Discussão:Lista de clubes campeões internacionais de futebol

Adicionar discussão
Discussões ativas

Falta ainda títulos da antiga e primeira Recopa Sulamericana e Recopa dos Campeões intercontinentais e Supercopa Sulamericana:


1968 - Santos (Campeao da Recopa Sulamericana e consequentemente Campeão da Recopa dos Campeões intercontinentais).Ou seja,2 títulos internacionais. 1969 - Penarol(Campeao da Recopa Sulamericana). 1970 - Mariscal Santa Cruz da Bolivia(Campeão da Supercopa Sulamericana)


http://pt.wikipedia.org/wiki/Recopa_dos_Campe%C3%B5es_Intercontinentais


http://www.conmebol.com/ranking_index.jsp?slangab=S


http://www.bolanaarea.com/gal_supercopa_libertadores.htm


http://www.bolanaarea.com/gal_recopa_sul_americana.htm



  • Na contagem de títulos do Santos, ha um erro, pois a Recopa Sulamericana atribuida a 1968, jamais existiu e tampouco é reconhecida pela Conmebol como um torneio distinto (como pode ser verificado abaixo no ranking da conmebol*, onde tal torneio não é elencado). Se tratava apenas de uma fase de disputa da Recopa dos Campeões Intercontinentais. A verdadeira Recopa Sulamericana de Clues foi disputada em uma unica edição em 1970.

Portanto, para manter a coerência e imparcialidade, esse título deve ser removido e não mais reeditado.



Na contagem que observei nessa lista,porque que o Al Ahly do egito tem 13 títulos internacionais?Porque só estou vendo apenas 10 títulos,aconteceu algum erro aí!

  • Algum editor andou apagando os três títulos da Supercopa Africana do clube. Robertogilnei (discussão) 19h09min de 16 de Junho de 2008 (UTC)


Esta lista é mal feitaEditar

La Juve ganhou 11 títulos internacionais reconhecidas pela UEFA e da FIFA, e não 10. http://pt.uefa.com/footballeurope/club=50139/domestic.html Juve é o sexto no mundo e terceira na Europa.

O Intertoto Cup é reconhecida pela UEFA desde 1995

http://pt.uefa.com/competitions/intertotocup/history/index.html

Os árabes Cup é uma taça regional (países árabes), daí não é reconhecida pela CAF. A lista está mal estruturado, porque é feita em ordem cronológica (como os 2 clubes tem 15 troféus, ambos estão no mesmo lugar ranking).

http://www.rsssf.com/miscellaneous/caf-ranking.html

Al Ahly ganhou 12 títulos internacionais, nao 13

El Zamalek ganhou 9 títulos internacionais, nao 11

O Supertaca Europeia 1972 não é reconhecida pela UEFA. E' reconhecida desde 1973

http://pt.uefa.com/competitions/supercup/history/index.html

Ajax ganhou 10 titulos internacionais, NAO 11 http://pt.uefa.com/footballeurope/club=50143/domestic.html Ajax é o sétimo no mundo, e não sexto. --190.43.240.176 (discussão) 19h40min de 22 de Julho de 2008 (UTC)

A Mercosul e a Merconorte também são regionais segundo essa lógica. Eurodixz (discussão) 01h17min de 21 de outubro de 2016 (UTC)


BENFICA TITLES: 2 OR 3?

Fifa website

[1]

says that Benfica has also won the Latin Cup 1950. So, its international titles may be 3 and not 2. In my opinion, the Latin Cup wasn't considered "OFFICIAL COMPETITION" by Uefa, so we haven't to add it. But what do you think about this matter?

Imparcialidade???Editar

Nos campeonatos intercontinentais, pq entra a Copa Interamericana e naum entra a Copa Afro-Asiática??? E pior, como um campeonato q tem por nome Copa Intercontinental naum é um campeonato intercontinental??? Logo no primeiro time esse quadro já é risível, pois está Milan com 3 Copas Intercontinentais na terceira coluna e na scoluna ao lado, intitulada Intercontinentais, está nenhum. Como um time q ganhou 3 Copas Intercontinentais naum tem nenhum intercontinental. E mais, essa lista é opinativa e se vai ficar assim deveria ter sido assinada, pois a FIFA naum reconhece Copa Intercontinental, Toyota, Europeis/Sul-americana ou seja lá o q for como Mundial. comentário não assinado de 189.12.124.151 (discussão • contrib) (data/hora não informada)

A Fifa não reconhece Copa Intercontinental blablablá, mas a Conmebol reconhece. Assim como a Copa Interamericana. A lista é sobre torneios organizados por entidades oficiais, e não é a "lista da FIFA". Sobre a Copa Afro-Asiática, nisto tens razão. A competição foi coorganizada entre CAF e AFC e deveria estar incluída na lista. Robertogilnei (discussão) 20h12min de 21 de dezembro de 2010 (UTC)


Atualização SantosEditar

Santos agora possui 08 titulos internacionais: 2 Copas Intercontinental, 3 Libertadores, 1 Recopa Mundial, 1 Recopa Sulamericana, 1 Conmebol Leodevezas (discussão) 19h16min de 28 de junho de 2011 (UTC)

Copa Rio Internacional de 1951-1952 e Copa do Atlântico de 1956Editar

O artigo é específico em dizer que a lista é para competições organizadas e/ou reconhecidas por FIFA, UEFA, CONMEBOL, CONCACAF, CAF, AFC, e OFC. Copa Rio Internacional de 1951-1952 e Copa do Atlântico de 1956 não aparecem no site de nenhuma dessas instituições. Não discuto se elas foram oficias por alguma(s) entidade(s) nacional(is), mas o título do artigo está em pleno confronto com a inclusão de Copa Rio Internacional de 1951-1952 e Copa do Atlântico de 1956, que não aparecem nos sites de FIFA, UEFA, CONMEBOL, CONCACAF, CAF, AFC, e OFC.

ClubismoEditar

Parem de clubismo, o que a Copa Rio e International Soccer League tão fazendo aí? São apenas competições organizadas pela Fifa ou pelas federações continentais, a Copa Rio por exemplo foi organizada por uma federação nacional (CBD, predecessora da CBF). Não importa o Zé das Couves da Fifa na época supervisionou a competição, ela não foi organizada por uma federação internacional e ponto (afinal, o título do artigo é "Lista de clubes campeões internacionais de futebol")

Isso aqui não é página de clube, deixem o clubismo para a página do time que o vândalo torce. Se for assim tem que adicionar os Teresa Herrera, Rivadavia Meyer, Ramon de Carranza da vida, o que não é o certo.

Título 1948 - 1º Torneio Sul-americano - Vasco da GamaEditar

Falta acrescentar ao Vasco da Gama o título do 1º Torneio Sul-americano de 1948.


Coloquei no artigo as competições não organizadas +reconhecidas pela UEFA como precursoras das competições Europeias. Assim como o Sul-Americano Vou lhe avisar pela última vez. Pare de retirar links do artigo que comprovam o reconhecimento da CONMEBOL como sendo um título oficial. Se insistir mais uma vez, pedirei o seu bloqueio.Robertogilnei (discussão) 12h11min de 19 de agosto de 2014 (UTC)

I don't still understand you. The articles don't prove any officialization, while my FIFA and CONMEBOL documents demonstrate the unofficiality of the Championship. You are very wrong. You should accept the resolution of FIFA and CONMEBOL. Your approach is very prevaricatory. Why don't you try to make a reflection about the invalidity of your sources? Now I'll ask an opinion about this problem to an italian expert user.--L'Eremita (discussão) 13h02min de 19 de agosto de 2014 (UTC)
Se usar o Google Tradutor, vai perceber que esta reportagem é da época em que a Conmebol reconheceu o título do Vasco como oficial. Este outro link também comprova o fato. Robertogilnei (discussão) 13h08min de 19 de agosto de 2014 (UTC)
I've just read the original CONMEBOL article in all the three available languages( http://www.conmebol.com/es/copa-libertadores ). Where do you read words like "officialization" "official" and similar ones about Copa dos Campeões da América? Even though Inter-Cities Fairs Cup is considered the predecessor of UEFA Europa League, but Fairs Cup is not considered official. Wrong web articles are not reliable sources. The situation of Vasco Da Gama is very similar to AS Roma. AS Roma fans consider their Fairs Cup (1960) an official competion only because UEFA recognizes Fairs Cup as predecessor of Europa League, but "predecessor" and "official" are very different concepts. --L'Eremita (discussão) 13h24min de 19 de agosto de 2014 (UTC)
Please, read the CONMEBOL document about Copa dos Campeões da América and Vasco da Gama ( http://www.casaca.com.br/home/2012/02/07/em-busca-do-tri-pois-bi-sul-americano-ja-somos/ ). Please, could you say me where do you find the portuguese words for concepts like "officialization" "official" and similar ones? The document talks about a petition from Vasco for partecipate to Super-Copa, and the positive answer of CONMEBOL for "reconocimiento al logro deportivo y a su verdad historica". How can you say this is an officialziation? My CONMEBOL and FIFA documents demonstrate the exact contrary! --L'Eremita (discussão) 13h33min de 19 de agosto de 2014 (UTC)

O trecho do documento em que diz El Comite Ejecutivo, tras analizar la petición, resovió aceptarla en reconocimento al logro deportivo y a su verdad histórica. A solicitação do Vasco para o reconhecimento do título passou por uma análise do comitê da Conmebol e foi aceita. Tanto que, por conta disto, o Vasco participou da Supercopa Libertadores 1997. Robertogilnei (discussão) 13h39min de 19 de agosto de 2014 (UTC)

