Abrir menu principal
Diocese de Crateús
Crateopolitana
Localização
País Brasil
Arquidiocese metropolitana Arquidiocese de Fortaleza
Estatísticas
População 396.320
Área 20.352,9 km²
Informação
Rito Romano
Criação 28 de setembro de 1963 (55 anos)
Padroeiro(a) Nosso Senhor do Bonfim
Governo da diocese
Bispo Ailton Menegussi
Jurisdição Diocese
Página oficial www.diocesedecrateus.org.br
dados em catholic-hierarchy.org

A Diocese de Crateús (Dioecesis Crateopolitana) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no Brasil, pertencente à Província Eclesiástica de Fortaleza e ao Conselho Episcopal Regional Nordeste 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, sendo sufragânea da Arquidiocese de Fortaleza. A episcopal está na Catedral Senhor do Bonfim, na cidade de Crateús, no estado do Ceará[1].

HistóricoEditar

A Diocese de Crateús foi erigida canonicamente pelo Papa Paulo VI, por meio da Constituição Apostólica Pro apostolico, de 28 de setembro de 1963, a partir de território desmembrado das dioceses de Iguatu e Sobral[2]. A instalação da Diocese se deu a 9 de agosto de 1964, quando tomou posse seu primeiro bispo[3].

BisposEditar

Nome Período Notas
Bispos
Dom Antônio Batista Fragoso 1964 - 1998 Renunciou por limite de idade (Cân. 401, do CDC)[4]
Dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho[4] 1998 - 2012 Nomeado arcebispo de Teresina[5]
Dom Ailton Menegussi[6] 2013

Situação geográfica e demografiaEditar

A Diocese está localizada no oeste do Estado do Ceará, tendo como limites a Arquidiocese de Teresina e as dioceses de Campo Maior, Iguatu, Picos, Quixadá, Sobral e Tianguá. Possuí uma área de 20.352,9 km2. Sua população é de 396.320 habitantes, com densidade demográfica de 18,1 hab/km2 (IBGE 2007). Possui 14 paróquias[1].

A diocese abrange 13 municípios, em três microrregiões[1]:

Referências

  1. a b c Centro de Estatística Religiosa e Investigações Sociais (2009). Anuário Católico do Brasil. 2009/2010 12 ed. Brasília: CERIS; CNBB; CRB. p. 647-648. 1424 páginas 
  2. Paulus VI (1964). «Pro apostolico». Acta Apostolicae Sedis (em latim). 56: 552-554 
  3. «Diocese de Crateús». Consultado em 15 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 12 de julho de 2012 
  4. a b Sala de Imprensa da Santa Sé (18 de fevereiro de 1998). «Rinuncia del vescovo di Crateús (Brasile) e nomina del successore» (em italiano). Consultado em 15 de dezembro de 2012 [ligação inativa]
  5. Sala de Imprensa da Santa Sé (22 de fevereiro de 2012). «Nomina dell'arcivescovo metropolita di Teresina (Brasile)» (em italiano). Consultado em 15 de dezembro de 2012 [ligação inativa]
  6. Sala de Imprensa da Santa Sé (6 de novembro de 2013). «Nomina del Vescovo di Crateús (Brasile)» (em italiano). Consultado em 6 de novembro de 2013 

Ligações externasEditar