Departamento Autônomo da Federação Desportiva de Brasília

Departamento Autônomo da Federação Desportiva de Brasília, também conhecido como Departamento Autônomo do Distrito Federal, ou simplesmente Departamento Autônomo, foi uma tradicional competição entre clubes do Distrito Federal.[carece de fontes?]

Departamento Autônomo da Federação Desportiva de Brasília
Departamento Autônomo
Bandeira do Distrito Federal (Brasil).svg
Dados gerais
Organização FFDF
Edições desconhecido, início 1966 (56 anos)
Local de disputa  Distrito Federal,  Brasil
Sistema Não disponível
editar

HistóriaEditar

A ideia da criação dessa competição, que era inspirada no departamento autônomo carioca,[1] era colocar clubes independentes a federação para disputar o torneio, mas que acabou com a inclusão de clubes filiados.

A primeira edição ocorreu em 1966.[2] Foi dividido em três grupos:

Participaram ainda do Torneio Início: ASJUS, ADT, Universidade, Civilsan, Vila Planalto, Palmeiras, D. A. E., Carioca, Brasília, Economiários, M.A.C., Telenáutico, Juventus, W-3, Diamante Negro, Real Esporte Sobradinho, Sideral, Formosa, Flamengo e Asa Norte.

Em 1967 os jogos foram realizados no Estádio da Metropolitana e contou com 19 clubes: Gama, Radar, Planaltina, Meta, D. A. E., Flama, Unidos de Sobradinho, Telenáutico, EC Brasília, Juventus, Gaminha, Pioneira, Oásis, Racisa, AD Taguatinga, Flamengo de Taguatinga, Setor Automobilístico, Manufatura e W-3.

Em 1968 participaram da fase final Gaminha, Coenge, Civilsan, Manufatura, Brasília, Meta e Setor Automobilístico. Outras equipes participaram da competição, como ADT, Flamengo de Taguatinga, Unidos de Sobradinho, Dom Bosco Esporte Clube, D. A. E., e Grêmio Recreativo do Gama.[3]

A competição em 1975 foi disputado por 9 equipes, A. D. HSU, ASMIT, ASMINTER, Brasal EC, Campineira, Demabra, EC Juiz de Fora, Fibra e Wagner Refrigeração EC.

Com a profissionalização do futebol do Distrito Federal em 1976, o torneio muda de nome para Campeonato Brasiliense de Futebol Amador, também conhecido com Campeonato de Futebol Amador do Distrito Federal. Porém continua a ser realizado pela Federação Metropolitana de Futebol, apenas com clubes filiados, ou seja, análogos a profissionais. O nome não pegou e o torneio acabou extinto. Volta em 1982 e retorna com o nome de Departamento Autônomo em 1983.[4]

O Campeonato de 1983 conta com clubes tradicionais do DF, além de outras equipes que disputaram o campeonato anteriormente como Defelê Futebol Clube (que utilizou o nome de Defelê Esporte Clube), Planaltina Esporte Clube, Dínamo de Futebol e Regatas (que utilizou o nome Dínamo Esporte Clube), Central Clube Nacional de Brasília, Clube de Regatas Vasco da Gama, Unidos de Sobradinho Esporte Clube Guadalajara e Grêmio Esportivo Brasiliense.[5] Paritciparam também Associação Atlética Candango, Associação dos Funcionários da Embrapa, Mocidade Esporte Clube, Associação do Serividores do MEC (ASMEC), Associação Formosense de Futebol, Associação Jardim de Futebol, COPOBOL Futebol Clube, Clube Atlético Brasiliense, Disnei Futebol Clube, Esparta Futebol Clube, Esporte Clube Butantã, Pratão Futebol Clube e Juventude Atlético Clube.[5][4]

Dom Bosco Esporte Clube e Campineira Futebol Clube disputaram a competição, apesar de extintos. Muito provável que sejam Clubes fênix.[4]

