Dextroanfetamina

composto químico
Dextroanfetamina
Alerta sobre risco à saúde
D-amphetamine.svg
Nome IUPAC (2S)-1-Phenylpropan-2-amine
Outros nomes Dexanfetamina (DCI), 'D-anfetamina, D-AMP
Identificadores
Número CAS 51-64-9
PubChem 5826
Propriedades
Fórmula química C9H13N
Massa molar 135.21 g mol-1
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

A dextroanfetamina (D-AMP; nome comercial: Dexedrina)[nota 1] é um estimulante do sistema nervoso central (SNC) sintetizado no século XX. Ela é um tipo de anfetamina, substâncias simpatomiméticas que tem a estrutura química básica da beta-fenetilamina.

A dextroanfetamina é absorvida rapidamente por via oral, e alcança seu pico plasmático entre 1 a 3 horas após a administração. Possui uma meia-vida de aproximadamente 8 a 12 horas, o que faz com que seja necessária a sua administração em dois a três tomadas por dia. Metade de sua eliminação é feita através de metabolização hepática e metade é eliminada inalterada na urina. A acidificação da urina acelera sua excreção.[carece de fontes?]

A dextroanfetamina é o mais potente dos simpaticomiméticos (substâncias que estimulam o sistema nervoso simpático) devido a sua capacidade de atuar tanto no sistema dopaminérgico quanto no sistema noradrenérgico.[carece de fontes?]

Usos clínicosEditar

Algumas aplicações da dextroanfetamina são:[carece de fontes?]

  • Foi também utilizada no tratamento da narcolepsia e nos distúrbios envolvendo déficits de atenção e hiperatividade em crianças
  • É usado na forma de sulfato ou de cloridrato como estimulante do sistema nervoso central
  • Tratamento do TDAH e da narcolepsia

Notas

  1. Sinônimos e alternativas são: (2S)-1-phenylpropan-2-amine (IUPAC), dexanfetamina (DCI), dexanfetamina, (S)-anfetamina, '(+)-anfetamina e D-anfetamina


  Este artigo sobre uma droga é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.