Abrir menu principal

De Amor também Se Morre

filme de 1943 dirigido por Edmund Goulding
De Amor Também Se Morre
The Constant Nymph
 Estados Unidos
1943 •  p&b •  112 min 
Direção Edmund Goulding
Produção Henry Blanke
Produção executiva Jack L. Warner
Hal B. Wallis
(não creditado)
Roteiro Kathryn Scola
Margaret Kennedy (romance e peça)
Basil Dean (peça)
Elenco Charles Boyer
Joan Fontaine
Alexis Smith
Gênero drama
Música Erich Wolfgang Korngold
Direção de arte Carl Jules Weyl
Direção de fotografia Tony Gaudio
Figurino Orry-Kelly
Edição David Weisbart
Companhia(s) produtora(s) Warner Bros.
Distribuição Warner Bros.
Lançamento Estados Unidos 23 de junho de 1943
Portugal 22 de abril de 1947
Idioma inglês

De Amor Também Se Morre[1][2] (The Constant Nymph, no original em inglês) é um filme norte-americano de 1943, do gênero drama, dirigido por Edmund Goulding e estrelado por Charles Boyer e Joan Fontaine.

Índice

Notas de produçãoEditar

De Amor Também Se Morre é baseado no romance The Constant Nymph, de Margaret Kennedy, best-seller em 1924. Dois anos mais tarde, a própria autora adaptou a obra para o teatro, em parceria com Basil Dean. A peça, em três atos, foi representada 148 vezes na Broadway, entre dezembro de 1926 e abril de 1927.[3]

O filme deu a Joan Fontaine sua terceira e última indicação ao Oscar, ela que havia ficado com a estatueta por Suspicion (1941). Segundo Ken Wlaschin, este é um de seus dez melhores trabalhos nas telas.[4]

Erich Wolfgang Korngold, que compôs a elogiada[5][6][7] trilha sonora, toca o piano para Charles Boyer,[5] que no filme interpreta um compositor.

A obra de já fora adaptada para o cinema, anteriormente, em duas ocasiões: em 1928, ainda como filme mudo, com Ivor Novello e Mabel Poulton e depois, em 1933, com Brian Aherne e Victoria Hopper. O próprio Basil Dean dirigiu esta última.

SinopseEditar

Tessa é apaixonada pelo compositor Lewis Dodd, um amigo da família. Apesar de gostar da jovem, Lewis casa-se com a rica prima dela, Florence. O casal vai residir na Inglaterra, e quando Tess vai morar com eles, Florence fica consumida pelo ciúme.

PremiaçõesEditar

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Atriz
(Joan Fontaine)
Indicado

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Charles Boyer Lewis Dodd
Joan Fontaine Tessa Sanger
Alexis Smith Florence Crighton
Brenda Marshall Toni Sanger
Charles Coburn Charles Crighton
Dame May Whitty Lady Constance Longborough
Peter Lorre Fritz Bercovy
Joyce Reynolds Paula Sanger
Jean Muir Kate Sanger
Montagu Love Albert Sanger
Eduardo Ciannelli Roberto
Janine Crispin Marie
Doris Lloyd Senhorita Hamilton
Joan Blair Lina Kamaroff
André Charlot Doutor Renée
Harold Miller Taxista (não-creditado)

BibliografiaEditar

Referências

  1. De Amor também Se Morre (em português) no AdoroCinema (Brasil)
  2. CARDOSO, Joana Amaral (16 de dezembro de 2013). «Morreu a loira de Hitchcock que foi a mais jovem actriz a receber um Óscar». Público. Consultado em 10 de dezembro de 2017. ... ou pela sua Tessa Sanger em De Amor Também se Morre (1943), pelo qual... 
  3. «The Constant Nymph». IBDB. Consultado em 12 de agosto de 2014 
  4. WLASCHIN, Ken, The World's Great Movie Stars and Their Films, Londres: Peerage Books, 1985 (em inglês)
  5. a b HIRSCHHORN, Clive, The Warner Bros. Story, Londres: Octopus Books, 1986 (em inglês)
  6. BUTLER, Craig. «The Constant Nymph». AllMovie. Consultado em 12 de agosto de 2014 
  7. MALTIN, Leonard, Classic Movie Guide, segunda edição, Nova Iorque: Plume, 2010 (em inglês)

Ligações externasEditar