Abrir menu principal

Dersu Uzala

filme de 1975 dirigido por Akira Kurosawa
Dersu Uzala
 Japão
 União Soviética

1975 •  cor •  141 min 
Direção Akira Kurosawa
Produção Yoishi Matsue
Nikolai Sizov
Roteiro Vladimir Arsenyev (livro)
Akira Kurosawa
Yuri Nagibin
Elenco Maksim Munzuk
Yuri Solomin
Género filme de drama
filme biográfico
Música Isaak Shvarts
Direção de arte Yuri Raksha
Direção de fotografia Fyodor Dobronravov
Yuri Gantman
Asakazu Nakai
Companhia(s) produtora(s) Mosfilm
Idioma língua russa

Dersu Uzala (em japonês: デルス·ウザーラ, transl. Derusu Uzara; em russo: Дерсу Узала) é um filme soviético-japonês de 1975, dirigido por Akira Kurosawa que também participou do roteiro, baseado no livro de Vladimir Arsenyev.

Índice

SinopseEditar

  Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O filme conta a história de um explorador (líder de uma expedição de levantamento topográfico na Sibéria) do exército russo, que é resgatado na Sibéria por um caçador nanai (Dersu Uzala) que passa a servir-lhe de guia, dando início a uma forte amizade. Quando o explorador decide levar o caçador para a cidade, seus costumes se confrontam de forma esmagadora com o modo de vida burocrático na cidade, fazendo-o questionar diversos padrões da sociedade.

Dersu é um exemplo de humildade e sabedoria, e o filme mostra de maneira poética e sensível as diferenças culturais entre ele e o pesquisador russo. O diretor de fotografia aproveitou ao máximo as imponentes paisagens naturais da Sibéria e as registrou em belas imagens.

Numa das cenas inesquecíveis do filme, Dersu e o explorador russo se encontram em local aberto, uma estepe, quando uma nevasca os atinge. No frio siberiano (que pode atingir até 60º negativos), o russo se abate, quase que como entregue à morte certa. Dersu o convence a recolher os arbustos da estepe. Mesmo sem entender direito o significado do ato, este, cambaleante, faz o que Dersu lhe pede, até o esgotamento. Dersu então, continua recolhendo a vegetação rala, que mais tarde se transformará numa pequena cabana, cavada na terra. Uma cena digna das melhores do cinema com relação ao embate entre natureza e sobrevivência.

ElencoEditar

  • Maksim Munzuk .... Dersu Uzala
  • Yuri Solomin .... capitão Vladimir Arseniev
  • Svetlana Danilchenko .... sra. Arseniev
  • Dmitri Korshikov .... Wowa
  • Suimenkul Chokmorov .... Jan Bao
  • Vladimir Kremena .... Turtwigin
  • Aleksandr Pyatkov .... Olenin

Principais prêmios e indicaçõesEditar

Oscar 1976 (EUA)

  • Venceu na categoria de melhor filme estrangeiro.

Prêmio David di Donatello 1977 (Itália)

  • Venceu na categoria de melhor diretor de filme estrangeiro e recebeu um prêmio David especial.
  A Wikipédia tem o


Festival de Moscou 1975 (Rússia)

  • Recebeu o prêmio FIPRESCI e o prêmio de Ouro.

Ligações externasEditar

Referências

  Este artigo sobre um filme japonês é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.