Abrir menu principal
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2017).
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Davino Ribeiro de Sena
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Diplomata e poeta
Principais trabalhos Poesia
Prémios Poeta laureado, Fundação Nestlé de Cultura (1991).

Davino Ribeiro de Sena nasceu em 1957, no Recife. Realizou estudos universitários no Recife e em São Paulo. Soneto “Memórias” ganha prêmio estudantil de poesia da Academia Pernambucana de Letras. Em 1984, gradua-se em Filosofia pela Universidade Católica de Pernambuco. Em 1989, inicia carreira diplomática. Em 1991, Castelos de areia, seu primeiro livro, recebe o prestigioso prêmio nacional de poesia organizado pela Fundação Nestlé de Cultura, em São Paulo. Com o apoio do Itamaraty, representa o Brasil no Encuentro Iberoamericano de Poesía, em Santiago, Chile, onde participa da antologia Un angulo del mundo. Em 1994, deu palestra sobre Literatura Brasileira na Universidade de Athens, na Georgia, EUA. Muda-se para a Espanha. Convidado à mesa-redonda do seminário internacional de poesia organizado pela Universidade de Barcelona. Publicação de Pescador de nuvens em 1996. Publica Retrato com guitarra. Muda-se para a Austrália. Publica O jaguar no deserto. Publica Vidro e ferro. Chefia a delegação do Brasil na reunião do Grupo de Valdívia pela Preservação do Albatroz. Cônsul do Brasil no Japão em 2001. Retorna a Brasília em 2003. Publica Três Martes. Viaja a Angola e Moçambique em missão de cooperação em Ciência e Tecnologia. Com Elizabeth Hazin, publica Lego & Davinovich. Cônsul em Nova York. Em 2007, lança Expedição. Realiza palestra sobre “Poesia e Imaginação” em Recife e Nova York. A Revista Poesia Sempre, da Fundação Biblioteca Nacional, publica 3 poemas. Mudança para a Arábia Saudita. Poemas publicados pelas revistas eletrônicas Rascunho, de Curitiba, e Eutomia, do Recife. Lançamento de O lento aprendizado do rapaz que amava ondas e estrelas em 2009. Em 2011, muda-se para Londres. Publica O rei das Ilhas. É casado e tem duas filhas [1]

Livros publicadosEditar

  • Castelos de Areia (1991)
  • Pescador de Nuvens (1996)
  • O Jaguar no Deserto (1997)
  • Retrato com Guitarra (1997)
  • Vidro e Ferro (1999)
  • Três Martes (2004)
  • Lêgo & Davinovich (2006), em parceria com Elizabeth Hazin
  • Expedição (2007)
  • O Lento Aprendizado do Rapaz que Amava Ondas e Estrelas (2009)
  • O Rei das Ilhas (2011)
  • Ternura da Água (2015)

Prêmios recebidosEditar

  • Memórias (poema)
Vencedor do Prêmio Gervásio Fioravanti, edição 1982, da Academia Pernambucana de Letras
  • Castelos de Areia (seu primeiro livro)
Laureado no gênero Poesia Brasileira pela Fundação Nestlé de Cultura (1991)

Ligações externasEditar