Abrir menu principal

Dumbo (2019)

filme de 2019 dirigido por Tim Burton
Dumbo
Pôster promocional
 Estados Unidos
2019 •  cor •  112 min 
Direção Tim Burton
Produção Justin Springer
Ehren Kruger
Derek Frey
Katterli Frauenfelder
Roteiro Ehren Kruger
Baseado em Dumbo, da Walt Disney Productions,
por Otto Englander
Joe Grant
Dick Huemer
Roll-a-Book
de Helen Aberson
Harold Pearl
Elenco Colin Farrell
Eva Green
Michael Keaton
Danny DeVito
Alan Arkin
Gênero Aventura
Fantasia
Live-action
Música Danny Elfman
Cinematografia Ben Davis
Edição Chris Lebenzon
Companhia(s) produtora(s) Walt Disney Pictures
Tim Burton Productions
Distribuição Walt Disney Studios Motion Pictures
Lançamento Brasil Portugal 28 de março de 2019
Estados Unidos 29 de março de 2019
Idioma inglês
Orçamento US$ 170 milhões[1]
Receita US$ 352.167.079[2]

Dumbo é um filme de aventura e fantasia estadunidense de 2019, dirigido por Tim Burton e escrito por Ehren Kruger, sendo o remake em live-action do longa-metragem animado Dumbo, de 1941, baseado no enredo escrito por Helen Aberson e ilustrado por Harold Pearl. Produzido pela Walt Disney Pictures e Tim Burton Productions e distribuído pela Walt Disney Studios Motion Pictures, é estrelado por Colin Farrell, Eva Green, Michael Keaton, Danny DeVito e Alan Arkin.

O título faz parte de um ambicioso projeto da Disney na produção de remakes em live-action de clássicos animados do estúdio após os êxitos de Alice in Wonderland (2010), Maleficent (2014), Cinderella (2015), The Jungle Book (2016) e Beauty and the Beast (2017).[3] No mesmo ano, também ocorrerão as estreias das novas adaptações de Aladdin e The Lion King.

Dumbo foi lançado no Brasil e em Portugal no dia 28 de março de 2019. Estreou nos Estados Unidos em 29 de março de 2019.

Índice

EnredoEditar

  Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Na trama, Holt Farrier é uma ex-estrela de circo que retorna da guerra e encontra seu mundo virado de cabeça para baixo. O circo em que trabalhava está passando por grandes dificuldades, e ele fica encarregado de cuidar de um elefante recém-nascido, cujas orelhas gigantes fazem dele motivo de piada. No entanto, os filhos de Holt descobrem que o pequeno elefante é capaz voar! A artista aérea Colette Marchant e o empresário VA Vandevere se dirigem para fazer o Dumbo, o elefante voador, uma estrela.

  Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

ElencoEditar

ProduçãoEditar

No dia 8 de julho de 2014, foi anunciado que uma adaptação em Live-Action de Dumbo estava em desenvolvimento para a Walt Disney Pictures . Ehren Kruger foi confirmado como o roteirista, e Justin Springer servirá como produtor junto com Kruger. Em 10 de março de 2015, Tim Burton foi anunciado como diretor. Em 15 de julho de 2017, a Disney anunciou que Dumbo seria lançado em 29 de março de 2019.

Em janeiro de 2017, foi anunciado que Will Smith estava "em negociações" para ser o pai das crianças que desenvolveram uma amizade com o adorável elefante depois de vê-lo no circo. No entanto, Smith passou mais tarde o papel devido a "conflitos de agendamento", entre outros motivos[4]. Chris Pine e Casey Affleck também receberam o papel, mas passaram sobre ele antes que Colin Farrell fosse lançado.

Em março de 2017, Eva Green e Danny DeVito se juntaram ao elenco. Em abril de 2017, Michael Keaton juntou-se ao elenco, completando os poucos papéis proeminentes da ação ao vivo em adultos. Tom Hanks estava supostamente em discussões sobre o papel antes de Keaton ter sido lançado. Durante o verão de 2017, DeObia Oparei , Joseph Gatt e Alan Arkin se juntaram ao filme.

A produção principal no Dumbo começou em julho de 2017, no Reino Unido .

RecepçaoEditar

BilheteriaEditar

Dumbo arrecadou $89,9 milhões nos Estados Unidos e no Canadá e $177 milhões em outros territórios, para um total mundial de $266,9 milhões contra um orçamento de $170 milhões.[5]

Em outros territórios, o filme foi projetado para arrecadar entre $80-$90 milhões em 53 países no seu primeiro final de semana, para a estreia global foi projetado para $137-$155 milhões.[6] Assim como seu total doméstico, o filme teve um desepenho ruim, arrecadando apenas $73,5 milhões para um total mundial de $119,5 milhões.[7] Seus maiores mercados foram a China ($10,7 milhões), México ($7,2 milhões) e o Japão ($2,4 milhões).[8]


Ver tambémEditar

Referências

  1. «Disney's 'Dumbo' remake is expected to fly high at the box office» (em inglês). Los Angeles Times. 27 de março de 2019. Consultado em 31 de março de 2019 
  2. «'Dumbo (2019)' Box Office» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 18 de julho de 2019 
  3. «Confira os 7 remakes live-action que a Disney fará após 'A Bela e a Fera'». CinePOP. 16 de março de 2017. Consultado em 4 de outubro de 2017 
  4. AdoroCinema. «Deu ruim! Acordo não sai e Will Smith está fora de Dumbo». AdoroCinema 
  5. Vinyard, Marc. «Box Office Mojo». CC Advisor. Consultado em 14 de abril de 2019 
  6. Tartaglione, Anthony D'Alessandro,Nancy; D'Alessandro, Anthony; Tartaglione, Nancy (26 de março de 2019). «'Dumbo' Will Be Global Big Top Attraction With $137M+ Footprint». Deadline (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2019 
  7. «Box Office Mojo - Movie Index, A-Z». www.boxofficemojo.com. Consultado em 14 de abril de 2019 
  8. Tartaglione, Nancy; Tartaglione, Nancy (31 de março de 2019). «'Dumbo' Flies In Low With $71M Overseas; 'Captain Marvel' Nears $1B Global – International Box Office». Deadline (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2019 

Ligações externasEditar