Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2014). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Diocese de Palmeira dos Índios
Palmiriensis Indorum
Localização
País Brasil
Arquidiocese metropolitana Arquidiocese de Maceió
Estatísticas
Área 11.027 km²
Informação
Rito romano
Criação 10 de fevereiro de 1962
Governo da diocese
Bispo Manoel de Oliveira Soares Filho
Jurisdição diocese
dados em catholic-hierarchy.org

A Diocese de Palmeira dos Índios (Dioecesis Palmiriensis Indorum) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no Brasil, pertencente à Província Eclesiástica de Maceió e ao Conselho Episcopal Regional Nordeste II da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, sendo sufragânea da Arquidiocese de Maceió.[1] A sé episcopal está na Catedral Nossa Senhora do Amparo, na cidade de Palmeira dos Índios, no estado de Alagoas.

HistóricoEditar

A Diocese de Palmeira dos Índios foi erigida a 10 de fevereiro de 1962, pelo Papa João XXIII, desmembrada da Arquidiocese de Maceió e da Diocese de Penedo.[1]

Em toda sua história, a Diocese nunca passou longo período sem um Bispo titular. Contudo, após a transferência de Dom Dulcênio Fontes de Matos para a Diocese de Campina Grande, ocorrida em 11 de outubro de 2017, a sede episcopal ficou vacante, tendo assumido o pastoreio, interinamente, o Padre Wendel Assunção.

Tendo em vista o longo período sem a nomeação de um Bispo titular e objetivando a adoção de medidas que o Administrdor Diocesano não pode determinar, nos termos do Código Canônico, no dia 26 de outubro de 2018, o Papa Francisco, através de Decreto expedido pela Congregação para os bispos, assinado pelo Cardeal Marcus Ouellet, nomeou Dom Genival Saraiva de França como Administrador Apostólico da Diocese de Palmeira dos Índios - AL, até ulterior nomeação do Bispo Titular. Dom Genival Saraiva de França, então, assumiu o encargo, de modo oficial, perante o Colégio de Consultores da Diocese de Palmeira dos Índios, no dia 01 de novembro de 2018.

BisposEditar

Nome Período Notas
Bispos
Dom Otávio Barbosa Aguiar 19621978 Bispo Emérito.
Dom Epaminondas José de Araújo 19781984 Bispo Emérito.
Dom Fernando Iório Rodrigues 19852006 Bispo Emérito.
Dom Dulcênio Fontes de Matos 20062017 Nomeado Bispo de Campina Grande.
Dom Manoel de Oliveira Soares Filho 2019 -
Administrador Apóstolico
Pe. Wendell Assunção 20172018
Dom Genival Saraiva de França 20182019 Bispo-emérito de Palmares

DemografiaEditar

Em 2004, a diocese contava com uma população aproximada de 559.673 habitantes, com 84% de católicos.[1]

O território da diocese é de 11.027 km², organizado em 36 paróquias.

Referências

  1. a b c «Diocese of Palmeira dos Índios» (em inglês). Consultado em 6 de agosto de 2014 

Ligações externasEditar

  Circunscrições eclesiásticas católicas do Brasil — Regional Nordeste II
(Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas)
 

 

 

 

Província eclesiástica de Olinda e Recife

Afogados da Ingazeira  • Caruaru  • Floresta  • Garanhuns  • Nazaré  • Palmares  • Pesqueira  • Petrolina  • Salgueiro
Província eclesiástica da Paraíba
Cajazeiras  • Campina Grande  • Guarabira  • Patos
Província eclesiástica de Maceió
Palmeira dos Índios  • Penedo
Província eclesiástica de Natal
Caicó  • Mossoró