Abrir menu principal

Wikipédia β

Doze Tribos (comunidades cristãs)

Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde fevereiro de 2017).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.

Doze Tribos é um movimento cristão fundamentalista[1] fundado em 1972 em Chattanooga (Tennessee), que teve como idealizador Elbert Eugene Spriggs. Em 2009, se estimava que a organização tinha cerca de 2.000 adeptos que viviam em cerca de 50 comunidades em todo o mundo. Existia uma estrutura que supervisionava as comunidades.

Eles procuram viver como os cristãos do Século I, compartilhando inclusive a mesma moradia entre diferentes famílias. Seus integrantes desistiram de quase todos os seus bens para fazer parte do movimento. Nas suas casas, existe um quarto para cada casal, e outros quartos que abrigam crianças, adolescentes e adultos solteiros do mesmo sexo. ​​As mulheres usam vestidos longos ou calças, e os homens usam braba e amarram o cabelo na altura dos ombros[2], segundo os integrantes, a base bíblica dessa atitude é respaldada por Ezequiel 44:20[3].

O sustento econômico de cada comunidade vem de pequenas empresas, que tem os integrantes como sócios e empregados, que canalizam seus recursos para um fundo comum. Eles não exercem atividades econômicas aos sábados[2].

As mulheres são ensinadas servidão aos homens. As crianças são educadas em um regime rigoroso para agirem como adultos. Para conseguir tal comportamento, as crianças são ameaçadas e espancadas varias vezes por dia. Os lideres da comunidade justificam essa pratica com os versos da bíblia. (Provérbios 13;24)[4]

Seu ritual é democrático e informal, se inicia com danças circulares israelenses, depois os participantes têm a oportunidade de falar sobre seus dias e que eles aprenderam espiritualmente. Às vezes um integrante um trecho da Bíblia. No final, os participantes cantam e dançam. Um dos pontos centrais de suas crenças é a segunda vinda de Jesus[5].

Eles tentam impedir que seus filhos tenham conhecimento da teoria da evolução e educação sexual nas escolas[1] e normalmente não tem aparelhos de TV em suas casas[3].

No Brasil há comunidades em Londrina e Campo Largo no Paraná; em Itapecirica da Serra em São Paulo; e em Aquiraz no Ceará[6].

Referências

  1. a b Fundamentalist Christian Group Gets School of Their Own, em inglês, acesso em 25 de outubro de 2015.
  2. a b Sect to increase holdings, em inglês, acesso em 25 de outubro de 2015.
  3. a b FAQ - Perguntas Frequentes, acesso em 25 de outubro de 2015.
  4. ceticismo.net (quinta-feira, 19 de março de 2009). «Seita cristã na Espanha rejeita a medicina e defende o castigo físico como forma de educação». Consultado em 6 de novembro de 2017  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. Twelve Tribes living as one, em inglês, acesso em 25 de outubro de 2015.
  6. Onde Estamos, acesso em 25 de outubro de 2015.