Abrir menu principal

Discussão:Raízes do Brasil

Nova ediçãoEditar

Acabo de alterar o texto deste verbete, suprimindo certas informações que eram ou imprecisas ou falsas.

O trecho que eliminei é o seguinte: "O livro traça uma série de tipos ideais para tentar ressaltar a formação do "caráter nacional" brasileiro. Sérgio Buarque de Holanda busca demonstrar a formação da sociedade brasileira através de sua teoria do "Homem Cordial"".

Listo então abaixo as razões pelas quais esse parágrafo é inadequado:

1. Nos anos 1930, SBH tentou afastar-se o máximo possível da discussão sobre o "caráter nacional", que via - corretamente, a propósito - como essencialista e a-histórica;

2. É um exagero - sancionado no entanto por boa parte dos comentadores da obra de SBH - afirmar que o mesmo emprega uma metodologia calcada nos tipos ideais, tais comos definidos por Max Weber.

3. A formulação "teoria do homem cordial" não é aceitável de modo algum! A abordagem de SBH em RB é fundamentalmente histórica e a idéia que a dirigia não era a de construir uma teoria do Brasil e do brasileiro, mas, sim, reconstruir pistas da formação da cultura brasileira. Entre história cultural e teoria do caráter nacional há uma diferença gigantesca e, sem sombra de dúvida, SBH pende muito mais para a primeira que para a segunda.--Arthur Assis 18h57min de 20 de Junho de 2007 (UTC)

Ponto de vista exacerbado.Editar

A página não obedece a critérios científicos estritos pois é eminentemente opinativa. Não cita fontes de maneira apropriada e até possui a visão de algum autor.

Acredito que deve ser reestruturada para poder ser considerada um artigo enciclopédico propriamente dito. comentário não assinado de 200.152.34.20 (discussão • contrib) 09h18min de 5 de agosto de 2010‎ (UTC)

Concordo plenamente , e já passaram 5 anos e não foi reestruturado. Solon36 (discussão) 15h27min de 11 de julho de 2017 (UTC)

Corrigindo, " se passaram sete anos" Solon36 (discussão) 15h28min de 11 de julho de 2017 (UTC)

Regressar à página "Raízes do Brasil".