Diana Bracho

Diana Bracho Bordes (Cidade do México, 12 de dezembro de 1944) é uma atriz mexicana, filha do diretor Julio Bracho e Diana Bordes, tia do ator e apresentador Julio Bracho. Começou como atriz mirim no filme San Felipe de Jesus e Inmaculada.

Diana Bracho
Bracho em 2018.
Nome completo Diana Bracho Bordes
Nascimento 12 de dezembro de 1944 (75 anos)
Cidade do México, D.F., México
Nacionalidade mexicana
Cônjuge Felipe Bracho (divorciado)
Rafael Cortés (viúva)
Ocupação
Período de atividade 1949–presente
Principais trabalhos Leonora Navarro Larios em Cuna de Lobos,
Bertha de Aragón em Heridas de amor
Página oficial
http://www.dianabracho.com

BiografiaEditar

Diana cursou Filosofia e Letras em New Rochelle, Nova York. Quando voltou para o México estudou atuação com José Luis Ibages, quando Arturo Ripstein a escolhe para fazer o filme "El Castillo de la Pureza". Este filme se converteu em um éxito internacional e deu a Diana Bracho seus primeiros prêmios de atuação, ganhou um "Ariel" em 1973 como melhor atuação feminina, ela também ganhou os prêmios "Diosa de Plata" e "Heraldo". Viveu por quatro anos em Oxford, na Inglaterra, onde estudou técnica de atuação com Sr. Alexander, no E.A.M. Goldie. De regreso ao México trabalhou em vários meios de comunicação.

Seus principais trabalhos são: El Santo Oficio, El Cumpleaños del Perro, Actas de Marusia, Chin Chin el teporocho, Las Poquianchis, La Tia Alejandra, Entre Pancho Villa y una mujer desnuda. Teve pequenas participações em La otra conquista, Y tu mamá también, e Vivir Mata. Sua últitma participação no cinema foi na filmagem de "Sexos prosperos", obra prima da diretora teatral Marta Luna.

Estreou na televisão em 1973, na telenovela Mi primer amor. Posteriormente protagonizou novelas como Cuna de Lobos e Pasión y poder.

Em 1991 estréia como antagonista na novela Cadenas de amargura. Interpretou outras vilãs nas novelas Capricho, Retrato de familia, El privilegio de amar, Infierno en el paraíso, Heridas de amor, Fuego en la sangre, Rafaela[1], Quiero amarte[2] e El hotel de los secretos. [3].

Em 2017 o produtor Juan Osorio a convida para participar de sua telenovela Mi marido tiene familia.[4]

Vida pessoalEditar

Diana vem de uma família relacionada ao meio artístico. É filha do ator e diretor mexicano Julio Bracho e da atriz e dançarina Diana Bordes Bordes Mangel e é sobrinha das atrizes Andrea Palma e Dolores del Río, e é prima da dubladora Marcela Bordes e da atriz Julieta Bracho. Ela é tia do ator Julio Bracho Castillo também está relacionada a Pablo Bracho , Alejandro Bracho e Ramón Novarro.

Diana Bracho se casou com seu primo em segundo grau, Dr. Felipe Bracho, professor da Universidade, com quem teve uma filha, Andrea. Mais tarde, casou-se com Rafael Cortés, artista, designer e pintor. Em 6 de agosto de 2002, Diana Bracho foi nomeada presidente da Academia Mexicana de Ciências e Artes Cinematográficas, desde a sua posse até 2006.

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Papel Notas
1973 Mi primer amor Elena Debut na televisão
Los miserables Cosette Co-Protagonista
1979 Ángel Guerra Lorenza Co-Protagonista
El amor llegó más tarde Mrs. Dobuti Protagonista
1982 Leona Vicario Leona Vicario Protagonista
1985 La pobre señorita Limantur Dona Ana Coadjuvante
Esperándote Isabel Coadjuvante
1986-1987 Cuna de lobos Leonora Navarro de Larios Protagonista
1988 Pasión y poder Ana Laura Gómez Luna Protagonista
1989 Hora marcada Mãe de Cristina Episódio: "David"
Papá soltero Sara Episódio: "Operación cupido"
1991 Cadenas de amargura Evangelina Vizcaíno Antagonista principal
1993 Capricho Eugenia Antagonista principal
1995 Mujer, casos de la vida real Aurora Episódio: "Quien soy yo?"
Alondra Alondra (voz)
Retrato de familia Irene Mariscal Antagonista principal
1996 El vuelo del águila Sara Madero Coadjuvante
1998 El privilegio de amar Ana Joaquina Velarde (Jovem) Antagonista
1999 Infierno en el paraíso Dariana Valdivia Antagonista principal
2000 Abrázame muy fuerte Atuação Especial
2001 El derecho de nacer Clemencia Rivera del Junco Co-Protagonista
2003 Bajo la misma piel Sara Ortiz Escalante Co-Protagonista
2006 Heridas de amor Bertha de Aragón Antagonista principal
2007 S.O.S.: Sexo y otros Secretos Isadora
2008 Fuego en la sangre Gabriela Acevedo de Elizondo Antagonista principal
2010 Mujeres Asesinas Norma Blanco Vda. de La Piedra Episódio: "Las blanco, viudas"
Locas de amor Regina
2011 Rafaela Morelia De la Vega Antagonista principal
2012 Apocalipsis Maya Narradora Documentário do Discovery Channel
2013 Quiero amarte Lucrécia Ugarte de Montesinos Antagonista principal
2016 El hotel de los secretos Doña Teresa Langre Vda. de Alarcón Antagonista principal
2017 Mi marido tiene familia Blanca Gómez de Córcega Temporada 1 - atuação estelar
2018 Mi marido tiene más familia Temporada 2- atuação estelar
¡Ay Güey! Sra. Beatriz Rothstein Atuação estelar
2020 ¿Qué le pasa a mi familia? Luz Morales

