Deuteragonista

personagem secundário de uma obra criativa
Estátua de mulher, em terracota, com máscara teatral (c.300a.C.), Louvre

Deuteragonista é o ator que desempenha um papel secundário, de acordo com a tradição dramática da tragédia grega. O ator que desempenha o papel principal designa-se por protagonista.

De acordo com a Poética de Aristóteles, foi Ésquilo quem introduziu o segundo actor ou deuteragonista — mais tarde Sófocles introduzirá o terceiro, o tritagonista —, tornando o diálogo a parte mais importante. O facto de existirem apenas dois ou três actores não impedia que o número de personagens intervenientes ficasse limitado, pois um actor podia desempenhar vários papéis. Os actores principais eram os responsáveis pela selecção dos deuteragonistas e tritagonistas.

Ícone de esboço Este artigo sobre teatro (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.