Abrir menu principal
Disraeli Gears
Álbum de estúdio de Cream
Lançamento Reino Unido 2 de novembro de 1967
Estados Unidos 9 de dezembro de 1967
Gravação maio de 1967
Atlantic Studios, Nova Iorque
Gênero(s) Blues-rock
Rock psicodélico
Hard rock
Duração 33:39
Idioma(s) Inglês
Gravadora(s) Reino Unido Reaction
Estados Unidos Atco
Produção Felix Pappalardi
Cronologia de Cream
Fresh Cream
(1966)
Wheels of Fire
(1968)

Disraeli Gears é o segundo álbum da banda inglesa Cream, lançado em 1967, e que tem com destaques as canções "Strange Brew", "Sunshine of Your Love" e "Tales of Brave Ulysses". No ranking de 500 melhores álbuns de todos os tempos organizado pela revista Rolling Stone, o álbum Disraeli Gears aparece na entrada nº 114.[1]

Índice

HistóriaEditar

Para o segundo álbum o Cream chamou o produtor Felix Pappalardi, ajudando a adicionar psicodelia ao som da banda.[2]

FaixasEditar

  1. "Strange Brew"
  2. "Sunshine of Your Love"
  3. "World of Pain"
  4. "Dance the Night Away"
  5. "Blue Condition"
  6. "Tales of Brave Ulysses"
  7. "S.W.L.A.B.R." (She Was Like A Bearded Rainbow)
  8. "We're Going Wrong"
  9. "Outside Woman Blues"
  10. "Take It Back"
  11. "Mother's Lament"

Recepção e críticaEditar

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic      [2]

O crítico do Allmusic.com, Stephen Thomas Erlewine, considerou o álbum como um dos principais de Rock pesado dos Anos 60[2]. Stephen disse: "No segundo álbum o Cream foi de encontro a psicodelia, saindo da imagem de improvisadores de Blues do primeiro álbum. Assim, a banda se torna um power trio massivo e inovador. O Blues continua presente em Disraeli Gears, mas é "filtrado" em cores saturadas."[2] O álbum aparece na publicação 500 Greatest Albums of All Time, da Revista Rolling Stone, na 112ª posição.[3]

Referências

  1. «Cream, 'Disraeli Gears' - 500 Greatest Albums of All Time». Rolling Stone. Consultado em 10 de março de 2016 
  2. a b c d Erlewine, Stephen Thomas. Cream: Disraeli Gears > Review (em inglês) no Allmusic. Acessado em 21 Junho 2011.
  3. «500 melhores álbuns de todos os tempos» (em inglês). Revista Rolling Stone. Consultado em 21 Jun 2011