I have to repeat myself. How can you say this is an officialization? Where do you read it? The petition is about the partecipation in Super-Copa, not about the officialization of Copa dos Campeões da América. If CONMEBOL have officialized Copa dos Campeões, why did FIFA, CONMEBOL, and CONMEBOL again totally ignore the competition? Why did they ignore only this competition and not the other ones? These official and recent confederal documents are reliable sources, not wrong and old journalistic articles. --L'Eremita (discussão) 13h52min de 19 de agosto de 2014 (UTC)
Os links que eu postei aqui são de 2013. Os links que tu colocou na minha página de discussão são anteriores a isso. A competição é mencionada na parte da Libertadores: [2]. Robertogilnei (discussão) 14h01min de 19 de agosto de 2014 (UTC)
Veja isso: "Vasco tiene en su trayectoria histórica haber conquistado el primer torneo de clubes a nivel continental, en el año 1948, lo que sería 12 años después la Copa Libertadores de América".
A própria Conmebol afirma que o torneio orginou a Libertadores. Robertogilnei (discussão) 14h05min de 19 de agosto de 2014 (UTC)
I'm sorry, but I have the impression to talk with a wall. I've commited a mistake about the year of the articles, even though the petition is from 1996. But the articles are however wrong. The articles say CONMEBOL officialized the Championship only because the Champ is mention here! Seriously, how can you say this is an officialization? Even UEFA's site sometimes talks about Fairs Cup. Talking about a competition means to officialize it? Only talking, without an explicit confederal resolution and a document who explain the officialization? It's ridiculous! The funny thing is that I've often read in Europe other wrong journalistic articles that affirm Fairs Cup is official only because sometimes UEFA and FIFA talk about Fairs Cup. The same ridiculous mistake. To narrate about a competition is different from officializing it. --L'Eremita (discussão) 14h27min de 19 de agosto de 2014 (UTC)
Bueno, se eu não estou me fazendo entender, deixo um link da FIFA em bom inglês. Quem sabe assim tu compreende! :)
Clube de Regatas Vasco da Gama Vasco won the Campeonato Carioca again in 1929, 1934 and 1936, before embarking on the most dominant period in their history. Indeed, between 1945 and 1952, they added five state prizes to their collection and won the 1948 South American Club Championship, a once-run, round-robin tournament that is recognised by CONMEBOL as the precursor to the Copa Libertadores, in Santiago, Chile. There, Flavio Costa's charges swept to glory unbeaten, an honour not even an Alfredo Di Stefano-inspired River Plate, nor the great Nacional side of Atilio Garcia, could deny them.
E agora? Vai alegar que a FIFA ignorou "totally"? :) Robertogilnei (discussão) 14h31min de 19 de agosto de 2014 (UTC)
What? Are you trolling me? I've said before "Even though Inter-Cities Fairs Cup is considered the predecessor of UEFA Europa League, Fairs Cup is not considered official". South American Club Championship is recognised by CONMEBOL as the precursor to the Copa Libertadores? It's true. I'm just saying it's not official!!! Why don't you read what i'm writing? --L'Eremita (discussão) 14h36min de 19 de agosto de 2014 (UTC)

Please, try to understand what i'm saying it. A recognition as predecessor is not the same thing of recognition of officiality. For example, Fairs Cup is recognized as predecessor of Europa League but it's not an official cup. It's not difficult. --L'Eremita (discussão) 14h39min de 19 de agosto de 2014 (UTC)

The three FIFA and CONMEBOL lists of official competions i have linked totally ignore South American Club Championship. That's evident if you read them. The problem is: precursor ≠ official. If you find a document about the officialization of South American Club Championship, then i'll be wrong and you'll be right. --L'Eremita (discussão) 15h05min de 19 de agosto de 2014 (UTC)
I'll wait a well reasoned reply from you. If it will be missed, i'll re-edit the "Anexo" on the basis of our discussion (evident lack of certain sources about the officiality of South American Club Championship). In an ambiguous situation, we cannot invent a recognition of officiality. The only sure affair is a recognition as precursor, and i have explained well it's not the same thing. --L'Eremita (discussão) 07h19min de 20 de agosto de 2014 (UTC)
O assunto é bastante complicado, já que não há muita clareza por parte da CONMEBOL. Em 2005, a CONMEBOL declarou oficiais a Recopa dos Campeões Intercontinentais e a Recopa Sul-Americana de Clubes, tomando em consideração as estatísticas dessas competicões non rankings oficiais de clubes. Agora precisamos ver o ranking mais recente da CONMEBOL. O mais recente foi o Ranking 2013 e podemos ver que a CONMEBOL não menciona o Campeonato Sul-Americano de Campeões de 1948. VAN ZANT (discussão) 18h31min de 21 de agosto de 2014 (UTC)


Guerra de ediçõesEditar

Espero que algum administrador tome alguma decisão 187.101.99.151 (discussão) 07h35min de 30 de novembro de 2013 (UTC)

Esta é uma hora que estão dormindo, espere um pouco antes de editar de novo no artigo. DARIO SEVERI (discussão) 07h49min de 30 de novembro de 2013 (UTC)

Supercopa (recopa ) Intecontinental e Zona SulemericanaEditar

A fase Sulamericana da Supercopa ( Recopa ) Intercontinental (1968-1969) ,não foi um torneio separado. No site da RSSSF : http://www.rsssf.com/sacups/supcopa68.html , This was the South Smerican qualifying section (and not a separate tournament) Na pag 113 do livro da CONMEBOL : Repassando a história , só é listada a Supercopa ( ou recopa ) Intercontinental, (http://www.conmebol.com/books/Repasando%20la%20Historia/Repasando%20la%20Historia.html ), assim como na antiga pagina de Competições do Site da CONMEBOL ( A parte de competiciones descontinuadas só menciona A Supercopa Intercontinental falando INCLUSIVE em : Consistía en enfrentar, luego de pasar la zona Sudamericana, a los equipos del continente ante los campeones Intercontinentales europeos.http://web.archive.org/web/20120309085759/http://www.conmebol.com/pages/Ver_Todas_Las_Competiciones.html )--JCCF (discussão) --JCCF (discussão) --JCCF (discussão) 21h24min de 21 de agosto de 2014 (UTC)20h59min de 21 de agosto de 2014 (UTC)20h57min de 21 de agosto de 2014 (UTC)

Este artigo sempre considerou a Supercopa Sulamericana como um título independente. O site da Conmebol publicou durante muitos anos seu ranking histórico e o mesmo sempre contava pontos separados para cada título. Se estiver duvidando, confira nessa imagem do site até o ano passado, onde está EXPLICITO " * Dez por el título sudamericano y 10 por el título intercontinental" : [ http://pt.scribd.com/doc/140583241/Ranking-Historico-de-la-CONMEBOL-1960-Abril-2013 ] ou esta notícia do site Globo Esporte: [ http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2011/01/em-ranking-geral-da-conmebol-melhor-brasileiro-e-apenas-o-setimo.html ] O site do Santos FC SEMPRE separou os títulos, pois cada um possui um trofeu diferente. A Zona Sul-america foi organizado única e exclusivamente pela Conmebol e a mesma concedeu uma taça e um TÍTULO ao Santos. A Taça da Supercopa Intercontinental é totalmente diferente, e de aval conjunto da UEFA e Conmebol. O site da Conmebol foi reformado, deixaram de fazer o ranking histórico para fazer um dos últimos 5 anos, entretanto sempre deixou claro e explícito que foram dois títulos diferentes. Se pesquisar pela internet, existem diversos sites que relatam a conquista sulamericana, sites que mostram as fotos dos troféus (totalmente diferentes) ou se visitar o museu do Santos verás com seus próprios olhos e ouvirá do guia que um título deu acesso ao outro. Não há nenhuma dúvida quanto a isso. A zona sul-americana valia um título e isso foi publicado durante anos pela Conmebol. Hoje, o site só resume isso a uma nota de 3 linhas, mas o histórico de evidências é enorme. Quem pode explicar com ainda mais detalhes é o chefe do arquivo, centro de memória e museu do Santos FC, prof. Guilherme Guarche (guarche@Santos.com.br). Depois do restabelecimento do reconhecimento desses dois títulos em seu site, em 2005, o ranking histórico da Conmebol sempre diferenciou os torneios. O Santos não recebeu DOIS TROFEUS a toa. Há constatações práticas e teóricas da existência de dois títulos. O site do RSSSF não é dono da verdade, é editado por pessoas alheias à confederação, que interpretam um fato como querem e por isso jamais pode ser mais relevante e confiável do que o site da própria Conmebol que computava dois títulos para o Santos, ou que a EXISTÊNCIA de duas taças diferentes, recebidas em momentos diferentes. Não há dúvidas que na época o Santos foi declarado campeão sulamericano da Supercopa e que esse título possibilitou o enfrentamento da Internazionale de Milano que foi declarada campeã da zona européia pela UEFA após desistência do Real Madrid.--lithium (discussão) 22h20min de 21 de agosto de 2014 (UTC)

Como torcedor fanatico pelo santos , O Sr só fala da RSSSF , e esquece que coloquei um livro e uma pagina da CONMEBOL e nas duas só o Titulo da Supercopa Intercontinenta é listado . O livro é de 2011 , ou seja 6 anos depois que SR fala que houve reconhecimento. Um não é titulo , é apenas uma fase >--JCCF (discussão) 22h26min de 21 de agosto de 2014 (UTC)

http://web.archive.org/web/20120309085759/http://www.conmebol.com/pages/Ver_Todas_Las_Competiciones.html SUPERCOPA DE CAMPEONES INTERCONTINENTALES A pesar de que se disputaron sólo dos ediciones, 1968 y 1969, fue un certamen con mucha aceptación. Consistía en enfrentar, luego de pasar la zona Sudamericana, a los equipos del continente ante los campeones Intercontinentales europeos. Na pag 113 do livro da CONMEBOL : Repassando a história , só é listada a Supercopa ( ou recopa ) Intercontinental, (http://www.conmebol.com/books/Repasando%20la%20Historia/Repasando%20la%20Historia.html Inclusive coloca como vencedor e vice de 1969 o Peñarol e o Racing .--JCCF (discussão) 22h39min de 21 de agosto de 2014 (UTC)

