Dmitri Laptev

Dmitri Yakovlevich Laptev (em russo: Дми́трий Я́ковлевич Ла́птев) (Bolotovo, 1701- 31 de janeiro de 1771) foi um explorador russo do Ártico e vice-almirante da Armada Russa.

Dmitri Laptev
'
Nascimento 1701
Bolotovo
Morte 20 de janeiro de 1771
Bolotovo
Cidadania Império Russo
Ocupação explorador, militar,
Lealdade Império Russo

BiografiaEditar

Dmitri Laptev nasceu em 1701 na aldeia de Bolotovo, perto de Velikiye Luki. Bolotovo era a propriedade rural do seu pai, Yakov Laptev. O irmão de Yakov, seu tio Prokofi Laptev, também era proprietário de uma quinta próxima chamada Pokariovo, onde tinha nascido um ano antes, em 1700, Khariton Laptev, seu primo.

Laptev iniciou a sua carreira na Armada Russa como cadete em 1718. Em 1736 foi nomeado líder de uma das partes da segunda expedição a Kamchatka, a grande expedição russa (1733-43) dirigida por Vitus Bering, e que tinha como objetivo encontrar e cartografar o extremo oriental da Sibéria, com a esperança de que continuasse pela costa ocidental de América do Norte.

Como resultado das suas viagens por terra e mar, entre 1739 e 1742, Laptev descreveu e cartografou a linha de costa a partir da foz do rio Lena, ao longo do golfo de Buor-Khaya e baía do Yana, até ao estreito que hoje leva o seu nome, o estreito de Dmitri Laptev e o cabo Bolshoy Baranov (a leste da foz do rio Kolyma). Explorou a bacia e a foz do rio Anadyr, e também a rota por terra desde a fortaleza de Anadyr até à baía do Penkhina, a parte mais setentrional do mar de Okhotsk. Em 1741 e 1742 Laptev reconheceu os rios Bolshoi Aniuy e Anadyr. Como parte da mesma expedição, o seu primo Khariton liderou uma campanha de reconhecimento da costa da península de Taimyr, partindo da foz do rio Khatanga.

Depois da expedição, Dmitri continuou o serviço militar na frota do Báltico e foi promovido ao posto de vice-almirante em 1762, o mesmo ano em que se retirou.

O mar de Laptev tem o seu nome, honra que reconhece o trabalho de exploração de ambos os primos, Dmitri e Khariton. Um cabo no delta fluvial do rio Lena e o estreito entre a ilha Bolshoy Lyakhovsky e o continente, no mar de Laptev, levam o seu nome exclusivo.

Ver tambémEditar