Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2014). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Diocese de Caratinga
Caratingensis
Brasão da Diocese de Caratinga
Localização
País  Brasil
Arquidiocese metropolitana Arquidiocese de Mariana
Estatísticas
População 674.954
Área 14.927 km²
Informação
Rito Romano
Criação 10 de dezembro de 1915 (103 anos)
Padroeiro(a) São João Batista
Governo da diocese
Bispo Emanuel Messias de Oliveira
Jurisdição diocese
Página oficial www.diocesecaratinga.org.br
dados em catholic-hierarchy.org

A Diocese de Caratinga é uma circunscrição eclesiástica brasileira criada em 1915. Pertence à Província Eclesiástica de Mariana, Regional Leste II, em Minas Gerais. A sé episcopal está na Catedral de São João Batista, localizada em Caratinga, no estado brasileiro de Minas Gerais. O bispo diocesano é Dom Emanuel Messias de Oliveira, desde 2011.

Dados geográficosEditar

A Diocese de Caratinga situa-se na região leste meridional do Estado de Minas Gerais, no Vale do Rio Doce e Zona da Mata. Faz parte do Regional Leste II da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil). Os seus limites são: ao norte, Diocese de Governador Valadares; a oeste, Diocese de Itabira-Coronel Fabriciano; a sudoeste a Arquidiocese de Mariana; ao sul, Diocese de Leopoldina; a sudeste a Diocese de Campos/RJ e a Diocese de Cachoeiro do Itapemirim/ES; e a leste, Arquidiocese de Vitória/ES.[1]

A diocese tem a extensão de 14.927 km² e está dividida em 54 municípios, sendo 2 em parte. Sua população, segundo o censo de 2010, é 674.954 habitantes[2].

HistóriaEditar

A diocese de Caratinga foi criada pelo papa Bento XV, aos 10 de dezembro de 1915, desmembrada da arquidiocese de Mariana, com a bula Pastorale Romani Pontificis Officium. Foi instalada aos 7 de março de 1920, com a posse de Dom Carloto Fernandes da Silva Távora, que exerceu seu bispado assessorado por monsenhor Aristides Marques da Rocha.[1]

Governo diocesanoEditar

O atual bispo diocesano é dom Emanuel Messias de Oliveira (desde 2011), o ofício de vigário geral é de Pe. José Carlos de Oliveira. A diocese é governada sob o auxílio do Conselho Pastoral Diocesano. Cada forania tem um representante pastoral, o vigário forâneo. O planejamento das atividades da diocese é realizado nas Assembleia Diocesanas de Pastoral. A instância jurídica que oficializam as decisões é a Cúria Diocesana situada em Caratinga, sede da diocese.

Divisão administrativaEditar

 
Fachada da Catedral de São João Batista, sé episcopal, em Caratinga.

A diocese de Caratinga compreende 54 paróquias distribuídas em 6 foranias:

A Forania de Caratinga compreende um total de 13 paróquias:

  • São João Batista - Catedral - Bairro Centro - Caratinga;
  • Coração Eucarístico de Jesus (Santuário) - Bairro Santa Zita - Caratinga;
  • São Judas Tadeu - Bairro Limoeiro - Caratinga;
  • Nossa Senhora da Conceição - Bairro Centro - Caratinga;
  • Nossa Senhora do Carmo - Bairro Esplanada - Caratinga;
  • Senhor Bom Jesus - Bairro Santa Cruz -Caratinga;
  • Nossa Senhora da Conceição - Distrito de Dom Lara - Caratinga;
  • Santa Bárbara - Santa Bárbara do Leste;
  • Santa Rita de Cássia - Santa Rita de Minas;
  • São Francisco de Assis - Distrito de Vermelho Velho - Raul Soares;
  • Nossa Senhora da Conceição - Vermelho Novo;
  • Santa Efigênia - Córrego Novo;
  • Senhor Bom Jesus - Bom Jesus do Galho.

A Forania de Inhapim compreende um total de 12 paróquias:

  • São Sebastião - Inhapim;
  • São Domingos de Gusmão - Ubaporanga;
  • Nossa Senhora do Rosário - Entre Folhas;
  • São José - Vargem Alegre;
  • Nossa Senhora da Penha - Ipaba;
  • Santo Estêvão - Iapu;
  • São João Batista - São João do Oriente;
  • Nossa Senhora Aparecida - Dom Cavati;
  • São Sebastião - Tarumirim;
  • São Sebastião - São Sebastião do Anta;
  • Nossa Senhora das Dores - São Domingos das Dores;
  • Sant'Ana - Imbé de Minas.