Esse livro mal fala dos torneios. Resume de forma sucinta e superficialmente um monte de torneios extintos. A zona sulamericana ERA a Supercopa Sulamericana, valia um título. O Santos VENCEU a zona sulamericana e RECEBEU um troféu ONDE ESTÁ ESTAMPADO SUPERCOPA SUDAMERICANA (se fosse só uma zona, não haveria trofeu), por ter vencido tal torneio, tantas vezes chamado de Recopa sul-americana desde décadas passadas. Você quer mudar toda uma história, não é de hoje que esse título consta na lista do Santos. Voltando ao RSSSF, é muito contraditório ter um link exclusivo só para abordar a Supercopa sulamericana de 1968 e não considerá-la título. Oras, então porque o criador da página não a fez toda dentro da página principal da Supercopa Intercontinental? É evidente que criaram uma página exclusiva porque se tratava de um título a parte (Sim, a Zona Sulamericana era uma pequena liga entre os times da Conmebol e o vencedor disputaria a Supercopa intercontinental). A página da Supercopa sulamericana de 68 foi criada e depois reeditada por alguém que deveria no mínimo consultar o Centro de Memória e Estatística do Santos Futebol Clube e não se basear em um resumo de torneios extintos. Por fim, o ranking histórico da Conmebol é oficial, ficava explícito que considera títulos diferentes quando dá 10 pontos para o TÍTULO SUL-AMERICANO e outros 10 pontos para o TÍTULO INTERCONTINENTAL. Está escrito em documento da entidade, não sou que estou inventando. Já aviso de antemão que nunca tive tanta certeza de um fato e que não vou abrir mão de manter esse título no artigo. Esteve assim por anos, foi só a Conmebol ocultar o ranking histórico (ninguém sabe até quando) que os oportunistas passaram a desconstruir a história. Não há maior prova do que o troféu exposto no museu do Santos. Deixe de ignorância.--lithium (discussão) 23h04min de 21 de agosto de 2014 (UTC)

O livro fala sucintamente e coloca TODOS os campeonatos feitos pela CONMEBOL , não quero mudar história nenhuma , quem quer fazer isso é voce. mostrei uma pagina que fala que era UM torneio Intercontinental entre os vencedores da zona sulamericana e a europeia , esta pagina , não falava em torneio sulamericano separado .Mostrei um livro que lista TODOS os torneios feitos pala CONMEBOL , e nele só existe a Supercopa Intercontinental , não existe a Supercopa sulamericana em 1968. E mostrei a pagina da RFFFS que fala que não era um torneio separado , mas a zona sulamericana fazia parte da Supercopa Intercontinental , São muito mais do que uma suposta pontuação em ranking e algo no site d0o Clube . Pois como sabemos , os clubes não são confiaveis ao falar de suas proprias conquistas--JCCF (discussão) 02h55min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

Há alguns erros básicos sobre este assunto: o usuário Rr lithium diz: "A Taça da Supercopa Intercontinental é totalmente diferente, e de aval conjunto da UEFA e Conmebol". Falso: a UEFA não reconhece esta Copa: já que é reconhecida só pela CONMEBOL. O usuário Rr lithium declara: "O Santos VENCEU a zona sulamericana e RECEBEU um troféu ONDE ESTÁ ESTAMPADO SUPERCOPA SUDAMERICANA". Isso é o que declara Santos, referindo-se a estas imagens 1, 2, 3. Porém esta taça em realidade é da Copa Libertadores de América! Então porque um troféu parcial não foi concedido ao Inter de Milão também como vencedor da zona europeia...? Concordo com o usuário JCCF: as fontes CONMEBOL esplicam claramente que foi uma única competição, jogada em dois edições--VAN ZANT (discussão) 09h30min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

A Zona Sul-americana foi a popular "Recopa Sul-americana", bradada assim desde o final da década de 60 por todos os meios de comunicação. Lembro que esse torneio foi ideia dos clubes sulamericanos, que contataram a Conmebol, que aceitou e contatou a UEFA. Na primeira edição, em pontos corridos, o vencedor da Zona Sudamdericana seria declarado campeão da mesma, chamada também de Supercopa ou Recopa Sul-americana. O troféu recebido pelo Santos e entregue pela Conmebol NÃO É A TAÇA DA LIBERTADORES. Isso é muito fácil de ser provado, basta visitar o museu do Santos FC. É inadmissível alguém dizer que o trofeu é o da Libertadores sem observar de perto e ver as claras diferenças entre eles. As duas taças da Libertadores do Santos eram menores, e não possuíam base de madeira. Há fotos dos jogadores com essas taças. O trofeu da Supercopa que a Conmebol entregou ao Santos tem o mesmo formato da Copa Libertadores, porém veio gravado na base os clubes campeões até 1968, além de ter a descrição de Supercopa Sudamericana. Portanto, o Sr. JCCF, famoso por suas guerras de edições, quer sim mudar um fato histórico. Ele se baseia no site reformulado da Conmebol para dizer que a Supercopa sul-americana não existiu. Seria como se alguém negasse a existência da Supercopa do Brasil realizada pela CBF no início dos Anos 90 só porque o site atual da CBF não mostra um parecer sequer sobre a extinta competição. Os sites vão se reformulando, e torneios históricos (extintos) podem ser ocultados. Isso é muito comum entre sites de federações. E ele ainda demonstra todo seu desconhecimento ao dizer "suposta pontuação do ranking da Conmebol". Como pode ser suposta se esse ranking foi publicado anualmente durante anos e anos? Isso só mostra que o Sr. JCCF desconhecia completamente as publicações de torneios da Conmebol, e que está usando do oportunismo (pois a Conmebol deixou de atualizar o ranking histórico desde 2013). Não há suposição alguma, o ranking da Conmebol lista TODOS os torneios oficiais e estava bem nítido e claro, quando dizia "10 puntos por el o TÍTULO SUDAMERICANO y 10 puntos por el TÍTULO INTERCONTINENTAL". O Sr. Van Zant corroborou comigo ao dizer que a UEFA não possui um parecer sobre a Supercopa Intercontinental em seu site atual. Quanto à UEFA e Inter de Milano, a verdade é que os dois clubes europeus não demonstraram muito interesse. Inter e Real Madrid sequer jogaram a Supercopa Europeia. Se não houve disputa, para quê haveria título? O Santos teve que disputar um torneio com 3 times e 4 datas, todos contra todos, turno e returno. E havia sido uma ideia que tinha partido dos próprios times sul-americanos, é evidente que a Conmebol podia premiar o campeão da Zona Sudamericana, pois existiu uma disputa e um torneio, ao contrário da UEFA. Estão usando de anacronismo ao tentar excluir um título que já existe há 4 décadas. Para não deixar mais nenhuma dúvida, vou usar uma imagem do próprio Wiki, que mostra à esquerda o trofeu da Supercopa Sulamericana (semelhante ao da Libertadores, mas NÃO É o da Libertadores, que na época que o Santos venceu, eram duas taças bem menores e sem base. Na mesma foto é possível ver e comparar a taça da Libertadores de 1963 e a da Supercopa Sudamericana de 1968: [ https://pt.wikipedia.org/wiki/Santos_Futebol_Clube#mediaviewer/Ficheiro:Mundial_SantosFC.JPG]. Para encerrar, vou colocar novamente dois links que comprovam que a Conmebol dividia os títulos. Um é uma imagem do ranking do ano passado. A outra é uma matéria do Globo Esporte que traduz a lista de títulos publicada pela Conmebol. [ http://pt.scribd.com/doc/140583241/Ranking-Historico-de-la-CONMEBOL-1960-Abril-2013 ] e [ http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2011/01/em-ranking-geral-da-conmebol-melhor-brasileiro-e-apenas-o-setimo.html ]. E o clube não inventa título, muito menos trofeu com emblema oficial da Conmebol [ http://santosfc.com.br/santospedia/#titulos ]. Eu coloquei as fontes no artigo, do site oficial do Santos, um link de maior site de esportes do Brasil e o ranking histórico da Conmebol até sua última atualização. Para excluir um título oficial, primeiro deveriam provar que a Conmebol nunca se referiu a este torneio como um título separado. Eu provei que sim, o ranking histórico sempre foi um documento oficial onde ela listava TODOS os títulos oficiais possíveis. Não pode alguém fazer vista grossa para um documento da própria Conmebol onde ela descrevia claramente um título sudamericano e um título intercontinental. --lithium (discussão) 21h29min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

E para não deixar mais nenhuma dúvida que, na época, o Santos conquistou um título sulamericano, leiam esta matéria do site Globo Esporte, de 26/09/2012 09h45 - Atualizado em 26/09/2012: [ http://globoesporte.globo.com/futebol/times/santos/noticia/2012/09/campeoes-em-68-santistas-exaltam-nova-recopa-e-titulo-internacional.html ]. Transcrevendo-a: Campeões em 68, santistas exaltam 'nova' Recopa: ‘É título internacional’ Edu e Negreiros fizeram parte do time que venceu a antiga versão do torneio, há 44 anos. Santos pode conquistar nova edição pela primeira vez. Nesta quarta-feira, às 19h (de Brasília), no Pacaembu, o Santos enfrenta a Universidad de Chile podendo conquistar o inédito título de campeão da Recopa Sul-Americana. Tal ineditismo, porém, limita-se ao atual formato do torneio, que envolve os campeões da Libertadores e da Copa Sul-Americana (desde 2003) e da Supercopa (de 1989 a 1998). Entre 1968 e 1969, o Peixe disputou “outra” Recopa Sul-Americana – que apesar da nomenclatura, não tem relação com a competição a ser decidida nesta quarta. Na ocasião, o torneio reuniu os três clubes do continente que já haviam vencido o Mundial Interclubes (Santos, Racing-ARG e Peñarol-URU), em jogos de ida e volta. Com três vitórias nos três primeiros jogos, o título foi assegurado com uma rodada de antecipação, graças ao 3 a 2 aplicado no Racing, na Argentina - sem Pelé em campo no jogo decisivo. Autor do gol que assegurou o título ao Santos na Argentina, o ex-meio-campista Negreiros ainda tem fresco na memória o lance derradeiro. - Jogar na Argentina sem o Pelé é complicado. Foi um jogo muito duro. Lembro que o Cejas (goleiro do Racing) saía muito do gol. Tinha notado isso durante o jogo. No finalzinho da partida (43 minutos do segundo tempo), percebi ele fora da área, bati de longe e consegui surpreendê-lo - recordou. Mais do que outra conquista internacional para o acervo santista, o título é visto por integrantes daquela equipe como um marco na transição da era Pelé no Santos. Afinal, aquele foi o momento em que ídolos como Zito, Mengálvio e Pepe (este último ainda no clube) davam espaço a então jovens promessas como Toninho Guerreiro, Clodoaldo, Manoel Maria, Edu e o próprio Negreiros. Principalmente porque fomos capazes de dar sequência às conquistas daquele grande time do Pelé. Não deixamos a peteca cair - contou Negreiros. - Foi um marco dessa transição de gerações e um título muito importante para todos. Na verdade, todo título internacional é importante, para qualquer equipe. Isso porque depois ainda disputamos outra Recopa (Interclubes), contra a Inter de Milão, e também fomos campeões - acrescentou Edu.

