Abrir menu principal
Diogo Afonso
Estátua de Diogo Afonso no Mindelo
Nacionalidade Portugal Portugal
Ocupação navegador

Diogo Afonso foi um navegador português do século XV.

BiografiaEditar

Participou em viagens de exploração e reconhecimento da costa ocidental africana, promovidas pelo Infante D. Henrique.

Em 1444, comandando uma caravela, terá realizado, juntamente com Antão Gonçalves e Gomes Pires, uma viagem ao rio do Ouro. No ano seguinte terá feito parte da expedição à ilha de Arguim com Antão Gonçalves e Garcia Homem. Passando então à costa fronteira da referida ilha, descobrem um cabo que denominaram "do resgate" e nessa região terão feito grande número de cativos, que trouxeram para Lisboa, onde os venderam, tendo o Infante D. Henrique recebido o seu quinto, como nos narra Duarte Pacheco Pereira.

Na carta régia de D. Afonso V, datada de 29 de Setembro de 1462 o rei faz doação ao Infante D. Fernando, seu irmão, de uma ilha "a loesnoroeste das ilhas de Canária e da ilha da Madeira", justificando a doação "asi e pela guisa que lhe temos dada a outras sete ilhas que Diego Affomsso seu escudeiro achou através do Cabo Verde". Segundo a mesma carta, Diogo Afonso teria descoberto as cinco ilhas mais ocidentais de Cabo Verde Brava, São Nicolau, São Vicente, Santo Antão e os ilhéus Branco e Raso.

Referências

Erro de citação: Elemento <ref> inválido; refs sem parâmetro de nome devem ter conteúdo associado
Precedido por
-
Capitão da Ilha de Santiago
1462 — 1473
Sucedido por
Rodrigo Afonso
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

A peça de Diogo Afonso na praia do Mindelo em Cabo Verde tem dois autores. Escultura: Escultor Gustavo Bastos (Figueira da Foz, 1928 – Porto, 2014) Base da escultura : Arquitecto Rogério Cayatte (Luanda, 1927 - Lisboa, 1990)