Abrir menu principal

Detector

página de desambiguação
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2015). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Os detectores são aparelhos ou máquinas cuja finalidade é a de assinalar a presença de uma substância ou de um corpo em determinado meio ambiente. Por outras palavras é um dispositivo que muda de estado na presença de um elemento ou de uma situação para o qual foi especificamente concebido.

O trabalho que os físicos fazem para identificar a partícula que passou pelo detector é equivalente à maneira como alguém que estuda as pegadas deixada na lama. Tamanho, forma, direcção e profundidade da marca deixadas podem revelar o tipo de animal que a provocou. As partículas também deixam traços que a identificam.

Actualmente os detectores da física de partículas são constituídos por várias camadas de sub-detectores, cada um especializado num particular tipo de partículas.

Tipos de sub-detectoresEditar

Na física utilizam-se principalmente três tipos de sub-detectores :

  • detectores de movimento - detectam e revelam o traço deixado pela partícula;
  • calorímetros - param, absorvem e medem a energia da partícula;
  • detectores de identificação - identificam o tipo da partícula utilizando várias técnicas.

Para ajudar a identificar as partículas, os detectores normalmente utilizam campos magnéticos que tem a capacidade de encurvar as partículas. A partir da curvatura os físicos podem calcular o momento da partícula e ajudar a identificá-la. Quanto mais forte é o momento menos elas encurvam.

Detectores de movimentoEditar

Os detectores de movimento revelam a passagem de partículas electricamente carregas pelo traço que deixam. Efeito idêntico ao de um avião que não se vê pela altura a que voa, mas sabe-se que é um pelo rastro que deixa no céu.

CalorímetrosEditar

Os calorímetros medem a energia deixada por uma partícula que os atravessa. Normalmente é desenhado para parar ou absorver a partícula resultante da colisão, forçando-a a depositar toda a sua energia dentro do detector. Tipicamente, são aparelhos feitos em camadas de material muito denso, tal como o chumbo, e camadas de um elemento activo, como o argão. Os calorímetros electromagnéticos medem a energia de partículas de luz - elétrão e fotão - quando interagem com partículas carregada electricamente dentro da matéria. Hadronic calorimeters sample the energy of hadrons (particles containing quarks, such as protons and neutrons) as they interact with atomic nuclei.

Detectores de identificaçãoEditar

Os detectores de identificação são de dois tipos:

  • Radiacção Cherenkov : a luz emitida quando uma partícula carregada se desloca a uma velocidade superior à da luz num determinado meio material;
  • Radiacção de transição: esta radiação é produzida por uma partícula carregada muito rápida quando atravessa a barreira entre dois isoladores eléctricos com diferentes resistências à corrente eléctrica. O fenómeno está ligado com a energia da partícula e distingue diferentes tipos de partículas.

ModelosEditar