Diocese de Presidente Prudente

A Diocese de Presidente Prudente é uma divisão territorial da Igreja Católica no estado de São Paulo. Sua sede é o município de Presidente Prudente. Foi criada em 16 de janeiro de 1960 por bula do Papa João XXIII, a diocese foi desmembrada da Diocese de Assis, também em São Paulo. Em 2016, a Diocese de Presidente Prudente era formada por 542.400 católicos (93.1% de uma população de 582.700 pessoas). Possuía 53 paróquias, 4 missões e 67 sacerdotes.[1] [2]

Diocese de Presidente Prudente
Prudentipolitana
Catedral de Presidente Prudente
Localização
País  Brasil
Arquidiocese metropolitana Arquidiocese de Botucatu
Estatísticas
Área 15,513 km²
Informação
Rito Romano
Criação 16 de janeiro de 1960 (61 anos)
Padroeiro(a) São Sebastião
Governo da diocese
Bispo Benedito Gonçalves dos Santos
Jurisdição Diocese
Página oficial http://www.diocesepresidenteprudente.com.br
dados em catholic-hierarchy.org

A instalação e a posse do primeiro bispo diocesano de Presidente Prudente deu-se em 2 de julho de 1960.

HistóriaEditar

A história da Diocese de Presidente Prudente se inicia por volta de 1918, quando foi construída a primeira capelinha de madeira, na Vila Goulart, fundada pelo Coronel Francisco de Paula Goulart. A capela foi resultado do pedido feito ao Coronel por sua esposa Dona Izabel, devota de São Sebastião, a quem foi dedicada a capela. Como prova de sua devoção ao Santo Mártir, Dona Izabel deu a um de seus filhos o nome de Sebastião, nascido em 19 de janeiro do ano de 1918.

A comunidade local dedicou o novo povoado aos cuidados de São Sebastião, na crença de que ele certamente protegeria o lugar contra as doenças comuns da época, defenderia a população contra os animais selvagens, contra a violência dos invasores e das queimadas.

Fruto do esforço pessoal de Dona Izabel, padres vieram dar assistência à Vila, entre eles, o primeiro sacerdote chamado José Farias. Logo após veio o Pe. Giovanni, que permaneceu na Vila Goulart até 1923. O ano de 1925 marca a vinda e a presença efetiva do espanhol Padre José Maria Martinez Sarrion, o idealizador e construtor da Igreja Matriz, hoje, Catedral São Sebastião de Presidente Prudente.

Criação da DioceseEditar

 
Catedral diocesana de São Sebastião em Presidente Prudente, vista internamente.

Com o trabalho da “Comissão Pró-bispado”, dos esforços e fé da comunidade católica da região de Presidente Prudente e com o apoio decisivo do Núncio Apostólico no Brasil, Dom Armando Lombardi, no dia 16 de janeiro de 1960, o Papa João XXIII decreta a criação da Diocese de Presidente Prudente pela BulaCum venerabilis”. Assim, a Diocese de Presidente Prudente foi totalmente desmembrada da Diocese de Assis.

Foi decretada a retirada dos seguintes territórios da Diocese de Assis passando a pertencer a Presidente Prudente: Alfredo Marcondes, Álvares Machado, Anhumas, Caiabu, Caiuá Indiana, Marabá Paulista, Mirante do Paranapanema, Piquerobi, Pirapozinho, Presidente Bernardes, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Regente Feijó, Sandovalina, Santo Anastácio, Santo Expedito, Taciba e Taboraí (Tarabai). Os municípios que posteriormente a 1960, se emanciparam dos citados anteriormente também foram incorporados a diocese prudentina.

