Abrir menu principal

Dmitriy Viktorovich Kharin - em russo, Дмитрий Викторович Харин (Moscou, 16 de agosto de 1968) é um ex-futebolista profissional russo que atuava como goleiro, campeão olímpico em Seul 1988.[1]

Dmitriy Kharin
Дмитрий Харин
Dmitriy Kharin Дмитрий Харин
Kharine em 2010.
Informações pessoais
Nome completo Dmitriy Viktorovich Kharin
Data de nasc. 16 de agosto de 1968 (50 anos)
Local de nasc. Moscou, Flag of the Soviet Union (1924–1955).svg União Soviética
Altura 1,87 m
Informações profissionais
Clube atual Hemel Hempstead
Posição Treinador de goleiros (Ex-goleiro)
Clubes de juventude
1982 Flag of the Soviet Union (dark version).svg FShM Moscow
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1982–1987
1988–1991
1991–1992
1992–1999
1999–2002
2002–2004
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Torpedo Moscou
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Dínamo de Moscou
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Flag of Russia (1991–1993).svg CSKA Moscou
Inglaterra Chelsea
Escócia Celtic
Inglaterra Hornchurch
63 (0)
40 (0)
34 (0)
119 (0)
8 (0)
23 (0)
Seleção nacional
1988–1991
1992
1992–1998
Flag of the Soviet Union.svg União Soviética
CIS.svg CEI
Flag of Russia.svg Rússia
6 (0)
11 (0)
23 (0)
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Seul 1988 Futebol

Índice

CarreiraEditar

Kharin iniciou a carreira em 1987, pelo Torpedo Moscou, passando pelos rivais Dínamo e CSKA (onde conquistaria o último campeonato soviético disputado) até 1992, quando foi para o futebol inglês jogar no Chelsea. Defenderia o clube londrino até 1999, quando já havia perdido espaço com o italiano Gianluca Vialli, que optou pelo holandês Ed de Goeij.

Depois de 118 jogos pelos Blues, rumou para a Escócia, onde defenderia o Celtic até 2002. Problemas com lesões fizeram que Kharin disputasse apenas 8 jogos e encerrasse a carreira, aos 33 anos.

Entretanto, no verão do mesmo ano de 2002, recebeu proposta do Hornchurch, que jogava a Isthmian League, prontamente aceita. Após 23 partidas, Kharin encerrava definitivamente a carreira como jogador.

Entre 2004 e 2013, fez parte da comissão técnica do Luton Town, como treinador de goleiros. Exerceu o mesmo cargo no Stevenage durante um ano. Atualmente faz parte da comissão técnica do Hemel Hempstead[2].

Desempenho por SeleçõesEditar

Por uma década, Kharin jogou por três seleções: pela União Soviética, conquistou o ouro nas Olimpíadas de 1988, mas foi preterido para a Copa de 1990; pela CEI, disputaria a Eurocopa de 1992; e, pela Rússia, jogou uma Copa do Mundo, a de 1994 (2 partidas), e a uma segunda Eurocopa, em 1996. Deixou de jogar pela Rússia após a não-classificação para a Copa de 1998.

Vida pessoalEditar

Dois parentes de Kharin seguiram carreira futebolística, e na mesma posição: Mikhail, seu irmão, jogou entre 1992 e 1999, e Filipp, sobrinho do ex-goleiro, foi revelado pelo Lokomotiv Moscou, porém não chegou a jogar pelo clube.

CuriosidadeEditar

  • A transliteração de seu nome mais utilizada no Ocidente é '"Kharine", em uma romanização à francesa usada nas camisas dos jogadores russos da copa de 94), ao passo de que o nome de seus compatriotas são mais comumente romanizados baseados na língua inglesa.
  • No Brasil, em confusão comum, seu nome é mais pronunciado como "Carine". O correto seria "Rárin".

Referências