bale se machuca e desfalca Reino Unido na Olimpíada». Trivela. 1 de julho de 2012. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  41. «Beckham: 'Ter os Jogos Olímpicos em Londres é maravilhoso'». Lancenet. Consultado em 28 de julho de 2012 
  42. «Aos 38 anos, David Beckham anuncia aposentadoria dos gramados». GloboEsporte.com. 16 de maio de 2013. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  43. «Beckham recusa renovação com PSG e se aposenta aos 38 anos». Terra. 16 de maio de 2013. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  44. «Manchester United Legends - David Beckham». Arquivado do original em 18 de agosto de 2008 
  45. Karoline Albuquerque (28 de dezembro de 2017). «No futebol, Beckham é o mais rico. Confira a lista dos maiores milionários do esporte». Blog do Torcedor. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 
  46. «David Beckham Is Coming to America». Consultado em 16 de setembro de 2009 
  47. «FIFA's top 100 list». Consultado em 16 de setembro de 2009 
  48. «David Beckham: Soccer's Metrosexual». Consultado em 16 de setembro de 2009 
  49. «The Celebrity 100». Consultado em 16 de setembro de 2009 
  50. «Rich List 2008». Consultado em 16 de setembro de 2009 
  51. «DAVID BECKHAM: LA PHOTOGALLERY». Consultado em 16 de setembro de 2009 
  52. «Beckham, l'homme en or». Consultado em 16 de setembro de 2009. Arquivado do original em 6 de outubro de 2009 
  53. «Ecco i Paperoni del calcio Italiani un po' più "poveri"». Consultado em 16 de setembro de 2009 
  54. «Beckham "mapeado": confira a lista com as 40 tatuagens do astro inglês». Globo Esporte. 6 de agosto de 2015. Consultado em 17 de outubro de 2016 
  55. «Beckham anuncia que vai comprar time de futebol em Miami». Folha de S.Paulo. 5 de fevereiro de 2014. Consultado em 19 de fevereiro de 2020 

Ligações externas

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre David Beckham
 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: David Beckham