Abrir menu principal
Ilustração do lance: Gordon Banks defende milagrosamente a cabeçada de Pelé, na Copa de 1970.

Defesa do Século, também conhecido como A Maior Defesa da História do Futebol[1][2][3] é como é chamado um lance que aconteceu na Copa do mundo de 1970, protagonizada por Gordon Banks. [4]

O LanceEditar

Era começo de jogo e o Brasil atacava a Inglaterra pela direita. O atacante brasileiro Jairzinho cruzou, da direita, a bola na área (a bola percorreu 25 metros até chegar a cabeça de Pelé). Num cruzamento veloz, Jairzinho fez a bola correr a 75 Km/h. Pelé subiu 70 cm (O lateral-direito inglês Tommy Wright saltou 50 cm). Aí veio a cabeçada perfeita.[7] A bola que já vinha em alta velocidade mudou rapidamente de trajetória após a testada do Rei e alcançou 45 km/h. Em apenas seis décimos de segundo, quicou no gramado e chegou à meta. Do momento em que pingou no gramado até atingir o gol, a viagem da bola foi de dois décimos de segundo (mais rápido do que um piscar de olhos).[7] Banks só teve tempo de simplesmente arremessar o corpo para o lado direito, arqueando o braço para trás e esticando-o a uma distância que quase desafiou a física para defender milagrosamente, com o dedão, a bola que ia entrando caprichosa no canto inferior direito,[8] e espalmando-a para cima.

Referências

  1. Gordon Banks: International Football Hall of Fame Retrieved 10 May 2011
  2. Hattenstone, Simon (30 de junho de 2003). «And God created Pelé». The Guardian. UK. Consultado em 11 de maio de 2011 
  3. Gordon BANKS: The keeper who stunned the King FIFA. Retrieved 10 May 2011
  4. esportes.r7.com/ No Dia do Goleiro, a maior defesa de todos os tempos: Banks, em cabeçada fulminante de… Pelé
  5. Reunited: Gordon Banks & Jairzinho, published in FourFourTwo. 2002
  6. imortaisdofutebol.com/ Gordon Banks
  7. a b globoesporte.globo.com/ Tecnologia em 360º explica defesa histórica de cabeçada de Pelé em 70
  8. pt.fifa.com/ O goleiro que barrou até o Rei

Ligações externasEditar