Doki Doki Literature Club!

novela visual de terror desenvolvida por Team Salvato
(Redirecionado de Doki Doki Literature Club)
Doki Doki Literature Club!
A capa de Doki Doki Literature Club!, apresentando as quatro personagens principais.
Desenvolvedora(s) Team Salvato
Diretor(es) Stephane Beley
Designer(s) Dan Salvato
Escritor(es) Dan Salvato
Programador(es) Dan Salvato
Artista(s) Satchel
VelinquenT
Compositor(es) Dan Salvato
Motor Ren'Py
Plataforma(s) Microsoft Windows
macOS
Linux
Lançamento 22 de setembro de 2017
Gênero(s) Visual novel
Modos de jogo Um jogador

Doki Doki Literature Club! é um jogo eletrônico de visual novel desenvolvida pela Team Salvato. Foi lançado em 22 de setembro de 2017 para Microsoft Windows, macOS, e Linux,[1] e mais tarde em 6 de outubro para a Steam.[2] A história segue um aluno do ensino médio que se junta ao Clube de Literatura da escola e interage com quatro garotas. O jogo apresenta uma história principalmente linear, com algumas cenas e finais alternativos dependendo das escolhas que o jogador faz. O jogo começa com você conhecendo Sayori, uma garota que você conhece (pelo menos no jogo) como uma amiga de longa data. Embora pareça à primeira vista ser um leve simulador de namoro, é de fato, um jogo de terror psicológico que envolve o uso intenso de quebrar a quarta parede.[3]

O jogo foi desenvolvido em um período estimado de dois anos por uma equipe liderada por Dan Salvato, conhecido anteriormente por seu trabalho de modificação para Super Smash Bros. Melee. De acordo com Salvato, a inspiração para o jogo veio de seus sentimentos mistos em relação ao anime, e um fascínio por experiências surrealistas e inquietantes.[4] Após a sua liberação, Doki Doki Literature Club! recebeu elogios críticos pelos seus elementos de metaficção e terror, com a PC Gamer chamando-o de "um dos jogos mais surpreendentes do ano".[5]

EnredoEditar

O protagonista do jogo, um adolescente no ensino médio, é convidado pela amiga de infância, Sayori, para entrar no Clube de Literatura da escola. O protagonista, relutantemente, aceita o convite e se encontra com todos os outros membros do clube. Fora Sayori, uma garota alegre, as restantes são:

  • Yuri: Uma garota introspectiva, inteligente e fechada, mas que ama literatura, é a mais alta do clube tendo 1,77 m. Tem cabelos roxos e compridos. Braço direito da líder do clube, Monika.
  • Natsuki: garota mais rebelde do clube (que gosta de ler mangá), desconfia de todos, mas é uma ótima cozinheira. É a desafeta de Yuri, por segundo ela ser "baixinha demais"(1,54 m). Tem cabelos curtos, de cor rosada e um laço vermelhos em seus fios mais longos.Ela se comporta como uma Tsundere.
  • Monika: líder do clube, inteligente, bonita, e atlética. Considerada pela escola como "a garota mais popular". cabelo comprido, olhos verdes e uma liderança característica. Monika possui uma estatura média tendo 1,70 sendo a segunda maior do clube.

Com o passar do tempo, você conhece cada uma das garotas ( dependendo da rota seguida ) e conhece seu lado mais "pessoal". Isso faz com que o jogo tome uma perspectiva mais profunda e complexa psicologicamente com o passar do tempo.

Cada problema das garotas, excluindo Monika, vai se agravando com o tempo, pois elas começam a se apaixonar por você. Com o passar do tempo, as evidências desses problemas vão se tornando mais fortes, deixando o jogo bem macabro e sinistro. Não muito depois disto, as garotas Yuri, Sayori e Natsuki irão morrer sendo que as duas primeiras, irão parecer suicídio e a terceira irá ser uma morte mais relacionada com jogos, vendo assim censuras nos seus olhos e boca e glitchs na tela. Você pode escolher ver a morte da Natsuki ou não.

No final do jogo, aparece Monika à sua frente admitindo que foi ela que deletou as personagens ( characters ou chr.), pois queria você só para ela. Aí ela também diz que não foi culpa inteiramente dela, pois os problemas já existiam, ela apenas se limitou a agravá-los. Também afirma que tinha noção que aquilo era um jogo, e que ela estava presa lá dentro. Aí você deleta ela e o jogo reeinicia. Se você ler tudo direitinho no final, você recebe o final bom onde todas as garotas menos Monika dizem que o amam, mas se saltar o diálogo aparecerá Sayori se comportando como Monika, aí, esta aparece dizendo que não deixará isso acontecer de novo e que ela entende porque você a apagou. Aí ela apaga o mundo todo e diz que não há felicidade neste jogo.

DesenvolvimentoEditar

Dan Salvato gastou cerca de dois anos trabalhando no Doki Doki Literature Club! em segredo antes de liberá-lo como seu primeiro jogo.[4] Antes de seu lançamento, Salvato era conhecido por criar a extensão FrankerFaceZ para Twitch.tv,[4] seu trabalho de modificações em Super Smash Bros.,[6] e para os níveis personalizados em Super Mario Maker.[7][8]

Doki Doki Literature Club! foi lançado pela primeira vez em 22 de setembro de 2017 no itch.io, e mais tarde também foi lançado na Steam.[2] O jogo está disponível como um software gratuito com um pagamento opcional, escolhendo o quanto você queira pagar. Pagando R$20, desbloqueia um "Pacote de fãs" que inclui papéis de parede de mesa e móveis, a trilha sonora oficial do jogo e um folheto de arte conceitual digital.[9]