Com o nome de Campeonato Metropolitano de Futebol Amador foi disputado até 1987. Nesse ano foi disputado com 26 equipes, e disputaram o quadrangular final Embrapa, Pioneira, Dínamo e Candangos.[6] A Associação Atlética Candango foi a campeã, e a Associação dos Funcionários da Embrapa foi a vice.[7]

CampeõesEditar

Edição Ano Campeão Vice-campeão Terceiro colocado Quarto colocado
1966 Vila (Planltina)[8] EC Brasília (Taguatinga) AEB (Brasília) CSU (Brasília)
1967 EC Brasília (Taguatinga) D. A. E. (Brasília)
1968 Coenge (Brasília) Gaminha (Brasília)
1969 Coenge (Brasília) Gaminha (Brasília) Civilsan (Brasília) Meta Clube (Taguatinga)
1975 ASMIT (Brasília) Wagner Refrigeração EC (Brasília)
1976 Desconhecido
1982 IBGE[6] (Brasília)
1983 Pratão[6] (Brasília)
1984 Disnei[6] (Formosa)
1985 Disnei[6] (Formosa)
1986 Disnei[6] (Formosa)
1987 Candango[7] (Braília) EMBRAPA (Braília) Dínamo (Braília) Pioneira (Braília)

Torneio InícioEditar

Edição Ano Campeão Vice-campeão Terceiro colocado Quarto colocado
1966 Carioca (Braília)[9][10] EC Brasília (Taguatinga)
1967 EC Brasília (Taguatinga)[11] D. A. E. (Brasília) Gaminha (Gama) Setor Automobilístico (Brasília)
1968 EC Brasília (Taguatinga)[12] Bangu A.C. (Brasília) CSU (Brasília) Setor Automobilístico (Brasília)

Taça EficiênciaEditar

Edição Ano Campeão Vice-campeão Terceiro colocado Quarto colocado
1966 CSU (Brasília)[13] Civilsan (Brasília) AEB (Brasília) Carioca (Brasília)

Referências

  1. Emmanuel do Valle. «Há 80 anos, clubes cariocas chegaram à paz e unificaram o Estadual do Rio de Janeiro». Trivela. Consultado em 30 de agosto de 2018 
  2. «Vinte clubes participam do Torneio Início do Departamento Autônomo». Brasilia. Correio Braziliense (01841): 6. 5 de junho de 1966 
  3. «Autoridades para os jogos do D.A.». Brasilia. Correio Braziliense (02488): 1. 27 de janeiro de 1968 
  4. a b c «(Recriacão) Do Departamento Autônomo Salva Clubes». Brasilia. Correio Braziliense (07347): 1. 13 de abril de 1983 
  5. a b «Futebol Amador - Campeonato vai começar hoje». Brasilia. Correio Braziliense (02488): 1. 18 de junho de 1983 
  6. a b c d e f «Quadrangular decide o Metropolitano Amador». Brasilia. Correio Braziliense (09043): 23. 17 de janeiro de 1988 
  7. a b «Embrapa perde e Candangos ganha o título amador». Brasilia. Correio Braziliense (09058): 10. 1 de fevereiro de 1988 
  8. «Vila Esporte Clube já é o campeão da série de Sobradinho». Brasilia. Correio Braziliense (01905): 9. 19 de agosto de 1966 
  9. «Brasília e Carioca decidem essa tarde torneio do D.A.». Brasilia. Correio Braziliense (01844): 6. 9 de junho de 1966 
  10. «Carioca venceu torneio início do D.A., da FDB». Brasilia. Correio Braziliense (01846): 6. 11 de junho de 1966 
  11. «Brasília foi campeão do Torneio Início do D.A.». Brasilia. Correio Braziliense (02180): 6. 18 de julho de 1967 
  12. «Brasília ganhou TI». Brasilia. Correio Braziliense (02583): 1. 21 de maio de 1968 
  13. «Retorno do D.A começa domingo: Séries Plano Piloto e Taguatinga - Taça Eficiência». Brasilia. Correio Braziliense (01899): 6. 12 de agosto de 1966