CinemaEditar

  • Martín al amanecer (2009) - Lucía
  • Divina Confusión (2008) - Julia
  • 3:19 (2008) - Lucía
  • Quemar Las Naves (2007) - Catalina
  • J-ok'el: La leyenda de la Llorona (2007) - J-ok'el
  • El Umbral (2003) - Mercedes
  • Vivir mata (2002)
  • Dreaming of Julia (2001) - Beta
  • Y tu mamá también (2001) - Silvia Allende de Iturbide
  • Las Caras De La Luna - Magdalena Hoyos
  • La otra conquista (1998) - Doña Juana
  • Un baúl lleno de miedo (1997)
  • Entre Pancho Villa y una mujer desnuda (1995) - Gina López
  • Serpientes y escaleras (1992)
  • El Secreto de Romelia (1988) - Dolores de Roman
  • Yo no lo sé de cierto, lo supongo (1982)
  • Antonieta (1982) - Juana
  • Entre paréntesis (1982)
  • El héroe desconocido (1981)
  • La leyenda del tambor (1981)
  • Max Domino (1981)
  • The dogs of war (1980) - Nun
  • El infierno de todos tan temido (1979)
  • La tía Alejandra (1979) - Lucía
  • Crónica íntima (1976)
  • Las poquianchis (1976) - Adelina
  • Actas de Marusia (1975) - Luisa
  • El hombre del puente (1975)
  • El cumpleaños del perro (1974) - Silvia
  • El encuentro de un hombre solo]] (1974) - Renata Castillo
  • Los Miserables (1974) - Cossette
  • El castillo de la pureza (1973) - Utopía
  • El Santo Oficio (1972) - Mariana De Carvajal
  • Inmaculada (1950) - Rosalia cuando niña
  • San Felipe de Jesús (1949)

TeatroEditar

Prêmios e IndicaçõesEditar

Ano Festival Categoria Nomeações Resultado
1972 Prêmio El Heraldo de México Melhor Co-Atuação Feminina
El castillo de la pureza
Venceu
1973 Prémio Ariel Melhor Atriz Coadjuvante Venceu
1976 Prémio Ariel Melhor Atriz
Actas de Marusia
Indicada
1980 Prémio Ariel Melhor Co-Atuação Feminina
El infierno de todos tan temido
Venceu
1987 Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Protagônica
Cuna de lobos
Venceu
1989 Prêmios ACE de Nova York Melhor Atriz
El secreto de Romelia
Venceu
1992 Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Protagônica
Cadenas de amargura
Venceu
1994 Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Antagônica
Capricho
Venceu
1996 Prémio Ariel Melhor Atriz
Entre Pancho Villa y una mujer desnuda
Indicada
1998 Prêmios Bravo Melhor Atriz de Teatro
Master Class
Venceu
Prêmios Diosas de Plata Melhor Atriz
Un baúl lleno de miedo
Venceu
2000 Prêmios Bravo Melhor Atriz Antagônica
Infierno en el paraíso
Venceu
2002 Prêmio El Heraldo de México Melhor Atriz em Televisão
El derecho de nacer
Indicada
MTV Movie Awards Latin America Mamãe Mais Malvada
Y tu mamá también
Indicada
Prémio Ariel Melhor Co-Atuação Feminina
Las caras de la luna
Indicada
2007 Prêmio TVyNovelas Melhor Primeira Atriz
Heridas de amor
Indicada
Prêmios Bravo[5] Melhor Atriz Protagônica Venceu
2009 Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Antagônica
Fuego en la sangre
Venceu
Prêmios Bravo Melhor Atriz Antagônica Venceu
2011 Prêmio People en Español Melhor Atriz de Série
Mujeres Asesinas
Venceu
2013 Festival de Cine de Madrid Melhor Atriz
Apasionado Pancho Villa
Indicada
2015 Troféu Lunas del Auditorio Carreira Artística
Homenagem
Venceu
2016 Prêmio TV Adicto Golden Awards[6] Melhor Atriz de Serienovela
El hotel de los secretos
Venceu
2017 Prêmio TVyNovelas[7] Melhor Atriz Antagônica Indicada
Prêmios ACE de Nova York[8] Melhor Co-atuação Feminina Venceu
2018 Prêmio TVyNovelas Melhor Atriz Co-estelar
Mi marido tiene familia
Venceu
2019 Prêmio TVyNovelas Melhor Primeira Atriz
Mi marido tiene más familia
Indicada

Referências

  1. «Diana Bracho ¡regresa a las telenovelas!». Tv Notas. 11 de dezembro de 2010. Consultado em 3 de fevereiro de 2016 
  2. «Diana Bracho será la antagonica de Quiero amarte». Sitios Total. 9 de agosto de 2013. Consultado em 3 de fevereiro de 2016 
  3. «Diana Bracho en Gran Hotel de Televisa». Tv y Espectaculos. 24 de setembro de 2015. Consultado em 3 de fevereiro de 2016 
  4. «Diana Bracho es Blanca en 'Mi marido tiene familia'». www.univision.com (em espanhol). Consultado em 17 de fevereiro de 2018 
  5. Vanguardia (Entregan los premios Bravo a lo más destacado de los espectáculos)
  6. Milenio (tv_adicto_golden_awards_2016-telenovelas-serienovelas-bionovelas-narconovelas_18)
  7. «Ganadores de los Premios TV y Novelas 2017». Consultado em 28 de marzo de 2017  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  8. Impactony (Ganadores de los premios ace de cine y television 2017)

Ligações externasEditar