Salvato citou seu "relacionamento amor-ódio" com o anime como inspiração para criar Doki Doki Literature Club!. Discutindo os elementos de terror do jogo, Salvato explicou que ele se inspirou em "coisas assustadoras, porque eles o deixam desconfortável, não porque empurram coisas assustadoras em seu rosto".[4]

RecepçãoEditar

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
Multiplayer.it 9/10[10]
RPGFan 9/10[11]
Pontuação global
Publicação Nota média
Metacritic 78/100[12]

Gita Jackson da Kotaku descreveu Doki Doki Literature Club! como "um jogo verdadeiramente especial", acrescentando "se você gosta de jogos de terror, especialmente aqueles que realmente ficam sob sua pele, confira o Doki Doki Literature Club".[13] Tom Philip da GQ chamou-o como "um dos jogos mais assustadores que eu já joguei." Ele prosseguiu para louvar a escrita do jogo dizendo que continha "algumas das técnicas narrativas mais perversamente inventivas que eu já vi", mas comentou que, às vezes, sentia-se como "um slog, clicando em infinitas quantidades de conversas inãs e flirty sobre poesia".[14]

Nos seus primeiros três meses de lançamento, Doki Doki Literature Club! foi baixado mais de um milhão de vezes,[15] e ultrapassou a marca de dois milhões de downloads aproximadamente um mês depois.[16]

Nos prêmios "Melhores de 2017" da IGN, o jogo ganhou o People's Choice Award como o "Melhor jogo para PC",[17] "Melhor jogo de aventura" (para o qual também foi vice-campeão),[18] "Melhor história",[19] e "Maior inovação".[20] A EGMNow classificou o jogo em 16º na sua lista dos 25 Melhores Jogos de 2017.[21] Também foi nomeado para o "Prêmio de Intimidade Cultural Matthew Crump" e "Tendências de Jogo do Ano" no próximo SXSW Gaming Awards de 2018.[22]

Referências

  1. «Doki Doki Literature Club!». ddlc.moe. Consultado em 24 de outubro de 2017 
  2. a b «Doki Doki Literature Club! on Steam». Valve Corporation. Consultado em 18 de outubro de 2017 
  3. Josuweit, Amy (31 de outubro de 2017). «Doki Doki Literature Club is a hidden horror game for the internet age». Rock, Paper, Shotgun. Consultado em 31 de outubro de 2017 
  4. a b c d Jackson, Gita (20 de outubro de 2017). «Doki Doki Literature Club's Horror Was Born From A Love-Hate Relationship With Anime». Kotaku. Consultado em 29 de outubro de 2017 
  5. Wright, Steven (26 de outubro de 2017). «Doki Doki Literature Club! hides a gruesome horror game under its cute surface». PC Gamer. Consultado em 26 de outubro de 2017 
  6. Good, Owen (13 de setembro de 2015). «Powerful mod adds replay feature to Super Smash Bros. Melee». Polygon. Consultado em 18 de outubro de 2017 
  7. Blain, Louise (9 de outubro de 2015). «P is for Pain is the new contender for Mario Maker's hardest level». Games radar. Consultado em 18 de outubro de 2017 
  8. «Eversion-Inspired Super Mario Maker Level Uses Doors In An Ingenious Way». Silliconera. 11 de setembro de 2017. Consultado em 18 de outubro de 2017 
  9. «Doki Doki Literature Club Fan Pack on Steam». Valve Corporation. Consultado em 18 de outubro de 2017 
  10. Simone Tagliaferri (24 de outubro de 2017). «La recensione di Doki Doki Literature Club!». multiplayer.it. Consultado em 6 de fevereiro de 2018 
  11. «Grand Theft Auto V review». Edge. 16 de setembro de 2013. Consultado em 25 de dezembro de 2016. Cópia arquivada em 19 de setembro de 2013 
  12. «Doki Doki Literature Club! for PC Reviews». Metacritic. CBS Interactive. Consultado em 6 de fevereiro de 2018 
  13. Jackson, Gita (11 de outubro de 2017). «Doki Doki Literature Club Scared Me Shitless». Kotaku. Consultado em 18 de outubro de 2017 
  14. Philip, Tom (19 de outubro de 2017). «Doki Doki Literature Club Is the Most Messed Up Horror Game You'll Play This Year». GQ. Consultado em 19 de outubro de 2017 
  15. Barnett, Brian (11 de dezembro de 2017). «Doki Doki Literature Club Hits 1 Million Downloads». IGN. Consultado em 16 de dezembro de 2017 
  16. Jones, Ali (15 de janeiro de 2018). «Doki Doki Literature Club! surpasses two million downloads». PCGamesN. Consultado em 15 de janeiro de 2018 
  17. «Best of 2017 Awards: Best PC Game». IGN. 20 de dezembro de 2017. Consultado em 2 de janeiro de 2018 
  18. «Best of 2017 Awards: Best Adventure Game». IGN. 20 de dezembro de 2017. Consultado em 2 de janeiro de 2018 
  19. «Best of 2017 Awards: Best Story». IGN. 20 de dezembro de 2017. Consultado em 2 de janeiro de 2018 
  20. «Best of 2017 Awards: Most Innovative». IGN. 20 de dezembro de 2017. Consultado em 2 de janeiro de 2018 
  21. EGM staff (28 de dezembro de 2017). «EGM's Best of 2017: Part Two: #20 ~ #16». EGMNow. Consultado em 6 de fevereiro de 2018 
  22. McNeill, Andrew (31 de janeiro de 2018). «Here Are Your 2018 SXSW Gaming Awards Finalists!». SXSW. Consultado em 6 de fevereiro de 2018 

Ligações externasEditar