Discussão:São Paulo

Adicionar tópico
Discussões ativas
Estrela de artigo destacado São Paulo é um artigo destacado; o que significa que o artigo (ou uma versão anterior) foi identificado como um dos melhores artigos produzidos pela comunidade da Wikipédia. Apesar disso, se puder atualizar ou melhorá-lo, por favor, faça-o.
Destaque na Página Principal Este artigo figurou na página principal da Wikipédia lusófona como artigo destacado entre 22 e 25 de janeiro de 2009.
Sabia que...?Etapas passadas por este artigo
Data Processo Resultado
3 de janeiro de 2008 Candidato a artigo destacado Não promovido
13 de março de 2008 Candidato a artigo destacado Não promovido
25 de novembro de 2008 Candidato a artigo destacado Promovido
7 de março de 2012 Revalidação de artigo destacado Mantido
Estatuto atual: Artigo destacado

Manutenção nas fontesEditar

O artigo possui setenta ligações inativas (verificado com DLC), o que não é aceitável para um artigo destacado. Pretendo corrigir o que for possível, mantendo as informações e fontes originais. Essas correções são relativamente trabalhosas e demoradas, por isso vou realizando gradualmente, até para facilitar a verificação.--PauloMSimoes (discussão) 15h08min de 27 de abril de 2018 (UTC)

@PauloMSimoes: Essa quantidade de ligações inativas só aparece porque os links mortos são mantidos nas predefinições de citação de referências. A maioria delas, no entanto, já conta com o código para o Web Archive. Logo, o número de referências mortas sem indicação do link de arquivo (que é o que importa) é consideravelmente menor que 70. Chronus (discussão) 20h27min de 27 de abril de 2018 (UTC)
@Chronus: ok, mas não basta citar o web archive; quando a ligação original está inativa, é necessário adicionar o |urlmorta = sim para que o link arquivado tenha prioridade ao se clicar na referência. Nestes casos, é fácil resolver. Mas existem vários que não citam a página arquivada, ou mesmo em que a própria página arquivada também está inativa. Mas o maior problema mesmo que vejo, é a quantidade de informações e fontes desatualizadas, com 8, 10 anos. Quando possível, podemos atualizar alguma coisa, como você fez na última edição e também fiz, atualizando o site do metrô. Mas só o fiz porque a cópia arquivada estava "morta" também. Atualizar as informações é um trabalho bem grande e meu primeiro foco é resgatar as refs inativas.--PauloMSimoes (discussão) 20h39min de 27 de abril de 2018 (UTC)
@PauloMSimoes: Mas é disto que falei acima. A maioria das predefinições já conta com o |urlmorta = sim. Logo, o número de ligações externas mortas sem possibilidade de consulta de arquivos é consideravelmente menor que 70. Sobre as informações desatualizadas, existem trechos que precisam ser renovados de fato e agradeço o seu empenho nessa tarefa hercúlea. Se precisar de auxílio nessas edições, é só chamar. Cumprimentos. Chronus (discussão) 20h43min de 27 de abril de 2018 (UTC)
Blz!, Chronus, vamos ajeitando aos poucos, porque isso leva tempo. Realmente, o DLC (Dead Link Checker) não reconhece quando há links arquivados, mas entre os que verifiquei, ainda não encontrei nenhum que tivesse o parâmetro "urlmorta". Abraço!--PauloMSimoes (discussão) 20h54min de 27 de abril de 2018 (UTC)
Chronus e PauloMSimoes, quando vou editar alguma informação eu tenho procurado arquivar os links para facilitar o processo e não perder a fonte. Isso ajuda muito. A exceção fica para as traduções, onde procuro deixar o mais fiel à página original possível. Jimmymsg 17h59min de 15 de maio de 2021 (UTC)

Pequena correçãoEditar

Período Imperial: "De 1869 em diante, São Paulo passa a beneficiar-se de uma ferrovia..." , por favor "passa a beneficiar de.." só, beneficiar-se é um caracterizador de fraudes e afins, sem nexo aqui, onde conta São Paulo a cidade. comentário não assinado de Caledonya (discussão • contrib) 2019-10-22T14:58:32 (UTC)

  Não há erro O verbo beneficiar é TD ou preposicionado. Sem o pronome, como sugere, teria de haver um complemento (OD); sem o complemento, restaria um erro gramatical. No mais, sua interpretação é subjetiva e carece de fundamento. Yanguas diz!-fiz 18h33min de 22 de outubro de 2019 (UTC)

"Fundada por Jesuítas em 1554", povoamento sem mencionar os "Bandeirantes". E, ainda, expressões longe de explicar (vide comentário ao tópico)Editar

Eu entendo perfeitamente que São Paulo é bem diferente mesmo do resto do Brasil (desde a época imperial, deveras), mas não é possível a ninguém saber se o intento é informar ou difundir algo diverso:

1) Não houve fundação da cidade alguma, tampouco no século XVI. Ora, o fidalgo Martim Afonso de Sousa é que (ainda) era donatário de área que abrangia não só a cidade ou o estado de SP, mas a então "Capitania de São Vicente" que, diferente, muito diferente da manutenção da condição de capitania concedida à Pernambuco. Duarte Coelho, donatário da capitania de Pernambuco, era "cristão novo", persona non grata inclusive por lei (vide <<http://www1.ci.uc.pt/ihti/proj/filipinas/l5p1245.htm>>. Era mandatório usar uma carapuça Deveras, as Ordenações Filipinas datam de 1595. Mas as normas que mudaram, em face das Ordenações anteriores, só têm relação com a União Ibérica.)