Como alguém pode negar que a Supercopa sudamericana não valia título? Isso é um absurdo, como podem ver, o torneio existiu, e foi separado da Supercopa Intercontinental, uma vez que valeu taça, comemoração de título, e que a Conmebol sempre reconheceu em seu ranking histórico. Para retirar este título do artigo, primeiro será preciso PROVAR que a Conmebol nunca publicou como um título sulamericano. --lithium (discussão) 21h37min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

Escreve , escreve e não mostra prova nenhuma . A CONMEBOL não mostra como titulo separado , as taças mostradas são da Libertadores , Como sempre , um santista fanatico. Coloquei 3 provas que o titilo não era separado . Duas da CONMEBOL Isso que tu postou não comprova NADA .--JCCF (discussão) 04h29min de 23 de agosto de 2014 (UTC)--JCCF (discussão) 04h46min de 23 de agosto de 2014 (UTC)

Ja tive outras discussões , com o Sr. lithium . Sempre se mostrou um torcedor fanatico do Santos, pautando suas contribuições mais como torcedor e sempre favoravel ao seu clube. existe 3 provas que o titulo não era separado, sendo duas da propria CONMEBOL . Contra uma que fala em ranking ( globo.com ). As outras ditas provas são do proprio site do Santos que diz que os titulos eram separados . a confusão se da por que no ano seguinte a conquista do santos , os clubes euro´peus não participaram e o titulo foi jogado apenas na fase sulamericana > Sr lithium , mostre por favor a taça conquistada . por que até agora só foi colocado fotos da libertadores como sendo da supercopa sulamericans de 1968 --JCCF (discussão) 04h46min de 23 de agosto de 2014 (UTC)

Outo dado importante Sr lithium , o peñarol só tem 1 titulo na mesma lista , o da supercopa(ou recopa)intercontinental ,e o mesmo se repete no mesmo artigo em espanhol . Ou seja o outro clube que ganhou o mesmo titulo no ano seguinte , só tem 1 titulo na sua lista , não dois .--JCCF (discussão) 04h55min de 23 de agosto de 2014 (UTC)

Mais uma comprovação do site da CONMENOL ,http://www.conmebol.com/es/content/uruguayo-mazurkiewicz-arquero-que-deslumbro-en-las-decadas-del-60-y-70-0 . La gloria le llegó un año después con la conquista de la tercera Copa Libertadores del club - ante el argentino River Plate- y la Copa Intercontinental -ante el Real Madrid-. Títulos a los que se sumó en 1969 la conquista de un torneo único a nivel de clubes, la Supercopa de Campeones Intercontinentales. Vale lembbrar que na pagina 113 do livro da CONMEBOL(2011),http://www.conmebol.com/books/Repasando%20la%20Historia/Repasando%20la%20Historia.html , apresenta o titulo da supercopa Intercontinental , tendo como campeões e vices , santos e Internazionale em 1968 e peñarol e racing em1969 ,Como se ve , o titulo unico ganho pelo goleiro Mazurkiewicz, que a conmebol se refere é a supercopa Intercontinental de 1969 --JCCF (discussão) 05h20min de 23 de agosto de 2014 (UTC)

Amigos brasileiros, agora digo uma coisa pessoal. Há muito tempo que estou "estudiando" isto torneio internacional, já que não fui capaz da comprender se eram dois diferentes torneios, então contactei a CONMEBOL e falei com os dirigentes que reconheceram a Recopa dos Campeões Intercontinentais em 2005. Eles confirmaram-me que a Recopa dos Campeões Intercontinentais era uma única competição estructurada em dois fases. A fase sul-americana só era uma fase parcial. Se vós desejais, podeis contactar a CONMEBOL também, e vós recebereis a mesma resposta que eles educadamente me deram.--VAN ZANT (discussão) 09h36min de 23 de agosto de 2014 (UTC)

Novamente, o Sr. JCCF parte para ataques pessoais, ignorando 4 provas que utilizei para afirmar que a Zona Sulamericana foi a Supercopa Sulamericana, como se isso fosse invenção minha. Este mesmo senhor que, em discussões passadas, usava contra mim o mesmo site do Globo Esporte com reportagens antigas para argumentar fatos históricos. Agora passa a ignorar esse tipo de argumento porque ele quer que sua palavra seja a verdade absoluta em qualquer artigo. Não dá para esperar outra coisa de uma pessoa tão incoerente.Sempre partir para baixaria. Mesmo escrevendo artigos de forma afoita e desorganizada, eu nunca vi este usuário dar o braço a torcer e aceitar a opinião de outro usuário. Sempre quer impor sua verdade e ignora fatos que não lhe interessam. Me atacar, resumindo apenas a fanatismo as fortes evidências que expus com links idôneos, mostra o quão despreparado é para utilizar democraticamente este espaço. Seria o mesmo que eu acusá-lo de fanatismo pelo Internacional de Porto Alegre por ter um histórico de desavenças e guerras de edições com usuários gremistas, ou então por o Internacional possuir 7 títulos oficiais, e na teoria dele, um a menos que o Santos, e um suposto interesse dele em manter essa vantagem menor ao excluir um título que sempre foi tido como verdadeiro pela opinião pública (incluindo a Conmebol em seu ranking, meios de comunicação, principais sites de internet, reportagens de TV e pelo próprio clube, que detém a taça de campeão em sua galeria de troféus). Suposições, isso vai para um lado onde não estou a fim de entrar, mas que o Sr. JCCF acostumou-se a fazer. Vou reforçar tudo aquilo que já expliquei. E baseia-se no livro que é de 2011, enquanto eu me baseio em publicações anuais do ranking histórico, com uma fonte de 2013. O Ranking histórico da Conmebol descreve um título sulamericano e outro intercontinental: http://pt.scribd.com/doc/140583241/Ranking-Historico-de-la-CONMEBOL-1960-Abril-2013. O site do Santos lista o título: http://santosfc.com.br/santospedia/#titulos. Os detalhes da conquista reportado pelos jogadores e por reportagem do maior site de notícias do Brasil: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/santos/noticia/2012/09/campeoes-em-68-santistas-exaltam-nova-recopa-e-titulo-internacional.html . E por fim, a sala de trofeus do clube que possui o trofeu que a Conmebol entregou ao Santos, e que, apesar da semelhança, não é o da Copa Libertadores, insistir nessa mentira sem visitar pessoalmente e observar como são as taças da Libertadores e a taça da Recopa Sulamericana. Negar existência de um trofeu sem vê-lo pessoalmente é inadmissível. Na própria foto percebe-se não é parecido sequer no tamanho: ttps://pt.wikipedia.org/wiki/Santos_Futebol_Clube#mediaviewer/Ficheiro:Mundial_SantosFC.JPG]--lithium (discussão) 15h34min de 23 de agosto de 2014 (UTC)

VAN ZANT, Se pudesse formalizar esse contato que teve com a Conmebol, em forma de um texto ou print scrin, ficaria mais fácil. Gostaria de encaminhá-lo ao Guilherme Guarche, que é pesquisador e chefe do Centro de Memória e Estatísitica do Santos FC. Ele sabe de todos os detalhes do torneio, dos registros, súmulas e do processo que em 2005 reconsiderou as Recopas (Supercopas) sulamericana e Intercontinental como torneios oficiais (uma vez que eram oficias de fato, mas que a Conmebol não mantinha um parecer em seu site oficial naquela oportunidade. Houve premiação de um trofeu pela conquista da Supercopa Sulamericana, teve todas as características de um título, comemoração após o jogo do título. Essa história precisa ser melhor explicada pela Conmebol, com mais detalhes e não superficialmente, pois uma hora diz que em 1968 teve um título sulamericano e outra hora diz que foi apenas uma Zona Classificatória (embora nenhuma zona classificatória resulte em comemoração e trofeu, como ocorreu com este torneio). Talvez tenha ocorrido algo semelhante aos títulos de turno no Rio de Janeiro, quando Taça Guanabara e Taça Rio valem taça, embora pertençam ao mesmo Campeonato Carioca. A Conmebol deve uma explicação concreta sobre conceder um trofeu e ora contá-lo (como fazia em seu ranking), ora não contá-lo (como fez em sua página de torneios descontinuados) como um título. --lithium (discussão) 15h34min de 23 de agosto de 2014 (UTC)
Está bem, mas prefiro fazer em privado. Se me dás um endereço e-mail, te posso enviar o conteúdo da discussão que tive com o representante da CONMEBOL sobre as características da Recopa. Porém te anúncio que está em lingua espanhola, já que o responsável que contactei é argentino. --VAN ZANT (discussão) 19h01min de 24 de agosto de 2014 (UTC)
(ENGLISH) I think Mr. lithium is partially right. Many sources report on the existence of a "Recopa Sulamericana" in 1968, aa title that permit to play the "Recopa dos Campeões intercontinentais" final match against a UEFA team (Inter Milano). Probably,"Recopa Sulamericana" has really existed. The problem is: Was Recopa Sulamericana an official title? Probably, the answer is NO. The CONMEBOL sources (like 1 and 2) never mention "Recopa Sulamericana" among the official title. The Historical Ranking is not a proof about the officiality of Recopa Sulamericana, because a ranking can also include unofficial competitions. For example, Italian Serie A League Ranking includes the Inter Cities Fair Cup, an unofficial competition (I am an Italian user). So, there is evidence about the officiality of Recopa dos Campeões intercontinentais, but there is no evidence about the officiality of Recopa Sulamericana. The situation is strange, but I can cite similar cases of Italian tournaments divided in multiple zones with different titles, one official and the other ones unofficial, for example "Campionato Alta Italia 1944". --L'Eremita (discussão) 15h00min de 24 de agosto de 2014 (UTC)

