Abrir menu principal
Depois do Adeus
Informação geral
Formato Série
Género Drama
Histórico
Duração 45 minutos
País de origem Portugal Portugal
Idioma original português
Produção
Empresa(s) de produção SP Televisão
Exibição
Emissora de televisão original RTP1
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 19 de janeiro de 201328 de julho de 2013
N.º de temporadas 1
N.º de episódios 26
Cronologia
Programas relacionados Conta-me como Foi

Depois do Adeus é uma série de televisão portuguesa do género dramático histórico produzida pela SP Televisão e exibida em 2013.[1][2]

SinopseEditar

A série segue a história de Álvaro e de Maria do Carmo Mendonça, e dos seus filhos, Ana e João, que após o 25 de abril, e com a escalada de violência em Angola, por altura da guerra civil, embarcam rumo a Portugal na Europa, juntamente com quinhentas mil pessoas, sendo obrigados a deixar tudo o que conquistaram ao longo da vida para trás.[3]

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Ana Nave Maria do Carmo Mendonça
José Carlos Garcia Álvaro Mendonça
Catarina Wallenstein Ana Maria Mendonça
João Arrais João Mendonça
Fátima Belo Natália Mendonça Cardoso
António Cordeiro Joaquim Cardoso
Joana de Verona Luísa Cardoso
João Jesus Pedro Cardoso
Tomás Alves Gonçalo Cunha Pereira
Sara Salgado Catarina Cunha Pereria
José Mata Afonso Cunha Pereira
Cucha Carvalheiro Cidália Figueiredo
António Capelo Artur Figueiredo
Paulo Pascoal Filipe Perdigão
Mafalda Vilhena Joana Moreira
João Reis Daniel Moreira
João Baptista Jorge Moreira
Ana Padrão Teresa Castro
Miguel Borges Manuel Machado
Dinarte Branco Sílvio Palma
João Sá Nogueira Fernando Esteves
Sandra Faleiro Odete Barbosa
João Maria Maneira Paulo Barbosa
António Fonseca Casimiro Marques
Joaquim Nicolau Carlos Costa
António Raminhos Camilo Rocha
Diogo Infante Victor Castro
Rodrigo Saraiva Jacinto Sousa
Paulo Patricio Chico

Elenco adicionalEditar

EpisódiosEditar

# Título Exibição em Portugal Audiência
Espectadores Share Rating
1 "O Fim - 18 de julho de 1975" 19 de janeiro de 2013 465 500 10,6% 4,9%
2 "A balbúrdia - 25 e 26 de julho de 1975" 26 de janeiro de 2013 380 000 8,8% 4%
3 "Entre o desespero e a esperança - 31 de julho de 1975" 2 de fevereiro de 2013 399 000 9% 4,2%
4 "Mais uma mudança - 7 e 8 de agosto de 1975" 10 de fevereiro de 2013 361 000 7,2% 3,8%
5 "Zangas em família - 14 e 15 de agosto de 1975" 17 de fevereiro de 2017 370 500 7,5% 3,9%
6 "Um novo desafio - 18, 19 e 20 de agosto de 1975" 24 de fevereiro de 2013 437 000 9,1% 4,6%
7 "Fomos Abandonados - 1, 2 e 3 de setembro de 1975" 3 de março de 2013 351 500 7,1% 3,7%
8 "Lar doce lar - 19, 20, 21 de setembro de 1975" 10 de março de 2013 408 500 8,2% 4,3%
9 "A ferro e fogo - de 25 a 29 de setembro de 1975" 17 de março de 2013 437 000 8,7% 4,6%
10 "Remar contra a maré - 10 e 11 de outubro de 1975" 24 de março de 2013 437 000 8,7% 4,6%
11 "O pão que o diabo amassou - 24, 25 e 26 de outubro de 1975" 31 de março de 2013 380 000 8,1% 4%
12 "É apenas fumaça! - de 9 a 13 de novembro de 1975" 7 de abril de 2013 370 500 7,2% 3,9%
13 "Governo em greve - de 20 a 23 de novembro de 1975" 14 de abril de 2013 351 500 7% 3,7%
14 "Golpes e contragolpes - de 24 a 26 de dezembro de 1975" 21 de abril de 2013 342 000 7,1% 3,6%
15 "Processo revolucionário em pausa - novembro / dezembro de 1975" 28 de abril de 2013 503 500 9,7% 5,3%
16 "Ouvem-se os sinos tocar - 23 e 24 de dezembro de 1975" 5 de maio de 2013 408 500 8,6% 4,3%
17 "Ano novo, vida nova - 1 a 3 de janeiro de 1976" 12 de maio de 2013 437 000 9,3% 4,6%
18 "O regresso - 20 e 21 de janeiro de 1976" 19 de maio de 2013 275 500 5,3% 2,9%
19 "Notícias inesperadas - 19 e 20 de fevereiro de 1976" 26 de maio de 2013 389 500 7,6% 4,1%
20 "Em maus lençóis - 5 a 8 de março de 1976" 2 de junho de 2013 361 000 7,4% 3,8%
21 "Dúvidas - 18 a 20 de março de 1976" 9 de junho de 2013 313 500 6,7% 3,3%
22 "Segredos do passado - 23, 24, 25 e 26 de abril de 1976" 16 de junho de 2013 380 000 7,6% 4%
23 "Ajuste de contas - 11, 12 e 13 de maio de 1976" 30 de junho de 2013 332 500 8,1% 3,5%
24 "Acusações - 9, 10 e 11 de junho de 1976" 7 de julho de 2013 294 500 8,1% 3,1%
25 "Um novo caminho - 27 a 29 de junho de 1976" 14 de julho de 2013 361 000 8,3% 3,8%
26 "Começar de novo - 14 a 26 julho de 1976" 28 de julho de 2013 304 000 6,8% 3,2%

Referências

  1. «Depois do Adeus». RTP. Consultado em 14 de janeiro de 2019 
  2. Raquel Costa (15 de junho de 2012). «"'Depois do Adeus' vai ajudar a expurgar o passado"». Diário de Notícias. Consultado em 14 de janeiro de 2019 
  3. Joana Amaral Cardoso (14 de janeiro de 2013). «Depois do Adeus, os retornados agora na ficção da TV». Público. Consultado em 14 de janeiro de 2019