E diante da restrição à edição no artigo, e da natureza não tão desconhecida deste fato, concorre com o bom senso remover totalmente não só informação afirmando que padres, membros da Igreja, fundaram, ainda que de facto, o território ou "a cidade (sic)" de São Paulo. É apenas errado.
comentário não assinado de 2804:d49:1517:ae0d:eca1:66de:ac89:2967 (discussão • contrib) 18h53min de 2 de maio de 2020‎ (UTC)

Que bom que o verbete está protegido.--PauloMSimoes (discussão) 00h46min de 4 de maio de 2020 (UTC)

AtualizaçãoEditar

Os dados das estimativas sobre a capital, metrópole e macro metrópole foram atualizados.

12,325 milhões de habitantes na capital

21,9 milhões na metrópole

34,2 milhões na macro metrópole

Pra checagem completa segue tabela: https://sidra.ibge.gov.br/tabela/6579 Glawbr (discussão) 11h41min de 11 de setembro de 2020 (UTC)

Fonte para artigos sobre bairros de São PauloEditar

Olá, um tempo atrás eu encontrei este link do site da Prefeitura de São Paulo que contém uma lista de monografias em pdf sobre a história de alguns bairros de São Paulo, todas escritas por historiadores, pesquisadores e memorialistas. Creio que pode ser útil para melhorar artigos sobre esses locais. Como seria trabalhoso publicar esta mensagem em cada uma das discussões dos artigos sobre cada bairro envolvido, além de provavelmente essas discussões terem poucas pessoas acompanhando-as, achei melhor trazer aqui mesmo, onde há, presumidamente, mais visibilidade. Victor LopesDiga!C 16h37min de 9 de novembro de 2020 (UTC)

EdiçõesEditar

Chronus, por que reverteste todas minhas edições (atualizações) realizadas neste verbete, o qual está com informações faltosas como o Centro Internacional de Tecnologia e Inovação, o relatório da Nature Sciences Index de cidades que mais contribuem para a ciência de alto Impacto no mundo, e desatualizadas (PIB da região metropolitana), embora esta foi posteriormente reposta? Além de que "rankings sazonais de revistas que não representam nada de concreto" foram realizados por veículos e profissionais da área de atuação sobre o tema, não pela revista Capricho. Inclusive, este artigo sofre muito de "azulite" (por exemplo, "água", "Brasil", "mundo", "milhões" (?), "avenida", "história" e várias vezes em "imigrantes", "migrantes", "rio Tietê", "América Latina" e também em nomes de cidades já citados anteriormente), o que eu havia tentado amenizar em minhas edições.--Agent010 Yes? 20h28min de 1 de novembro de 2021 (UTC)

@Agent010 A reversão já foi explicada no sumário. Previsões de revistas não são enciclopedicamente relevantes, ao menos até que se concretizem. E, como eu disse, essas classificações ou rankings são sazonais e pouco dizem de concreto. Em um ano a cidade é eleita a mais "sustentável", "habitável" ou "cool" de determinada região geográfica e, no outro ano, não. E daí? O que isso significa (enciclopedicamente falando)? Ademais, o limite de 190 kB foi desrespeitado apenas para adicionar esse conteúdo que, ao meu ver, é sem importância, na contramão das tentativas de resumo que venho tentando fazer nos últimos meses. No mais, se você queria arrumar a "azulite", poderia ter feito apenas isso. Uma coisa não impede a outra. Chronus (discussão) 21h52min de 1 de novembro de 2021 (UTC)
Chronus, presumo, então, seguindo essa linha de raciocínio, que classificações como "Curitiba foi classificada pelo Índice Verde de Cidades de 2015, realizado pela Siemens com a Economist Intelligence Unit, como a mais ambientalmente sustentável da América Latina" ou "terceira cidade mais sagaz do mundo" não deveriam estar aqui porque são "irrelevantes" para esta enciclopédia. E não adicionei "apenas" esse conteúdo, coloquei informações a respeito do projeto Novo Rio Pinheiros (o que é importante, já que só estava focando no Rio Tietê) e do Centro Internacional de Tecnologia e Inovação, o que vi que já foram colocados novamente por você; além do recente relatório da Nature Sciences Index de cidades que mais contribuem para a ciência de alto Impacto no mundo (sendo a única latino-americana na lista, o que é notável), informação que acrescenta muito na seção "Educação e ciência" e que deveria constar lá (atualizada). No mais, se você perceber, também comecei a arrumar "azulite" nessas edições, que acabaram sendo desfeitas, e já estava dando continuidade a essa correção quando perdi tudo por "conflito de edições". Quando tiver tempo, fá-lo-ei novamente...--Agent010 Yes? 00h57min de 3 de novembro de 2021 (UTC)
Citação: Agent010 escreveu: «Chronus, presumo, então, seguindo essa linha de raciocínio, que classificações como "Curitiba foi classificada pelo Índice Verde de Cidades de 2015, realizado pela Siemens com a Economist Intelligence Unit, como a mais ambientalmente sustentável da América Latina" ou "terceira cidade mais sagaz do mundo" não deveriam estar aqui porque são "irrelevantes" para esta enciclopédia.» Exato!
Citação: Agent010 escreveu: «E não adicionei "apenas" esse conteúdo, coloquei informações a respeito do projeto Novo Rio Pinheiros (o que é importante, já que só estava focando no Rio Tietê) e do Centro Internacional de Tecnologia e Inovação, o que vi que já foram colocados novamente por você.» Sim, recoloquei parte do conteúdo sobre o Rio Pinheiros e também sobre o Centro Internacional de Tecnologia e Inovação de volta porque são conteúdos relevantes e não rankings sazonais, o que é condizente com a minha argumentação até agora, não? Chronus (discussão) 01h30min de 4 de novembro de 2021 (UTC)
Regressar à página "São Paulo".