Assim, no dia 2 de julho de 1960, foi realizada a solenidade que marca a instalação da Diocese de Presidente Prudente e a posse do primeiro bispo, Dom José de Aquino Pereira, que permaneceu até 1968. Dom José Gonçalves da Costa, segundo bispo, tomou posse no dia 28 de fevereiro de 1970. Já em 2 de abril de 1976, Dom Antonio Agostinho Marochi tomou posse como terceiro bispo. Dom José Maria Libório Camino Saracho foi o quarto bispo diocesano e teve sua posse no dia 7 de abril de 2002. O último e atual bispo a assumir foi Dom Benedito Gonçalves dos Santos.[3]

Seminário Diocesano "Nossa Senhora Mãe da Igreja"Editar

A criação de um seminário está vinculada, originalmente, à criação da Diocese, visto que a Bula Papal Cum Venerabilis, de autoria de Sua Santidade o Papa João XXIII, datada de 26 de janeiro de 1960, que criou a nova Diocese desmembrando-a da diocese-mãe, de Assis, continha expressamente em seu texto, como uma das prioridades da nova Diocese, a missão de construir um Seminário Menor para aqueles que desejassem ser preparados para a dignidade sacerdotal.

Com a instalação da nova Diocese aos 02 de julho de 1960, tomando posse como primeiro Bispo Diocesano de Presidente Prudente, Dom José de Aquino Pereira, proveniente da Diocese de Dourados, Mato Grosso, tratou logo de ir a preparar o terreno para a construção do Seminário, dada a urgência de se constituir um presbitério genuinamente diocesano, e isto em face do crescimento demográfico da região da Alta Sorocabana e Pontal do Paranapanema, onde se localiza a Diocese Prudentipolitana e em virtude da escassez de padres. O atual terreno onde se encontra construído o Seminário, uma área inicial de dez alqueires (24,20 ha), situada na zona suburbana, localizada na Estrada do Limoeiro, s/nº, que fora adquirida pela Mitra Diocesana em maio de 1961, do Sr. João Turato e Dona Elisa Lauro e conforme verificação no Cartório de Registro de Imóveis local, a lavratura da escritura ocorreu no dia 18 de maio e o competente registro aos 09 de setembro de 1961. A partir de então, Dom José de Aquino tratou de viabilizar o projeto de construção do Seminário e a angariar donativos para o início da obra.

Exatamente aos 14 de setembro de 1963, ocasião em que Presidente Prudente comemorava o seu 46º aniversário, em meio à festa, com a presença do clero, autoridades e considerável número de católicos, a Diocese presenteou a cidade com o lançamento da pedra fundamental do Seminário Diocesano. A partir do ano de 1981, a título de cooperação com dioceses irmãs, começou-se a acolher, no Seminário Diocesano, os vocacionados da Arquidiocese de Campo Grande e de outras Dioceses do Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, que pediram arrimo. Esta aliança perdurou até meados de 2000, quando, em decorrência do aumento de vocacionados, algumas casas formativas para maiores foram abertas na região centro-oeste. Na comemoração de seus 50 anos, as estatísticas contabilizavam os seguintes números: 61 padres para a própria Diocese, 21 padres para Dioceses-irmãs e oito padres para Institutos Religiosos. São totalizados até o momento 90 (noventa) padres que em sua fase formativa estudaram neste Seminário Diocesano; isto representa a formação de 1,8 padre por ano; aproximadamente 1050 jovens estudaram neste Seminário. O total de ordenados presbíteros representa 9% dos seminaristas.[4]

Divisão territorialEditar

A diocese de Presidente Prudente é dividida em quatros regiões episcopais, para melhor organização das paróquias do clero regional.

Região episcopal Município Paróquia (nome)
1ª Região Presidente Prudente Catedral de São Sebastião