Thank you, :Mr. Eremita. Many sources report on the existence of a "Recopa Sulamericana" in 1968. These reports there are decades and Santos FC has the trophy from CONMEBOL fos this tournament. The Comnmebol need to give a final verdict about the Supercopa Sudamericana. In their historical ranking, were made ​​explicit that two titles. For Santos FC and the brazilian press, was a title more.--lithium (discussão) 22h06min de 24 de agosto de 2014 (UTC)

VAN ZANT. Obrigado. Eu preferiria que fosse um print scrin, mas se puder me enviar o conteúdo da conversa para jr.1407@ig.com.br, agradeço. Vou encaminhar para o prof. Guilherme Guarche do departamento de história e estatística do Santos FC para ele tirar a limpo essa história, talvez com o próprio departamento técnico da Conmebol. Vamos ver se conseguimos acabar com essa dúvida, uma vez que a Conmebol ora dá evidências que foi um torneio separado, ora oculta essa informação.--lithium (discussão) 22h06min de 24 de agosto de 2014 (UTC)
I don't want to be misunderstood, so I add some clarifications.
1) I don't think it's technically correct to talk about a "torneio separado". CONMEBOL don't consider Zona Sulamericana separated from the rest. Recopa dos Campeões intercontinentais was a unique tournament with two titles assigned. "Recopa Sulamericana" was only a part of the competition, not a different tournament.
2) Even though the title "Recopa Sulamericana" has probably existed, there's no proof about its officiality. So, the international official titles won by Santos are 8, not 9, unless CONMEBOL will decide differently in the future.
3) The locution "Santos FC has the trophy from CONMEBOL" has no sense. Recopa dos Campeões intercontinentais was not organized by CONMEBOL, only patronised. Infact, CONMEBOL recognised the competition only in 2005. --L'Eremita (discussão) 08h18min de 25 de agosto de 2014 (UTC)

O Sr lithim me ataca , como ja fez varias vezes em diversas discussões , discussões estas que ele NUNCA ganhou nem uma unica vez . Sempre ficou decidido que ou eu estava com a razão ou um meio termo , talvez isso seja o motivo da raiva que tem de mim . É de rir ver o Sr Lithiumn afirmar que nunca viu eu dar o braço a torcer ou aceitar a opinião de outro. Eu tambem nunca vi o Sr lithiun dar o braço a torcer ou dar razão a outro , e o sr Sr Lithium perdeu a maioria das discussões que teve comigo , justamente por que sempre defende seu time , sempre quer escrever de acordo com a visão santista . E não , Sr lithiun , eu não ignoro o Globo , o Sr que quer ignorar tres fontes , duas delas da propria CONMEBOL . Acontece que essas fontes são mais fortes que uma unica da globo sobre um ranking , pois elas falam sobre o titulo especificamente , não uma pontuação de ranking como é a materia da globo . Mais sem sentido é ele afirmar que parto pra ataques pessoais , quando é ele o primeiro a fazer isso , e poucas linhas depois de escrever isso , me ataca ,me chamando de incoerente . Quando na verdade eu seria incoerente se apenas me apegasse a uma fonte da globo e não desse bola pra as outras varias fontes que indicam que não eram dois titulos. Afinal alem das 3 colocadas inicialmente , ha outras colocadas depois . Some-se a isso , o fato de o Peñarol ( vencedor em 1969 ) ter 1 titulo na sua propria lista , e não dois. E não tenho Historico de desavenças com editores gremistas , Sr lithiun , não parta para mentiras. Tive uma desavença com um editor e no fim da discussão , ele aceitou que eu estava com a razão sobre a Copa Sanwa BanK não ser oficial. Então Sr lithiun temos que o peñarol , campeão de 1969 só tem 1 titulo em sua propria lista , não dois , um livro da CONMEBOL que lista todos os titulos feitos pela entidade e nele só aparecem um , a supercopa intercontinental e não dois , um site , RSSSF, falando que a a parte sulamericana era uma fase e não um titulo separado , uma pagina da CONMEBOL que tambem lista os titulos , que coloca apenas a Supercopa Intercontinental , Pagina sobre jogadores da decada de 60 em que falam apanas de umtitulo , do outro lado uma informação da globo sobre ranking , e a pagina do santos. Baseado nisso acho obvio que o mais correto seria o Sr admitir que apenas 8 titulos deveriam estar na lista santista.--JCCF (discussão) 20h49min de 25 de agosto de 2014 (UTC)

Eremita, the conmebol was responsible for the Supercupa sudamericana and Intercontinental. The trophy was presented by CONMEBOL, at the time (1968/1969). However, the tournament was forgotten, without an official designation of CONMEBOL until 2005, when conmebol now includes these titles on their official website (official historical competitions section). And the historical rankings of CONMEBOL was an official document, which divided the titles.--lithium (discussão) 00h03min de 26 de agosto de 2014 (UTC)

Sobre as declarações deste senhor chamado JCCF, senti uma certa mágoa que o mesmo tem com minha pessoa, e mostra mais uma vez todo seu despreparo e arrogância nas palavras. "Eu venci a discussão", "não ganhou nenhuma vez" etc. só corroboram com o que eu disse. Para ele, isso aqui é uma disputa, uma briga onde um ganha e o outro perde. Usar edições de wikipedia para gerar disputas e massagear o ego é o cúmulo do despreparo emocional. Pois bem, agora chegou ao ponto (cômico) de criar um novo usuário para o wikipedia intitulado "Conmebol oficial", como se ele se fantasiasse com esse papel, por conta de uma vontade incontrolável e descabida para ser a palavra suprema e "vencer" os outros usuários sem contestações. Um fake de Wikipedia é o sinal mais claro que este senhor não tem perfil para usar este espaço com sabedoria e bom-senso, uma vez que apresenta sérias dificuldades de argumentar e aceitar opiniões contrárias, precisando recorrer para medidas extremas. Este indivíduo sequer foi incapaz de perceber que me fez ataques gratuitos, em um primeiro momento da discussão, desqualificando meus argumentos ilustrados 4 fontes idôneas sobre a existência de um título sulamericano como "santista fanático". Para não assumir que iniciou os ataques, chegou ao ponto desesperador de me acusar de atacá-lo primeiro por dizer que ele é incoerente. Ora, incoerente não é ofensa ou provocação, é um adjetivo usado para alguém que demonstrou uma falta de coerência em seu argumento (neste caso, um link do site GE com uma matéria falando de um título do passado, que outrora ele usava contra um argumento meu) e depois ignora quando o mesmo recurso foi utilizado por mim. Isso se chama incoerência ou hipocrisia. Não é uma ofensa, é um adjetivo que descreve uma ação. Quanto ao seu histórico, não preciso mentir, sua página está aí para qualquer um ver. O senhor nunca venceu nada, primeiro porque aqui não é uma briga ou jogo onde um jogador vence. Isso soa até de forma arrogante e pretensiosa. Segundo, porque nos dois debates de ideias entre eu e você em oportunidades passadas, ou você foi bloqueado ou a página motivo das edições foi protegida, com retorno ao texto original. E ao contrário do que você disse, eu já mudei ou aceitei edições de outros usuários diversas vezes, a última em um artigo sobre biomas brasileiros, cuja página também vigio. Também não costumo voltar com as guerras de edições ou alterar artigos que tiveram proteção recente, como você sempre faz. E aceito várias vezes reformulações e reedições de contribuições minhas pois tudo depende da forma como é argumentado. Com o senhor, sempre só percebo essa prepotência, como se fosse dono da razão, seja em artigos desta página, ou das páginas que envolvem o Internacional, Grêmio, Grenal, e outras páginas que você sempre tenta deixar ao seu gosto. Tudo que eu argumentei aqui deixa sim dúvidas sobre a existência de um título sulamericano. Não inventei o ranking histórico da Conmebol (era a própria entidade que o publicava anualmente), não foi eu que inventei as declarações dos jogadores ou matéria do Globo Esporte falando de um TÍTULO SULAMERICANO, não foi eu que construí um troféu com o selo da Conmebol, tampouco inventei um título que o Santos FC detém em seus registros desde que ele foi conquistado, isto é, desde 1969. Eu estou disposto a solucionar isso de forma concreta, estou esperando um contato do Sr. VAN ZANT e da Conmebol. Junto com o contato que possuo com o prof. Guilherme Guarche, em breve poderemos ter um parecer que acabe com tantas dúvidas. Estou motivado em buscar soluções para os problemas/dúvidas e não em aumentá-los ou complicá-los. Até que isso não aconteça, por favor, guarde sua arrogância e prepotência. Não vou entrar no seu jogo de intrigas aqui, ok?--lithium (discussão) 01h27min de 26 de agosto de 2014 (UTC)

