Djamolidine Abdoujaparov


Dzhamolidin Abduzhaparov, também escrito como Djamolidine Abdoujaparov (em russo: Джамолидин Абдужапа́ров; n. Tasquente, 28 de fevereiro de 1964), apelidado O califa ou O terror de Tashkent,[1] é um ciclista uzbeco retirado,[2] profissional entre os anos 1990 e 1997, durante os quais conseguiu 54 vitórias.

Dzhamolidin Abduzhaparov
Djamolidine ABDOUJAPAROV.jpg
Informação pessoal
Nome nativo Dzhamolidin Abduzhaparov
Джамолидин Абдужапаров
Pseudônimo(s) O califa, O terror de Tashkent
Nascimento 28 de fevereiro de 1964 (57 anos)
Tasquente
Estatura 174 cmVisualizar e editar dados no Wikidata
Cidadania  União Soviética
 Uzbequistão
Ocupação Ciclista desportivo (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Prémios Honored Master of Sports of Russia
Informação equipa
Desporto Ciclismo
Disciplina Estrada
Função SprinterVisualizar e editar dados no Wikidata
Tipo de corredor Sprinter
Equipas profissionais
1990
1991-1992
1993
1994
1995
1996
1997
Alfa-Lum
Carrera
Lampre
Polti
Novell
Ceramiche Refin
Lotto
Maiores vitórias
Tour de France: 9 etapas e classificação por pontos Jersey green.svg (1991, 1993 e 1994)
Volta a Espanha: 7 etapas e classificação por pontos Jersey blue-yellowfish.svg (1992)
Giro d'Italia: 1 etapa e classificação por pontos Jersey violet.svg (1994)
Gante-Wevelgem (2001)
Estatísticas
Djamolidine Abdoujaparov no ProCyclingStats

Carreira profissionalEditar

Antes de passar ao ciclismo profissional, Abdou obteve bons resultados nas categorias inferiores, chegando a proclamar-se campeão em estrada da União Soviética. Foi 5.º na prova de estrada dos Jogos Olímpicos de Verão de 1988, que competiu pela União Soviética. Posteriormente disputou os Jogos Olímpicos de Verão de 1996, desta vez com a bandeira da sua Uzbequistão natal, já independente.[3]

Excelente sprinter, conseguiu vitórias de etapa nas três Grandes Voltas ao obter 7 vitórias na Volta a Espanha, 1 no Giro d'Italia e 9 no Tour de France. Também conseguiu a classificação por pontos da Volta (1992), do Giro (1994) e do Tour (1991, 1993 e 1994).

Era famoso pelo seu agressivo estilo de sprintar, e por mover excessivamente a sua bicicleta e os braços, num movimento aparentemente aleatório, com o que conseguiu uns quantos inimigos no pelotão e mais de uma queda aparatosa arrastando vários ciclistas com ele, sendo a mais famosa provavelmente na última etapa do Tour de France em 1991, onde a 100 metros da meta, acaba esbarrando contra as barreiras de proteção e provocando uma queda monumental com vários outros ciclistas. Apesar da queda e das lesões, vários colegas de equipe o ajudaram a cruzar a meta e terminar a etapa, lhe garantindo a vitória na camisola verde, que corresponde ao vencedor por pontos da mais famosa corrida ciclista do mundo.

PalmarésEditar

 
Abdoujaparov, no centro da imagem, durante uma corrida na Alemanha em 1987 com a equipa soviética

Resultados em Grandes Voltas e Campeonato do MundoEditar

Carreira 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997
Giro d'Italia 132.º 116.º Ab. - 44.º - Ab. -
Tour de France 145.º 85.º F.c. 76.º 57.º 56.º 78.º Exp.
Volta a Espanha Ab. - 105.º 63.º - Ab. - -
Mundial em Estrada   - - - - - - - -

ReferênciasEditar

  1. «'Tashkent terror' banned from cycling for one year». BBC News. 26 de janeiro de 1998. Consultado em 18 de julho de 2007 
  2. «Djamolidine Abdoujaparov interview from ATR». ATR. 30 de maio de 2012. Consultado em 18 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2013 
  3. Evans, Hilary; Gjerde, Arild; Heijmans, Jeroen; Mallon, Bill; et al. «Djamolidine Abdoujaparov Olympic Results». Sports Reference LLC (em inglês). Olympics em Sports-Reference.com. Consultado em 5 de julho de 2016. Cópia arquivada em 4 de dezembro de 2016 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Djamolidine Abdoujaparov