Diamantes (circuito turístico)

Capela de Santa Rita, no município do Serro.

O Circuito dos Diamantes é um circuito turístico do estado brasileiro de Minas Gerais.

LocalizaçãoEditar

Localizado na confluência de três mesorregiões do estado - Jequitinhonha, Central e Metropolitana - o circuito é constituído por quinze municípios: Alvorada de Minas, Carbonita, Couto de Magalhães de Minas, Datas, Diamantina, Felício dos Santos, Gouveia, Monjolos, Presidente Kubitschek, Rio Vermelho, Santo Antônio do Itambé, São Gonçalo do Rio Preto, Senador Modestino Gonçalves, Serra Azul de Minas e Serro.[1]

TransporteEditar

As principais rodovias que integram os municípios do circuito são as federais BR-259 e BR-367 e as estaduais MG-010, MG-214 e MG-317. Há ainda aeroportos em Diamantina e no Serro.[2]

Patrimônio naturalEditar

A Serra do Espinhaço, considerada uma reserva da biosfera pela UNESCO, reúne os principais recursos naturais da região do circuito.[3]

Referências

  1. «Listagem oficial dos municípios participantes da Política de Regionalização do Turismo em Minas Gerais» (PDF). Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais. Consultado em 28 de fevereiro de 2020 
  2. «Circuito Turístico dos Diamantes». Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais. Consultado em 13 de janeiro de 2013 
  3. «Circuito dos Diamantes» (PDF). Revista Fecitur. 21 páginas. Consultado em 4 de abril de 2013 [ligação inativa]
  Este artigo sobre Turismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.