Abrir menu principal
Este artigo foi proposto para eliminação por consenso. Você é encorajado a melhorá-lo(a), mas não remova este aviso, o que seria considerado vandalismo.

Dê a sua opinião e caso ela seja transformada numa votação após uma semana, vote (se tiver direito a voto) na discussão.

Se aprovada, a eliminação ocorrerá a partir de 30 de julho.

Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2016). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Um deslize ou glide é o nome que se dá quando um som vocálico vai progressivamente mudando o seu timbre, até atingir o timbre de outro som vocálico, num só esforço de voz. Na representeção segundo o AFI os deslizes são representados através das duas vogais representando os timbres extremos, com uma seta por baixo dos dois símbolos. Ex.: [a͢ɛ], [o͢ɔ]

Os deslizes nem sempre são estáveis, na história evolutiva da fonética de várias linguas eles tendem a transformar-se em ditongos ou monotongos. Na língua portuguesa não existem deslizes, mas eles podem ser encontrados em algumas línguas do Sudeste asiático ou em algumas línguas africanas, por exemplo.

Em outras acepções, a palavra glide pode ser o mesmo que semivogal.

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.