Di-isopropilamina

composto químico
(Redirecionado de Diisopropilamina)
Diisopropylamine
Alerta sobre risco à saúde
Diisopropylamine.png
Nome IUPAC N-Isopropylpropan-2-amine
Outros nomes DIPA
Identificadores
Número CAS 108-18-9
ChemSpider 7624
SMILES
InChI
1/C6H15N/c1-5(2)7-6(3)4/h5-7H,1-4H3
Propriedades
Fórmula química C6H15N
Massa molar 101.19 g mol-1
Aparência Colorless liquid
Densidade 0.717 g/mL liquid
Ponto de fusão

-61 °C, 212 K, -78 °F

Ponto de ebulição

84 °C, 357 K, 183 °F

Acidez (pKa) 40
Riscos associados
MSDS External MSDS
Principais riscos
associados
Harmful
NFPA 704
NFPA 704.svg
3
2
0
 
Frases R R11 R20/21/22
Frases S S26 S36
Compostos relacionados
Outros aniões/ânions Éter di-isopropílico
Aminas relacionados Isopropilamina
Dietilamina
Di-isopropiletilamina
Tri-isopropilamina
Compostos relacionados Di-isopropilamida de lítio
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Di-isopropilamina é a amina secundária representada pela fórmula (CH3)2HC-NH-CH(CH3)2. Ela é mais conhecida por seu sal de lítio, a di-isopropilamida de lítio, conhecida por "LDA" (do nome em inglês, lithium diisopropylamide). LDA é uma base forte não-nucleofílica.

Di-isopropilamina pode ser secada por destilação em hidróxido de potássio (KOH) ou secada em fios de sódio ou hidreto de sódio (NaH), seguido de destilação em N2 em um recipiente seco.[1]

Di-isopropilamina também é usada para a síntese de di-isopropiletilamina (base de Hünig), através da reação com sulfato de dietila. [2]

Referências

  1. Armarego, W. L. F. and Perrin, D. D. Purification of Laboratory Chemicals 4th Ed. pg 186, Butterworth and Heinemann: Boston, 1996.
  2. Hünig, S.; Kiessel, M. (1958). «Spezifische Protonenacceptoren als Hilfsbasen bei Alkylierungs- und Dehydrohalogenierungsreaktionen». Chemische Berichte. 91: 380–392. doi:10.1002/cber.19580910223