Sr lithium ,o sr esta enganado , não tenho motivo para ter magoa do Sr , pois o Sr nunca me fez nada. Usei as expressões justamente para mostrar por que o Sr considera a discussão pessoal , e desconsidera em seus argumentos a lista de fontes que mostram que a supercopa foi Um titulo dividido em fases e não dois titulos separados. Mas vou responder as suas ponderações : Primeiro; é o Sr e não eu que considera a disputa pessoal .Tanto é assim que o Sr não refuta as fontes da CONMEBOL , preferindo me atacar , demostrar que eu sou isso ou aquilo ,tenta me desqualificar para tentar ganhar uma discussão no Ad hominem. Coloquei no final do meu ultimo post uma lista de fontes que demosntram que era apenas um titulo e não dois . Mas o Sr escreveu linha e mais linhas e nem comenta essas fontes Segundo; comico é Sr achar que eu criei um FAKE para tentar ganhar discussão do Sr . Ao contrario do que O Sr parece achar, não causa nenhuma massagem no ego ou satisfação ganhar uma discussão do Sr , Sr lithiun.Mais comico ainda é o Sr achar que tem inteligencia para dar uma de detetive .Ora Sr lithium , o pessoal do wikipedia pode ver pelo IP que esse tal Conmebol oficial não é meu . Terceiro :Se eu fosse assim como o Sr , em sua fantasia , tenta me descrever , teria varias e varias discussões com varias pessoas . Mas ao contrario , o unico com quem tenho discutido nos ultimos anos é o Sr ;e por mais que ,na sua arrogancia , o Sr ache que alguem iria escolhe-lo como adversario , posso lhe afirmar que o Sr não tem o perfil na argumentação e nas ideia para ser escolhido como adversario por quem quer que seja . Quarto: O Sr não colocou 4 fontes idoneas , pois a menos que o Sr não saiba o significado da palavra , As tres fontes de sites do Santos não podem ser consideradas idoneas par titulos e glorias do proprios Santos. Quinto: È preciso ter uma certa inteligencia Sr lithiun . Afinal não é mostra de coerencia, levar em conta só o que esta no site da globo , só por que ja usei como fonte outra pagina do site .Como ja falei , mas o Sr finge não ler , levo em conta o que esta na globo . Mas acontece que coloquei 3 Fontes da Conmebol ( 1 livro e duas paginas do site ) mais informação do site da RSSSF que dizem que só houve um titulo e não dois . Sexto :O sr Parece viver num mundo paralelo , esquece de dizer que o Sr tambem foi bloqueado , e mente , pois nunca ficou como era originalmente. O sr parece esquecer que O Sr não queria que se mencionasse o atletico Mineiro como primeiro campeão ANTES da unificação, e no fim ficou como deveria ??Esquece que o campeonato de 1974 ficou num meio termo ??? --JCCF (discussão) 02h57min de 26 de agosto de 2014 (UTC)

Setimo: não sr lithium , eu não tento deixar os artigos ao meu gosto , tento deixa-los com informações verdadeiras . Os artigos grenal , Internacional e gremio não estão ao meu gosto . Pois tem varias coisas que eu acho que deveriam ser diferentes .Mas só mudo quando vejo uma informação não verdadeira. Alias , não tenho discussões nem no Grenal nem No Inter e nem no gremio. A unica que tive no gremio , o meuopositor no fim concordou que eu estava com a razão e que o titulo da Swan Bank não era oficial . Oitavo : o sr tenta me atacar pessoalmente , mas assim como não foi voce que inventou , não fui eu que inventei o Livro da CONMEBOL , nem qie escrevi as paginas do Site da entidade sobre antigos campeonatos ou sobre o goleiro Mazurkievski. Tambem não fui eu que escrevi a pagina da RSSSF e muito menos fui eu que na lista de titulos do Peñarol só coloquei o da supercopa Intercontinental e não a supercopa sulemericana Nono: eu tambem quero solucionar isso .Mas vejamos , tem tres pessoas dizendo que não foi titulo separado e apenas o Sr dizendo que foi. Existem varias fontes dizendo que era um titulo , e apenas uma ( sem contar o Santos )que diz que eram dois . Tem o Peñarol com apenas um titulo e não dois em 1969 .Ou seja não tem a minima logica um clube receber dois titulos e outro apenas um . Portanto o Sr deve concordar que o unico motivo de se esperar com a pagina, como o Sr diz, no seu gosto pessoal , é birra de não querer dar o braço a torcer --JCCF (discussão) 04h02min de 26 de agosto de 2014 (UTC)

Um fato sobre a falsa acusação do Sr Lithium que eu criei um FAKE Conmebol oficial , que fui ver esta na pagina dos titulos internacionaos de clubes Brasileiros . Na sua fixação contra mim , não viu que não fui o primeiro a mudar o numero de titulos do Santos .O primeiro a retirar a Supercopa Sulamericana foi ``Futebol Brasil`` em 12 de agosto na pagina mencionada acima . Depois que li o que ele escreveu , é que fui pesquisar e vi que a CONMEBOL não considera duas competições separadas . Parei de postar la porque não tinha escrito na pagina de discussão e não tinha colocado fontes naquela pagina.Portanto Sr lithium o Sr tem mais um dado para seu serviço de detetivo. Espero um pedido formal de desculpas pela falsa acusação , depois que se descobrir a verdade --JCCF (discussão) 04h42min de 26 de agosto de 2014 (UTC)

Other two clarifications
4) According to many sources (like 1 and 2), Recopa Sulamericana was conceived before Recopa dos Campeões intercontinentais and they were initially two different competitions, as Mr. Lithium says. However, CONMEBOL currently considers Recopa Sulamericana only a part (Zona Sulamericana) of Recopa dos Campeões intercontinentais, as reported in its official documents. Hence, for the Confederation we have to speak about a unique tournament.
5) The title known as "Recopa Sulamericana" has really existed. The existence of the title is proven, for example, by the presence of the cup in the Santos' trophy showcase (here are two photo, while this is Recopa dos Campeões intercontinentais). Unfortunately, I don't know if Peñarol has Recopa Sulamericana, maybe it was assigned only in 1968.
However, JCCF is right when he says there's no proof about the officiality of Recopa Sulamericana. Infact, the Santos site and the Globo site don't talk about and/or don't demonstrate the officiality of Recopa Sulamericana; furthermore they are less authorative than CONMEBOL. The only source deserving attention is the CONMEBOL Ranking. Anyway, the CONMEBOL Ranking doesn't say in an explicit way that Recopa Sulamericana is official. It could only be a symbolic reference, like the presence of Inter Cities Fairs Cup (unofficial competion) in some UEFA statistics.
Wikipedia cannot invent an officiality. The situation is uncertain. We must have the certainty of officiality, before adding another trophy. For the time being, Santos' international official competitions remain 8. --L'Eremita (discussão) 09h52min de 26 de agosto de 2014 (UTC)
Lamento, mas a verdade é só uma: a CONMEBOL muitas vezes faz confusão e não ajuda a esclarecer as dúvidas. Faço o exemplo da Copa Ibero-Americana de 1994, que neste livro da CONMEBOL é definida oficial, mas que não é citada no ranking e no site. E faço também o exemplo do Campeonato Sul-Americano de Campeões de 1948, que no ranking e no site não é mencionado como oficial, no entanto que em 1996 a CONMEBOL publicou um documento que sim pareceu reconhecer esta competição. Como italiano posso dizer que a UEFA tem centenas de defeitos, porém pelo menos é muito precisa acerca das suas competioes internacionais, dizendo claramente quales são, sem contradições e negligências...--VAN ZANT (discussão) 19h45min de 26 de agosto de 2014 (UTC)
VAN ZANT, bem lembrado. Essa Copa Ibero-americana também não está no site, e há evidências claras de ser oficial. Sites mudam, e pior, editores podem descrever certos torneios de forma diferente da realidade. É uma falha grave da Conmebol, quando em alguns documentos cita alguns torneios e em outros ignora. Obrigado por me enviar o teor das mensagens que trocou com um membro da Conmebol. Eu vou encaminhar este caso para o Guilherme Guarche. Provavelmente, ele nem sabe que a Conmebol começou a ignorar este torneio. Se não me engano, no documento que a Conmebol enviou ao Santos FC em 2005 reconsiderando os torneios como oficiais, havia a descrição de dois torneios diferentes, um sul-americano e outro intercontinental. Se esse documento realmente for verdade, a chance da Conmebol ter de reincluir o torneio entre os demais citados é muito grande. Por enquanto, manterei este título oficial fora da lista de títulos internacionais, mas acredito que em breve teremos um parecer definitivo. Nossa obrigação é sempre buscar a verdade, de forma contributiva. Se o título sul-americano foi oficializado ou não, saberemos em breve, afinal, tudo tem seu tempo. Um abraço.--lithium (discussão) 00h44min de 30 de agosto de 2014 (UTC)
Obrigado. Faço notar que não só a CONMEBOL muitas vezes faz confusão. A OFC, no site oficial, estranhamente esquece a Copa das Nações da OFC de 1980. A CAF, por outro lado, não menciona a primeira edição da Supercopa Africana (conquistada por o clube Africa Sports). E seguramente esqueço outros casos... --VAN ZANT (discussão) 09h22min de 31 de agosto de 2014 (UTC)
JCCF. Continua invertendo os valores para não passar uma imagem de arrogante, mas não vai conseguir. Está nítido que você iniciou os ataques, atribuindo minha participação como santista clubista. É o cúmulo da hipocrisia chamar um usuário de clubista quando se tem disputas frequentes com usuários gremistas e proteção extra para artigos pró-Internacional. Minhas fontes foram todas idôneas. Clube não inventa título. Se fosse uma invenção do clube, não haveria taça, nem reconhecimento da opinião pública (imprensa, jogadores, historiadores etc.). Isso não cabe nem discussão de tão óbvio. Citar o Peñarol só demonstra o quão desconhecedor é. Em 1969, diferente de 1968, só houve uma fase. E lembro mais uma vez que foram os próprios clubes que organizaram a Supercopa Sul-americana em 1968. Por isso poderia muito bem ter um desfecho diferente, uma vez que em 1969 só houve a fase sul-americana e o Peñarol, vencedor da mesma, acabou recebendo apenas o título máximo (da Supercopa Intercontinental), já que não correria o risco de perder a final intercontinental. Dar duas taças ao clube uruguaio tendo disputado apenas a fase local seria um tanto quanto estranho. Não esqueçamos que era o ano de 1969, e a bagunça já imperava na organização dos torneios. A extinção deste torneio após 1969 só reforça a hipótese de 1969 ter sido estruturada de forma diferente da edição de 1968. Sobre o patético usuário Conmebol Oficial, coincidentemente foi criado no mesmo dia que você desfazia minha edição com 4 fontes, em horário muito próximo de você escrever um texto nesta página de discussão. Muita coincidência, um fake surgir justamente quando o senhor estava on line. E até a forma de escrever é semelhante, cheia de erros de digitação, palavras em caixa alta como se quisesse gritar. Dependendo do provedor, é possível ter mais de um IP, na internet existem vários formas de burlar o IP. Até mesmo acessando de outra conta/provedor em um mesmo local. Não posso confiar em alguém que leva tão a sério as "brigas" de edição. Sei que você se sente mal quando é contrariado, você precisa achar que venceu alguém na internet para massagear seu ego. Não adianta, continuarei suspeitando pois conheço seu histórico. Goste você ou não, a impressão que tenho é essa. --lithium (discussão) 00h44min de 30 de agosto de 2014 (UTC)
http://www.conmebol.com/books/Repasando%20la%20Historia/Repasando%20la%20Historia.html . This Conmebol book brings the list of its official competitions. Santos's 1968 "south american" title and Vasco's 1948 title are not listed. However, whether official or not, Vasco's 1948 title has been recognised by Conmebol as a precursor/forerunner to the Libertadores Cup. This is a fact beyond doubt, and even L'Eremita has already acknowledged it. Therefore, the 1948 title must be counted on this article, on the grounds of such recognition, with the due explanation. L'Eremita's insistance on erasing Vasco's 1948 title altogether is incorrect and unfairly biased against Vasco's conquest, in my opinion, for such attitude does not take into account of the Conmebol's 1996 recognition of that title.. By the way, after the recent FIFA's statements (http://espn.uol.com.br/noticia/431977_fifa-divulga-comunicado-e-reconhece-titulo-mundial-do-palmeiras-mas-erra-nome-do-time), the 1951 Copa Rio (at least the 1951 one) should also be counted in this article. As for the 1968 Santos's "south american" title, I think the most likely is that the South American Zone was not an independent title and just a first stage of the Intercontinental title. Therefore, I assume it should not be counted here. El cazador (discussão) 18h34min de 1 de setembro de 2014 (UTC)
Whether official or not, [...] the 1948 title must be counted on this article? For your information, El cazador, this is a list of official titles! A symbolic recognition by FIFA about Copa Rio and by CONMEBOL about 1948 Vasco title is not a declaration of officiality. It's a matter of precision and accuracy, not an unfair bias. Wikipedia is not a game where people can invent official trophies. --L'Eremita (discussão) 07h27min de 2 de setembro de 2014 (UTC)
For your information, El cazador, if UEFA reasoned like you, even Inter Cities Fairs Cup would be an official competition (it has been recognized as precursor of Europa League). Unfortunately, Inter Cities Fairs Cup is not considered official because "precursor" and "official" are not the same word. --L'Eremita (discussão) 07h39min de 2 de setembro de 2014 (UTC)

