Abrir menu principal
Ilustração em um postal austríaco (1919).

A Lenda da Punhalada pelas Costas (em alemão: Dolchstoßlegende) foi uma popular lenda política de extrema-direita do período entre-guerras na Alemanha, que se manteve até às vésperas da Segunda Guerra Mundial. A lenda atribuía a derrota do Império Alemão na Primeira Guerra Mundial ao fracasso do povo em responder ao "chamado patriótico" e à sabotagem do esforço de guerra pelos socialistas, bolcheviques e judeus alemães, e não pela incapacidade do Reichsheer de participar da batalha, exonerando os militares do país de sua perda.[1]

Historicamente, a Dolchstoßlegende revelou-se importante para a ascensão política de Adolf Hitler e para o crescimento do Partido Nazista, já que muito de sua base política original consistia de veteranos da Primeira Guerra Mundial e muitos estavam próximos à interpretação Dolchstoß da história recente alemã.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Fraser, Lindley (1945). Germany Between Two Wars: A Study of Propaganda and War-Guilt. New York: Oxford University Press. p. 16 
  2. LIEBEL, Vinícius. Uma facada pelas costas: paranoia e Teoria da Conspiração entre conservadores no refluxo das Greves de 1917 na Alemanha. Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 37, nº 76, 2017, pp. 45-65.

Ligações externasEditar