A Forania de Ipanema compreende um total de 7 paróquias:

  • Santo Antônio de Pádua - Ipanema;
  • Santo Antônio de Pádua - Distrito de Santo Antônio do Manhuaçu - Caratinga;
  • Nossa Senhora da Penha - Pocrane;
  • São Manoel - Mutum;
  • Nossa Senhora da Conceição - Conceição de Ipanema;
  • Nossa Senhora do Amparo - Chalé;
  • Nossa Senhora de Nazaré - Lajinha.

A Forania de Manhuaçu compreende um total de 9 paróquias:

  • São Lourenço - Bairro Centro - Manhuaçu;
  • Jesus, Bom Pastor - Bairro S. Lourenço - Manhuaçu;
  • Nossa Senhora Mãe dos Homens - Martins Soares;
  • São Sebastião - Durandé;
  • Santa Ana - Santana do Manhuaçu;
  • São Simão - Simonésia;
  • São Luís Gonzaga - Luisburgo;
  • Senhor Bom Jesus - Manhumirim;
  • Nossa Senhora da Conceição - Alto Jequitibá.

A Forania de Santa Margarida[3] compreende um total de 6 paróquias:

  • Santa Margarida - Santa Margarida;
  • São Sebastião - Orizânia;
  • São João Batista - São João do Manhuaçu;
  • Nossa Senhora do Rosário - Distrito de Vilanova - Manhuaçu;
  • Santa Helena - Caputira;
  • São Sebastião - Distrito de São Sebastião do Sacramento - Manhuaçu.

A Forania de Carangola compreende um total de 7 paróquias:

  • Santa Luzia - Bairro Centro - Carangola;
  • Nossa Senhora Aparecida - Bairro Triângulo - Carangola;
  • Nossa Senhora Imaculada Conceição - Tombos;
  • Divino Espírito Santo - Divino;
  • São Sebastião - Espera Feliz;
  • São Mateus - Faria Lemos;
  • São Francisco de Assis - São Francisco do Glória;

Dentro desse conjunto existem 735 igrejas filiais ou capelas, 884 Comunidades Eclesiais de Base (149 urbanas e 735 rurais, com 4.892 Grupos de Reflexão, e 1.161 núcleos de catequese).[4][5]

Organização pastoralEditar

 
Palácio Episcopal em Caratinga

A diocese atua com as seguintes pastorais: Pastoral Familiar, da Criança, da Juventude, Catequética, da Educação Religiosa, da Liturgia, Vocacional, das CEBs, e da Comunicação. Os movimentos e associações leigas presentes são: Sociedade de São Vicente de Paulo, Apostolado da Oração do Sagrado Coração de Jesus, Legião de Maria e Renovação Carismática Católica (RCC).

O setor vocacional conta com seminários: Seminário Diocesano de Nossa Senhora do Rosário (Caratinga), Seminário Propedêutico São José (Ubaporanga), Seminário Apostólico Nossa Senhora do Santíssimo Sacramento (Manhumirim), o Convento Nossa Senhora do Carmo - Aspirantado da OCD (Caratinga) e o Convento São José - Noviciado da OCD (Piedade de Caratinga).

Os institutos religiosos na diocese são: a Congregação do Santíssimo Sacramento, Missionários Sacramentinos de Nossa Senhora, Ordem dos Irmãos Carmelitas Descalços.

Na cidade de Dom Cavati, localiza-se a sede do movimento de maior expressão: o Movimento da Boa Nova (Mobon).

Meios de comunicaçãoEditar

Os órgãos de comunicação que são pertencentes ou parceiros da diocese são: periódicos (Revista Diretrizes, Tribuna do Leste, Jornal Vicentino), emissoras de rádio (Rádio Sociedade A Voz de Manhumirim, Rádio Sociedade de Manhuaçu, Rádio Clube de Inhapim). As editoras são: Gráfica-Editora Dom Carloto, Editora O Lutador.

A revista mensal Diretrizes foi fundada em janeiro de 1958, por dom José Eugênio Corrêa e monsenhor Raul Motta de Oliveira. O periódico é impresso pela Gráfica-Editora Dom Carloto, também a serviço da circunscrição eclesiástica.

BisposEditar

Referências

  1. a b [1]
  2. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (16 de novembro de 2011). «Sinopse por Setores». Consultado em 12 de julho de 2013 
  3. «Forania de Santa Margarida - Portal da Diocese de Caratinga» 
  4. «Portal da Diocese de Caratinga» 
  5. DIRETRIZES, Revista da Diocese de Caratinga. Guia da Diocese de Caratinga. Números 626-627, outubro a dezembro. Caratinga: Editora Dom Carloto, 1993.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Diocese de Caratinga