Discussão:Ditongo

Adicionar tópico
Discussões ativas

Ditongos Às vezes as vogais se juntam na mesma sílaba. Nesse caso, pode ocorrer o que chamamos de um ditongo: sé-rie Pás-coa lei bei-jo meu Os ditongos podem ser crescentes ou decrescentes. O ditongo é crescente quando a segunda vogal do ditongo é a mais forte. Exemplos: qua-se goe-la a-quá-rio sa-gui fre-quen-te O ditongo é decrescente quando a primeira vogal do ditongo é a mais forte. Exemplos: he-rói boi cai céu fui Orais e nasais Os ditongos podem ser orais ou nasais, de acordo com o modo de pronunciá-los.

O ditongo é oral quando suas vogais são orais, os seus sons são produzidos exclusivamente pela boca. Exemplos: má-goa cí-lios gló-ria rai-va meu

O ditongo é nasal quando suas vogais são nasais, ou seja, os sons passam também pelo nariz ou sofrem uma nasalização. Exemplos: mãe cãi-bra põe pão chão

Tritongos Existem casos em que três vogais fazem parte da mesma sílaba. Pa-ra-guai quais es-piões en-xa-guei a-ve-ri-guou

Os tritongos também podem ser orais ou nasais. O tritongo é oral quando suas vogais são orais. Exemplos: U-ru-guai quais fiéis en-xa-guou a-ve-ri-guei


O tritongo é nasal quando suas vogais são nasais. Exemplos: sa-guão sa-guões en-xá-guem es-piões ba-rões Hiatos Quando as vogais se encontram em sílabas diferentes, embora estejam em seqüência, temos um hiato.

Veja a diferença entre sai e saí. Em sai temos um ditongo, com as duas vogais na mesma sílaba, enquanto em saí temos um hiato, pois as duas vogais estão em sílabas diferentes (sa-í). Outros exemplos: hi-a-to en-jo-o ál-co-ol ba-ú jo-e-lho

PB e PEEditar

Em Portugal não se diz "ˈlɐj" para o ditongo "ei". Isto acontece apenas em pronúncias regionais como a lisboeta. O português correto era e sempre foi em coimbra, mas como lisboa é a capital houve e há enormes esforcos para "transferir" a norma portuguesa para lisboa. Em nenhum país no mundo a capital é reconhecida com ter a norma da língua do país. Isto só acontece em portugal.

Regressar à página "Ditongo".