Hi, L'Eremita. If we followed your biased and poor rationale, then the 1996 Conmebol recognition to the 1948 title would amount to nothing. But through that recognition , Vasco played in 1997 an OFFICIAL Conmebol competition (Supercopa) based on the 1948 title. And this 1948 is nowadays shown at Conmebol website in three languages (Spanish, English, Portuguese) as a forerunner of the Libertadores. Weirdly, you cite often the OLD Conmebol site that doesnt mention the 1948 title but you never mention the CURRENT Conmebol site that does mention the 1948 title as a forerunner to the Libertadores. You are clearly biased. And I cant help asking myself why a supposed Italian makes so much fuss about a title of a Brazilian club, with so much partiallity... I cant help asking myself why a supposed Italian makes so much fuss just to discuss the difference between a football title being officialised or "only recognised"... You may write in Italian or perhaps live in Italian, but quite perhaps you are a Brazilian anti-Vasco supporter. Why do you care so much about the detail of whether Vasco 1948 title was officialised or "only" recognised???? FACTS: based on the 1948 title, Vasco participated in an OFFICIAL Conmebol competition (Supercopa 1997), and this was decided in a 29-04-1996 gathering of Conmebol Executive Committe, which is the most inmportant of the OFFICIAL Committes of Conmmebol. These are FACTS more than enough to justify the inclusion of the 1948 title, and as far as I know, you are the ONLY one to have come here to discuss this long-reached CONSENSUS. The above-mentioned facts are TRUE and more than enough to justify the inclusion of the 1948 title- regardless if one anti-Vasco "Italian" has decided "from his authority" (lol) that the Conmebol 1948 recognition "was not enough" ... Last, but not least, I NEVER confused the words "recognised" and "official". Read what I said: "However, whether official or not, Vasco's 1948 title has been recognised by Conmebol as a precursor/forerunner to the Libertadores Cup." What I meant is that South American title 1948 was not organized by Conmebol; Conmebol would not lie about that, therefore Conmebol would not list the competition among its official ones. In the same manner that FIFA recognised but will never officialise Copa Rio 1951 and UEFA will never officialise Inter Cities Fair Cup. These institutions cannot say they organized a competition they did not organize; therefore they don't "oficcialise" competitions. They only RECOGNISE. And these recognitions are WORTHY the inclusion of the title. Everybody has ever accepted that here, EXCEPT YOU. Anyway, your decision to try to erase the 1948 Vasco title from wikipedia anyway, trying to force your opinion against the existing consensus, is a pitiful and ridiculous attempt. It reminds me of those anti-Corinthians who always try to say in Wikipedia that the 2000 FIFA Club World Championship was not worthy as such. Biased football supporters can try to erase wikipedia , but cannot erase either the site of Conmebol (who shows the 1948 Vasco title: http://www.conmebol.com/en/copa-libertadores) or the FIFA site (who shows the 2000 Corinthians title).El cazador (discussão) 14h05min de 2 de setembro de 2014 (UTC)

PS: by the way, the introduction of this articles states that it shall include official AND RECOGNISED titles. Therefore, official or not, the South american 1948 Vasco title is within the scope of this Artciles, as are Copa Rio 1951 and Intercities Fairs Cup. I once again say that in my opinion is quite "curious" that an "Italian" is fussing so much about the title of a Brazilian club and with the same poor and biased arguments used before by Ips.

PS2: Eremita also wrote that the Conmebol recognition to the 1948 Vasco title was "symbolic". I must remindhim that, based on that recognition, Vasco participated in Supercopa 1997, a very REAL and OFFICIAL Conmebol competition- not a "symbolic" competition. Once again, Eremita qualifying that recognition as merely "symbolic" once again shows how biased he is and how his objective is to diminish the importance of the recognition.

Your behavior towards me is very unfair. You make unspecified accusation without even knowing me. Make an examination of your conscience and read Wikipédia:Wikiamor.
I'm sorry,but you are very ignorant about concepts like "officialization", "recognition" and simliar ones.
1) Conmebol DID NOT organize the 1948 South American Club Championhip. Obviously , Conmebol CANNIOT say it organized a competition it did not organize - if Conmebol said so, then Conmebol would be lying about history. That's why Conmebol CANNOT "officialise" the 1948 South American Club Championhip. False. FIFA and the continental confederations can also recognize as official competition not organized by themselves. Recopa dos Campeões Intercontinentais was not organized by CONMEBOL and it's official. The first edition of UEFA Taça dos Clubes Vencedores de Taças was not organized by UEFA and it's official. The two first edition of FIFA Confederations' Cup (King Fahd Cup) was not organized by FIFA and they are official. As you can see, you have a bias about FIFA and the other confederations, not me.
PS: the first paragraph of this page say organizadas ou posteriormente reconhecidas. ou posteriormente reconhecidas, like the three competions written by me now. Am I the biased one?
2) Symbolic is only a word to say that the recognition of 1948 Vasco title is not a recognition of officiality, but only a recognition as precursor. Do you dislike the word symbolic? Next time i'll use different from officialization. --L'Eremita (discussão) 17h41min de 2 de setembro de 2014 (UTC)
For your information, a similar analysis made here by me has been defined very good (ottima analisi) by my italian colleague Van Zant. Are you sure I am a vandal? However, I am a supporter of Football Club Internazionale Milano. Is it really important? --L'Eremita (discussão) 18h09min de 2 de setembro de 2014 (UTC)

Copa Ibero-AmericanaEditar

Neste 'Livro da CONMEBOL' , páginas 102-103 e páginas 112-113, a Copa Iberoamericana de 1994 é mencionada como competição reconhecida pela CONMEBOL e é claramente chamada "oficial". Então, o Real Madrid poderia ter um título internacional mais, como ganharam o torneio em 1994. --VAN ZANT (discussão) 19h47min de 22 de agosto de 2014 (UTC)

A Copa Ibero Americana é considera oficial pela CONMEBOL e pela Real Federação Espanhola de Futebol,porém não é considerada oficial pela FIFA e pela UEFA. certo VAN ZANT? comentário não assinado de 177.72.189.22 (discussão • contrib) 03h40min de 12 de abril de 2015 (UTC)
Atenção! A nível de clubes a FIFA organiza e reconhece só o Mundial de Clubes. A Copa Iberoamericana certamente não é reconhecida pela UEFA. A dúvida concerne a CONMEBOL, que em algumas referências pareceria atribuir um carácter oficial a este torneio. Se a CONMEBOL reconhece a Copa Iberoamericana, então o Real Madrid tem 19 títulos. Porém a CONMEBOL não é muito clara sobre esta dúvida. Eu acho que se o Boca Juniors tivesse ganhado, a CONMEBOL certamente teria reconhecido a Copa, já que o Boca é un clube sul-americano. Ganhando o Real Madrid, que é um clube europeio, a CONMEBOL não tem muito interesse em homologá-la. --VAN ZANT (discussão) 09h01min de 18 de abril de 2015 (UTC)
A Copa Iberoamericana é certamente reconhecida pela CONMEBOL, que esclareceu esta dúvida no site oficial há alguns dias. Além disso, na medalha entregada ao Real Madrid campeão em 1994, aparece claramente a sigla C.S.F. (Confederação Sul-Americana de Futebol). Então os os títulos do clube espanhol são 19 até hoje.--VAN ZANT (discussão) 19h06min de 24 de agosto de 2015 (UTC)
VAN ZANT is right! Iberoamerican Cup is an official competition, recognized by CONMEBOL. Real Madrid has 19 international official tiles. --L'Eremita (discussão) 17h07min de 25 de agosto de 2015 (UTC)

