Discussão:Caniça

Adicionar discussão
Discussões ativas
(Redirecionado de Discussão:A Cañiza)

Renomear artigo para A Cañiza.Editar

O nome atual do artigo incumpre o princípio de neutralidade da Wikipédia, já que se encontra em norma AGAL, de uso extremamente minoritário na Galiza (veja-se reintegracionismo). Portanto, acho que deve ser movido para A Cañiza, seu nome oficial. No entanto, este nome já existe, havendo redirect para esta mesma página.

Saudações.--Esquwiki (discussão) 16h32min de 9 de julho de 2021 (UTC)

@Renato de carvalho ferreira e DarwIn: Eu não entendi bem essa discussão de AGAL/RAG, parece ser um "problema" lá da es.wiki, mas os artigos aqui devem estar em português. Varias movimentações foram feitas (desse e de outros artigos). Vocês tem alguma opinião/orientação/recomendação? Sds -- Sete de Nove msg 16h44min de 9 de julho de 2021 (UTC)
@Esquwiki e 79a: Obrigado pelo ping. Pedi ajuda a um amigo da Galiza para ajudar a avaliar o caso, mas entretanto movi de volta para o topónimo em que estava originalmente, já que a alteração não se revelou consensual.-- Darwin Ahoy! 17h28min de 9 de julho de 2021 (UTC)
Na Galiza existe um debate sobre se a língua galega e a portuguesa são a mesma ou não. A decissão "oficial" e a opinião maioritária é que são dois idiomas distintos, mas muito semelhantes. A AGAL e a AGLP são associações que acham que o galego tem de ser grafado com o mesmo sistema ortográfico que o português já que para eles estas duas falas são a mesma língua. Caso de que o título for "Caniça" estaríamos indo em contra da opinião "oficial". Portanto, o artigo deve ser "A Cañiza". No entanto, estou criando redirects para todos os artigos dos concelhos da Galiza para quem os procurar em sua correspondente em galego reintegrado.Saudações.--Esquwiki (discussão) 17h32min de 9 de julho de 2021 (UTC)
@Esquwiki: Mas aqui usamos Português, independente de Galiza, AGAL, AGLP, ou outras entidades, que é o nosso idioma aqui, embora tenhamos normas um pouco diferentes no Brasil, Portugal e os outros país! Então, se o artigo tá grafado em português, independente da WP:VLP, não tem que ficar mudando a grafia pra outra língua ou norma! -- Sete de Nove msg 17h39min de 9 de julho de 2021 (UTC)
É muito difícil de explicar. Tento fazê-lo melhor. Na Galiza existem duas línguas: o galego e o castelhano/espanhol, sendo as duas oficiais. No caso do galego, aproximadamente 98% da gente, os mídia, as escolas, e administração usam a normativa da Real Academia Galega (RAG), que considera que o galego e o português são línguas irmãs mas distintas. Embora, esse 2% usa a norma da Associaçom Galega da Língua (AGAL) (geralmente de ideologia nacionalista ou independentista galega), e consideram que o galego é uma variante da língua portuguesa e que portanto tem de ter a mesma ortografia. Devido a isto, adatan ao sistema ortográfico do português a toponímia da Galiza, que está em galego da RAG, como em Lalim (Lalín) ou Silheda (Silleda). O uso de Silheda e Lalim é muito minoritário e somente está restringido a esses ambientes reintegracionistas/lusistas, já que na lusofonia as formas utilizadas com muita mais frequência são Lalín e Silleda. Portanto, é extremamente pouco provável que ouça a um lisboeta ou a um brasileiro utilizar a forma Caniça, mas sim a um reintegracionista galego que usa a norma da AGAL. Não sei se me estou explicando, acho que não.--Esquwiki (discussão) 18h24min de 9 de julho de 2021 (UTC)
É muito fácil de explicar. O português é o português e o galego é o galego. O espanhol também em muito se assemelha ao português, mas nem por isso deixaremos de escrever Saragoça, ainda que a pretexto se diga que alguém é capaz de entender como se lê aquilo direto no espanhol (Zaragoza). Vale ao galego. Tem nomes em português e, não só, tem o Estraviz balizando isso (e uso). Não diz a nós respeito algum do que os espanhóis estão discutindo (nunca esquecer que aquilo é um viveiro de discórdias até no próprio uso de espanhol como sinônimo de catalão, quem dirá quando entramos nos méritos das línguas e dialetos locais). Enfim, não faz sentido algum tirar os nomes em português, e menos ainda sair removendo o Estraviz, que, diga-se, foi incluído em vários artigos por você mesmo Esquwiki. Jamais se remove fontes fiáveis só porque deu vontade.--Rena (discussão) 21h35min de 9 de julho de 2021 (UTC)
O Esquwiki daquele momento nem sabia usar a Wikipédia corretamente. Desde aquele momento aprendi muitas coisas, entre elas, a ser mais neutral. E o Estraviz nem é uma fonte neutral.--Esquwiki (discussão) 11h40min de 10 de julho de 2021 (UTC)
A questão é que aqui deve ser levado em conta o que as autoridades portuguesas dizem, recomendam. A Academia de Letras do Brasil e de Portugal se envolveram na discussão que ocorreu na Galizia? Bozs (discussão) 18h26min de 9 de julho de 2021 (UTC)
Não atopei muita informação relacionada, mas alguns membros da Associaçom Galega da Língua (AGAL) e da Academia Galega da Língua Portuguesa (AGLP) enviaram em novembro de 2011 a Academia das Ciências de Lisboa este documento em que aparece léxico galego com ortografia portuguesa que não existe em nenhuma das variantes lusófonas. Segundo o dicionário Estraviz, onde aparece o léxico galego reintegracionista, a listagem foi incorporada em 2018 no Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa em linha. Aqui pode ser comprovado como as palavras do léxico galego foram incorporadas (como abafalhar) mas os gentílicos e topônimos galegos não (se se pesquisar arçuano não aparece nada). Portanto, acho que a Academia das Ciências de Lisboa considerou que era bom incorporar léxico galego para poder utilizar em determinados contextos literários em português (afinal são línguas irmãs, ainda que me estranhou que o tivessem metido), mas não fazer o mesmo com os correspondentes gentílicos e topônimos, já que não são válidos nem em português, nem em galego.--Esquwiki (discussão) 18h53min de 9 de julho de 2021 (UTC)

Se a única fonte para os aportuguesamentos for o Estraviz, concordo que não deve ser aceite, por se tratar de uma fonte enviesada pelo "reintegracionismo", com a possibilidade de ter fabricado muitos desses aportuguesamentos para os fins que defende.-- Darwin Ahoy! 21h09min de 11 de julho de 2021 (UTC)

Regressar à página "Caniça".