Paróquia São José

Paróquia São Lucas

Paróquia São Pedro

Paróquia Santa Luzia

Paróquia São Judas Tadeu

Paróquia São Miguel Arcanjo

Paróquia São Paulo Apostolo

Paróquia Santa Rita de Cássia

Paróquia Bom Jesus de Pirapora

Paróquia São Francisco de Assis

Paróquia Menino Jesus de Praga

Paróquia Santo Antonio de Pádua

Paróquia Nossa Senhora do Carmo

Paróquia Nossa Senhora de Lourdes

Paróquia Nossa Senhora das Graças

Paróquia Nossa Senhora Mãe da Igreja

Paróquia Nossa Senhora do Perpetuo Socorro

Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima

Paróquia Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos

Paróquia Nossa Senhora Desatadora de Nós e São José de Anchieta

Santuário Diocesano de Nossa Senhora de Aparecida

Santuário Diocesano de Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face

Álvares Machado Paróquia Nossa Senhora de Aparecida
2ª Região Paróquia São José
Alfredo Marcondes Paróquia São Benedito
Anhumas Paróquia Santa Luzia
Caiabu Paróquia Santo Antonio de Pádua
Emilianópolis Paróquia Nossa Senhora de Aparecida
Indiana Paróquia Nossa Senhora do Rosário
Martinópolis Paróquia Santa Bibiana
Narandiba Paróquia São Francisco de Paula
Pirapozinho Paróquia São João Batista
Presidente Bernardes Paróquia Santa Luzia

Paróquia Nossa Senhora de Aparecida

Regente Feijó Paróquia Nossa Senhora de Aparecida
Sandovalina Paróquia Santo Antonio de Pádua
Santo Expedito Santuário Diocesano de Santo Expedito
Taciba Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Tarabai Paróquia Nossa Senhora de Aparecida
3ª Região Caiuá Paróquia São José
Piquerobi Paróquia São Miguel Arcanjo
Presidente Epitácio Paróquia São Pedro

Paróquia Sagrada Família

Paróquia São Jerônimo Emiliani

Presidente Venceslau Paróquia Santo Antônio de Lisboa

Paróquia São Francisco de Paula e Nossa Senhora de Fátima

Santo Anastácio Paróquia Santo Anastácio
4ª Região Euclides da Cunha Paulista Paróquia São José
Marabá Paulista Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus
Mirante do Paranapanema Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus
Rosana Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes

Paróquia Nossa Senhora de Aparecida

Teodoro Sampaio Paróquia Nossa Senhora de Aparecida

Paróquia Nossa Senhora do perpétuo Socorro [nota 1]

BisposEditar

# Nome Período Notas
Bispos
Dom Benedito Gonçalves dos Santos 2008 - atual
Dom José María Libório Camino Saracho 2002 - 2008 Bispo emérito
Dom Antônio Agostinho Marochi 1975 - 2002
Dom José Gonçalves da Costa, C.Ss.R 1969 - 1975 Nomeado arcebispo-coadjutor de Niterói
Dom José de Aquino Pereira 1960 - 1968 Nomeado bispo de São José do Rio Preto

Notas

  1. Em processo de formação e formalização perante a Diocese

Referências

  1. Diocese of Presidente Prudente GCatholic.org (em inglês)
  2. Diocese of Presidente Prudente Catholic Hierarchy (em inglês)
  3. «História». Diocese Presidente Prudente. Consultado em 20 de janeiro de 2020 
  4. «Nossa História.». Seminário Diocesano de Presidente Prudente. 19 de março de 1966. Consultado em 24 de janeiro de 2020 


  Circunscrições eclesiásticas católicas do BrasilRegional Sul I (São Paulo)  

Província Eclesiástica de São Paulo
Campo Limpo | Eparquia de Nª. Srª do Líbano | Eparquia de Nª. Srª do Paraíso | Guarulhos | Mogi das Cruzes | Osasco | Santo Amaro | Santo André | Santos | São Miguel Paulista

Província Eclesiástica de Botucatu
Araçatuba | Assis | Bauru | Lins | Marília | Ourinhos | Presidente Prudente

Província Eclesiástica de Campinas
Amparo | Bragança Paulista | Limeira | Piracicaba | São Carlos

Província Eclesiástica de Ribeirão Preto
Barretos | Catanduva | Franca | Jaboticabal | Jales | São João da Boa Vista | São José do Rio Preto | Votuporanga

Província Eclesiástica de Aparecida
Caraguatatuba | Lorena | São José dos Campos | Taubaté

Província Eclesiástica de Sorocaba
Itapetininga | Itapeva | Jundiaí | Registro