Ranking da ConmebolEditar

Faço notar uma coisa bastante controversa. O Ranking da Conmebol que é utilizado como fonte apresenta uma imprecisão bastante evidente: eles contam também o Mundial de Clubes da FIFA, que não tem nada que ver com a Conmebol! Portanto o Ranking da Conmebol, com todo o devido respeito, não é completamente confiável. A UEFA, no esquema das suas competições oficiais, menciona a Liga dos Campeões da UEFA, a Liga Europa da UEFA, a Recopa Européia, a Supercopa Européia, a Copa Intertoto e a Copa Intercontinental, porém nunca o Mundial de Clubes, já que justamente pertence à adminisração da FIFA. --VAN ZANT (discussão) 18h37min de 4 de outubro de 2014 (UTC)

Copa Rio InternacionalEditar

A Copa Rio foi dada como nível Mundial pelo presidente da FIFA, entretanto no site da mesma ainda separa-se o mundial de clubes de outros campeonatos, e não podemos esquecer que esta copa não foi organizada pela Federação Internacional do Futebol e só participaram do campeonato equipes sul-americanas e europeias,logo deveria ser incluída como uma copa intercontinental.Além do mais se formos incluirmos a Copa Rio, devemos incluir as duas edições:A de 1951 vencida pelo Palmeiras e a de 1952 vencida pelo Fluminense,o artigo insiste em validar apenas a primeira. Eurodix (discussão) 22h29min de 30 de janeiro de 2015 (UTC)

Por favor assine ,sua contribuição Eurodix

A copa Rio foi um campeonato mundial , Intercontinental é só se são entre 2 continentes ...A FIFA até agora só reconheceu a Copa Rio de 1951 , no momento que a do Fluminense for reconhecida , ela entrara na lista. Abraço--JCCF (discussão) 15h46min de 7 de janeiro de 2015 (UTC)

Copa Rio de 1951Editar

A Copa Rio de 1951 foi disputada entre times da America do Sul e da Europa, logo não é mundial. Algum torcedor deve está parcializando o artigo. Eurodix (discussão) 21h06min de 13 de junho de 2015 (UTC)

Mudança do preâmbulo do verbeteEditar

Alterei o preâmbulo do verbete.

Tenho observado que esta página vem sempre sido alvo de IPs, consistentemente visando retirar o Sul-Americano de 1948 do Vasco e a Copa Rio de 1951 do Palmeiras.

Provavelmente operados por torcedores de clubes rivais que não se "conformam" com o reconhecimento dado a estas competições, percebo que estes IPs muitas vezes se valem de argumentos como "FIFA/CONMEBOL só reconheceram as competições mas não oficializaram", como forma de invalidar ou dar valor zero a estes reconhecimentos (que foram inclusive decididos pelo Comitê Executivo destas entidades e, no caso do Vasco, deram inclusive direito a participar de competição oficial da Conmebol, a Supercopa de 1997). Aparentemente achando-se capazes de "exigir" que, para valer, a FIFA e a CONMEBOL "teriam" não só que reconhecer mas sim oficializar competições, enfim achando-se capacitados a determinar o que FIFA ou CONMEBOL deveriam ou não fazer, tais IPs usam essa abordagem como forma de "apagar" o reconhecimento dado às competições e tratá-las como competições quaisquer que nunca tiveram reconhecimento nenhum.

Enfim, para adaptar a redação do verbete ao escopo decido pela comunidade, que inclui Sul-Americano do Vasco e Copa Rio do Palmeiras (ver PD de Lista de títulos internacionais de clubes brasileiros de futebol) , refiz o preâmbulo do verbete, deixando claro que inclui as competições oficiais E as de importância histórica reconhecida pelo Comitê Executivo de FIFA e confederações, independente de oficiais ou não.

El cazador (discussão) 03h06min de 27 de dezembro de 2015 (UTC)

Superliga Norte-AmericanaEditar

Autorização para a inclusão imediata da Superliga Norte-Americana? Eurodix (discussão) 16h44min de 7 de janeiro de 2016 (UTC)

Pelo que achei pela Internet, era uma competição sancionada pela CONCACAF, portanto a meu ver valeria sim. Garavello (discussão) 16h46min de 7 de janeiro de 2016 (UTC)
Ok Eurodix (discussão) 18h23min de 7 de janeiro de 2016 (UTC)
Contrário: é um título regional, não continental da CONCACAF. --VAN ZANT (discussão) 20h24min de 13 de dezembro de 2017 (UTC)
Mercosul e Merconorte também. Existe uma nota esclarecendo que não é o continente todo. O que importa é que foi organizada/reconhecida pela federação. Eurodixz (discussão) 20h29min de 16 de dezembro de 2017 (UTC)

Os títulos CFU e UNCAFEditar

Porque foram incluídos estes títulos? Não são títulos continentais da CONCACAF, são trofeus regionais. VAN ZANT (discussão) 20h24min de 13 de dezembro de 2017 (UTC)

Mercosul e Merconorte também abragem cada uma apenas meio continente. Eurodixz (discussão) 19h51min de 16 de dezembro de 2017 (UTC)
Exatamente Eurolatriks. Em razão disso, hoje desfiz as edições de um ip que tentou remover essas competições. Mr. Impartiality (discussão) 19h59min de 16 de dezembro de 2017 (UTC)
Porém a CONMEBOL reconhece a Copa Mercosul e a Copa Merconorte. Deveria examinar-se se a CONCACAF reconhece as competições CFU e UNCAF. Eu pensei que as únicas copas omologadas pela CONCACAF fossem a Copa dos Campeões/Liga dos Campeões, a Recopa, a Copa Gigantes, a Copa Interamericana e a Liga da CONCACAF. Quando Olimpia de Honduras ganhou a Liga da CONCACAF em outubro passado, o site disse que foi o terceiro título CONCACAF da sua história, então não contabilizou as 3 Copa Interclubes da UNCAF que foram ganhada pelo clube hondurenho.--VAN ZANT (discussão) 10h23min de 17 de dezembro de 2017 (UTC)
A CFU dá uma vaga para a Liga dos Campeões e a UNCAF dava. Outro ponto interessante é que e no artigo da CONCACAF, tanto na Wiki lusófona como na Wiki inglesa e espanhola, são citadas essas taças. UNCAF e CFU são subordinadas pela CONCACAF. Eurodixz (discussão) 03h12min de 18 de dezembro de 2017 (UTC)

Obs: Títulos já retirados da lista. Eurodixz (discussão) 17h39min de 15 de junho de 2019 (UTC)

Fluminense campeão mundial de 1952Editar

O clube tem o reconhecimento oficial da Fifa, pelo título da Copa Rio(Torneio Internacional de Clubes Campeões) de 1952. Ghorzi (discussão) 17h53min de 19 de janeiro de 2019 (UTC)

Recopa dos campeões intercontinentaisEditar

Interessante, a Recopa dos campeões intercontinentais é classificada como Intercontinental e não como mundial, enquanto a Copa Intercontinental é classificada (e deva ser, embora pareça paradoxo) como mundial. Meio oxímoro, não?! Lembrando que a Intercontinental (e a Copa Rio) foi considerada mundial — em minúsculo, pois se refere ao âmbito geográfico, diferente da mesma palavra em (e não correspondendo ao) Mundial de Clubes FIFA, pois nome próprio e distinta competição. Eurodixz (discussão) 17h38min de 15 de junho de 2019 (UTC)

Copa Sanwa BankEditar

A COPA SANWA (Sanwa Bank Cup) de 1995, foi a segunda edição do torneio, disputado até o ano de 1997, entre o campeão da Liga Japonesa e o campeão da liga de outro país (alternadamente Argentina, Brasil, Suécia e EUA).

Naquele ano, a competição intercontinental, de caráter oficial, foi promovida pela Japan Foot-Ball Association (J-League) e pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Esta edição foi chamada também de Taça da Amizade, em comemoração ao centenário do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação entre Brasil e Japão.

O Grêmio, classificado como campeão da Copa do Brasil de 94, enfrentou o Verdy Kawasaky (treinado por Nelsinho Batista), Bicampeão da J-League (o Campeonato Japonês) e campeão da primeira Copa Sanwa (em 94) no Estádio Nacional de Tóquio, no dia 4 de março de 1995.

O jogo foi transmitido pela televisão para todo o território japonês. No estádio, apesar da forte nevasca ocorrida no dia do jogo, compareceram 27 mil torcedores que viram a vitória gremista por 2x1, com gols de Paulo Nunes e Jardel.

Pela primeira vez na história do futebol japonês realizou-se um jogo oficial entre um campeão brasileiro e um campeão japonês. Udson lima (discussão) 02h04min de 9 de outubro de 2019 (UTC)

Esta competição não seria semelhante a Copa Suruga(atual Levain Cup)? Udson lima (discussão) 02h07min de 9 de outubro de 2019 (UTC)

Copa RioEditar

"Esta é uma lista de clubes campeões internacionais de futebol, que considera apenas os títulos internacionais de competições de clubes organizadas oficialmente pela federação mundial FIFA e pelas confederações continentais (AFC, CAF, CONCACAF, CONMEBOL, UEFA e OFC), além das competições reconhecidas pelos seus Comitês Executivos"

 Bem em qual documento oficial esta registrado a COPA RIO? Udson lima (discussão) 18h24min de 12 de janeiro de 2020 (UTC)

Copa Sanwa BankEditar

"A COPA SANWA (Sanwa Bank Cup), foi um torneio oficial de nível intercontinental disputado entre o ano de 1994 e 1997, entre o campeão da Liga Japonesa e o campeão da liga de outro país (alternadamente Argentina, Brasil, Suécia e EUA)."

 Ali diz que a COPA SANWA,foi um torneio oficial de nível intercontinental,por ser disputada entre o campeão da liga japonesa e o campeão da liga de outro país,aqui nessa página ela não é oficializada como TÍTULO INTERNACIONAL? Udson lima (discussão) 18h29min de 12 de janeiro de 2020 (UTC)

Competições da UAFAEditar

Acho que poderiam ser consideras para esta lista as competições organizadas pela Associação de Futebol da União Árabe (UAFA), a principal delas (e única atualmente disputada) é a Liga dos Campeões Árabes.

Regressar à página "Lista de clubes campeões internacionais de futebol".