Abrir menu principal

A dinastia Xia,[1] também conhecida como dinastia Hsia,[2] é a primeira dinastia descrita pela historiografia tradicional chinesa. Reinou cerca século XXI a.C.século XVI a.C. A histografia lista os nomes de 9 reis por 14 gerações. Os lendários Três Augustos e os Cinco Imperadores são colocados como antecessores da dinastia Xia, que foi sucedida pela Dinastia Shang.

Até recentes escavações arqueológicas em sítios localizados na província de Henan, onde os vestígios foram datados como sendo da Era do Bronze e pertencentes à Cultura Erlitou, era difícil separar o que era mito e o que era realidade a respeito da dinastia Xia. Desde então, arqueólogos descobriram vestígios de áreas urbanas, objetos trabalhados em bronze, e tumbas que apontam para a possível existência da dinastia Xia em localizações citadas em antigos documentos históricos chineses. A maioria dos arqueólogos chineses identifica a cultura Erlitou como correspondente à dinastia Xia, enquanto a maioria dos arqueólogos ocidentais continuam não convencidos da conexão entre a cultura Erlitou e a dinastia. No mínimo, o período Xia marcou um estágio de evolução técnica entre culturas do neolítico tardio e a tradicional civilização urbana chinesa da Dinastia Shang. A tecnologia agrícola - como a criação de cavalos, a produção de vinho, além de avanços no transporte - aprimorou-se drasticamente na dinastia Xia.

A dinastia Xia finalizou um sistema de monarquia hereditária, transmitida supostamente desde a época do lendário Imperador Amarelo, e iniciou um período de controles políticos baseados em clãs e famílias aristocráticas, que passaram a controlar tudo na nação (家天下). Foi também neste período que a civilização chinesa desenvolveu um sistema de governo que empregava tanto um governador civil (文治), quanto o uso de punições duras contra qualquer transgressão (刑罰). Destes primórdios o código legal chinês começou a se formar.

Acredita-se que a Dinastia Xia controlava um território que se estendia ao leste até as províncias de Henan, Shandong e Hebei, a oeste até Henan e Shanxi, ao sul até Hubei e ao norte até Hebei.

Diz-se que Jie, o último rei da dinastia, foi um rei corrupto. Ele foi deposto por T'ang, o lider do povo de Shang, que foi localizado no leste.

Líderes da Dinastia XiaEditar

Nomes Póstumos (Shi Hao 諡號)1
Ordem Reinado2 Chinês Hanyu Pinyin Notas
01 45 também Yu o Grande (大禹; dà yǔ)
02 10  
03 29 太康 Tài Kāng  
04 13 仲康 Zhòng Kāng  
05 28 Xiāng  
06 21 少康 Shǎo Kāng  
07 17 Zhù  
08 26 Huái  
09 18 Máng  
10 16 Xiè  
11 59 不降 Bù Jiàng  
12 21 Jiōng  
13 21 Jǐn Guoyu: jìn, putonghua: jǐn
14 31 孔甲 Kǒng Jiǎ  
15 11 Gāo  
16 11  
17 52 Jié também Lu Gui (履癸 lǚ guǐ)
1 O nome do reinado, às vezes, é precedido pelo nome da dinastia, Xia (夏), por exemplo, Xia Yu (夏禹).
2 Possível duração do reinado, em anos.

Referências

  1. SCARPARI, M. Grandes civilizações do passado: China antiga. Barcelona. Ediciones Folio. 2006. p. 20.
  2. SCHAFER, E. H. China antiga. Rio de Janeiro. Livraria José Olympio Editora. 1979. p. 184.

BibliografiaEditar

  • Roberts, John A. G., History of China (título original), Palgrave MacMillan, 1999 (primeira edição), 2006 (segunda edição), ISBN 978-989-8285-39-3

Ligações externasEditar

  •   Media relacionados com Xia Dynasty no Wikimedia Commons