Abrir menu principal
Debra Haaland
Membro eleito da Câmara dos Representantes dos EUA
Período 3 de janeiro de 2019 - presente
Antecessor Michelle Lujan Grisham
Dados pessoais
Nascimento 2 de dezembro de 1960 (58 anos)
Winslow, Arizona
Nacionalidade norte-americana
Alma mater Universidade do Novo México
Universidade da Califórnia em Los Angeles
Partido Partido Democrata

Debra A. Haaland (Winslow, 2 de dezembro de 1960) é uma política norte-americana do Novo México. Ela é membro do Partido Democrata e foi presidente de seu partido no Novo México. Em 2018, ela se candidatou para a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos para representar o primeiro distrito congressional do Novo México, e venceu a eleição contra Janice Arnold Jones em 6 de novembro de 2018.[1]

Início da vida e educaçãoEditar

Debra A. Haaland nasceu em Winslow, estado do Arizona. Ela é de origem nativo-americana, sendo membro do povo Kawaik. Seu pai, JD Haaland, um norueguês-americano, era um veterano do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos e recebedor da Estrela de Prata por suas ações no Vietnã; ele foi enterrado com honras militares no Cemitério Nacional de Arlington em 2005. Sua mãe, Mary Toya, uma nativa americana, serviu na Marinha dos Estados Unidos. Ela tem três irmãs e um irmão.[2]

Haaland obteve seu título de Bachelor of Arts pela Universidade do Novo México em 1994.[3] Ela ganhou seu Juris Doctor em Direito Indiano pela Faculdade de Direito da Universidade do Novo México em 2006.[4] Ela foi a administradora tribal do San Felipe Pueblo de janeiro de 2013 a novembro de 2015.[3]

Carreira políticaEditar

Em 2012, Haaland atuou na campanha de reeleição de Barack Obama, organizando atos políticos no estado do Novo México.[5] Ela concorreu ao cargo de vice-governadora do Novo México em 2014.[6] Sua candidatura, na chapa de Gary King, candidato do partido Democrata para o governo do Novo México, perdeu para a candidatura republicana de Susana Martinez e John Sanchez.[4] Ela foi eleita para um mandato de dois anos como presidente do Partido Democrata no Novo México em abril de 2015. Durante seu mandato, os democratas recuperaram o controle da Câmara dos Deputados do Novo México.[5]

Após a expiração de seu mandato, ela anunciou sua intenção de concorrer à Câmara dos Representantes dos Estados Unidos no primeiro distrito congressional do Novo México, nas eleições de 2018, para suceder Michelle Lujan Grisham, que estava concorrendo para governadora. Haaland derrotou Damon Martinez para ganhar a nomeação do Partido Democrata em junho de 2018.[7] Após a sua bem sucedida eleição contra Janice Arnold Jones em 6 de novembro de 2018, Haaland se tornou uma das duas primeiras mulheres nativas americanas no Congresso dos Estados Unidos, ao lado de Sharice Davids.[8][9]

Referências

  1. «Haaland elected new state Democratic Party Chair» (em inglês). Political Report. Consultado em 8 de novembro de 2018 
  2. «Obituaries: Haaland» (em inglês). Albuquerque Journal. Consultado em 8 de novembro de 2018 
  3. a b «Deb Haaland's Biography» (em inglês). Vote Smart. Consultado em 8 de novembro de 2018 
  4. a b «Haaland, former Dem Party state chairwoman, running for Congress» (em inglês). The Santa Fe New Mexican. 6 de junho de 2018. Consultado em 8 de novembro de 2018 
  5. a b «Former state Democratic Party chairwoman Haaland plans run for Congress» (em inglês). Albuquerque Journal. 16 de maio de 2017. Consultado em 8 de novembro de 2018 
  6. «Debra Haaland Could Make History as Lt. Gov. of NM» (em inglês). News Maven. 17 de setembro de 2014. Consultado em 8 de novembro de 2018 
  7. «Past Democratic Party chair Haaland wins nomination» (em inglês). Albuquerque Journal. 5 de junho de 2018. Consultado em 8 de novembro de 2018 
  8. «New Mexico's Deb Haaland likely to be first Native American congresswoman» (em inglês). CNN. 6 de junho de 2018. Consultado em 8 de novembro de 2018 
  9. «Congresso dos EUA terá, pela 1ª vez, mulheres indígenas e muçulmanas». Notícias UOL. 7 de novembro de 2018. Consultado em 8 de novembro de 2018