Duque de Bourbon

Esta é uma lista dos senhores[1] de Bourbon que, a partir de 1327, se tornaram duques de Bourbon (ramo cadete dos Capetos-diretos).

Blason duche fr Bourbon (moderne).svg
Duque de Bourbon
Luís VI, Príncipe de Condé, último duque de Bourbon
Pariato França
Criação Carlos IV de França
1327
Ordem Título nobiliárquico
Tipo Hereditário (primogenitura cognática com preferência masculina e, depois, primogenitura masculina em descendência agnática do primeiro representante)
1.º Titular Aymar de Bourbon (como senhor)
Luís I de Bourbon (como duque)
Linhagem Casa de Bourbon
Solar Castelo de Moulins
Castelo de Chantilly
Palácio Bourbon

O título hereditário de duque de Bourbon extinguiu-se em 1830.

EnquadramentoEditar

Duque de Bourbon era um título nobiliárquico existente no Pariato de França. O título tirou o seu nome da cidade de Bourbon-l'Archambault.

Inicialmente um senhorio, governado por uma dinastia local (Bourbon-Arquibaldo) este apanágio acabou sendo transmitido por casamento aos Capetos – Roberto de Clermont, o filho mais novo do rei Luís IX, casa com a herdeira do Senhor de Bourbon, dando origem à Casa de Bourbon, a casa Capetiniana de Bourbon.

Em 1327 o rei Carlos IV de França eleva o senhorio a ducado e Luís I de Bourbon, torna-se o primeiro duque.

O título vem a extinguir-se com Luís VI, Príncipe de Condé, que morre em 1830.

A partir de 1950, o título de Duque de Bourbon foi irregularmente recuperado, como título de cortesia, pelo ramo espanhol dos Bourbons, indicando a sua posição de ramo senior da Casa.

Senhores de BourbonEditar

Primeira Casa de Bourbon (Bourbon-Arcambaldo)Editar

Retrato Nome Reinado Notas Brasão de Armas
  Aimar
(894, ? – 953, ?) morre com 59 anos
915953 Viveu sob o reinado de Carlos, o Simples que lhe doou, em 915, alguns feudos nas margens do rio Allier na região que viria a ser o Bourbonês.  
  Aymon I
(v.920, ? – v.959, ?) morre com ca. de 39 anos
953959 Filho de Aimar de Bourbon e de Ermengarde, citado em 950, 953 et 954.
  Arcambaldo I, o Franco
(v.940, ? – 990, ?) morre com ca. de 60 anos
959990 Filho de Aymon I, casa com Rotilde de Brosse, filha de Raul de Brosse.
  Arcambaldo II, o Verde ou o Velho
(v.970, ? – 1034, ?) morre com ca. de 64 anos
9901031
1034
Filho de Arcambaldo I e de Rotilde de Brosse.
  Arcambaldo III, de Montet, o Branco ou o Jovem
(v.1000, ? – v.1078, ?) morre com ca. de 78 anos
1034 – v.1078 Filho de Arcambaldo II.
  Arcambaldo IV o Forte
(v.1030, ? – 1095, ?) morre com ca. de 65 anos
v.10781095 Filho de Arcambaldo III.
  Arcambaldo V, o Pio
(v.1050, ? – 1096, ?) morre com ca. de 46 anos
10951096 Filho de Arcambaldo IV.
  Arcambaldo VI, o Pupilo
(v.1090, ? – 1116, ?) morre com ca. de 26 anos
10961116 Filho de Arcambaldo V.
  Aymon II, Vaire Vache
(1055, ? – 1120, ?) morre com 65 anos
11161120 Filho de Arcambaldo IV, irmão de Arcambaldo V e tio de Arcambaldo VI.
  Arcambaldo VII
(v.1100, ? – 1171, ?) morre com ca. de 71 anos
11201171 Filho de Aymon II e de Adelina de Nevers.
  Matilde I
(v.1165, ? – 20 de junho de 1218, ?)
morre com ca. de 53 anos
11711218 Neta de Arcambaldo VII. Casa com Gaucher IV de Mâcon e, depois, com Guido II de Dampierre

Segunda Casa de Bourbon (Bourbon-Dampierre)Editar

Retrato Nome Reinado Notas Brasão de Armas
  Arcambaldo VIII, o Grande
(v.1187, ? – av.1242, ?) morre aos 45 anos
12181242 Filho de Matilde I e de Guido II de Dampierre. Recebe igualmente do rei Filipe Augusto a guarda da Auvérnia, nova província integrada no domínio real após ter sido confiscada ao conde Guy II de Auvérnia em 1213, compreendendo nomeadamente o castelo de Tournoël. É condestável de França.  
  Arcambaldo IX, o Jovem
(1205, ? – 29 de janeiro de 1249, Chipre) morre aos 44 anos
12421249 Acompanhou o rei Luís IX na sua primeira viagem ao ultramar, morre em Chipre em 22 de janeiro de 1249, aos 44 anos.
  Matilde II
(1234, ? – 1262, ?) morre aos 28 anos
12491262 Filha de Arcambaldo IX e esposa de Eudo de Borgonha.
  Inês
(1237, ? – 1287, ?) morre aos 50 anos
12621287 Filha de Arcambaldo IX e esposa de João de Borgonha.  
  Beatriz
(1257, ? – 1 de outubro de 1310, Château-Murat) morre aos 53 anos
12871310 Filha de Inês de Bourbon e de João de Borgonha
Csou com Roberto de França, conde de Clermont
 

Duques de BourbonEditar

Terceira Casa de Bourbon (Capetos-Bourbon)Editar

Retrato Nome Reinado Notas Brasão de Armas
  Luís I, o Grande ou o Coxo
(1279, ? – 1342, ?) morre com 63 anos
13101342 Sire de Bourbon (1310) depois 1.º duque de Bourbon (1327), conde de Clermont (1317-1322), conde de la Marche (1322-1342).
Filho de Beatriz de Borgonha, senhora de Bourbon (1257-1310) e de Roberto de Clermont
  Pedro I
(1311, ? – 26 de setembro de 1356, Poitiers) morre aos 45 anos
13421356 Trava o seu primeiro combate em 1341 sob as ordens do duque da Normandia, o futuro rei João II de França, tendo combatido na Bretanha, na altura em plena guerra. 2.º duque de Bourbon.
  Luís II, o Bom
4 de fevereiro de 1337, ? – 10 de agosto de 1410, Montluçon) morre aos 73 anos
13561410 3.º duque de Bourbon e de Auvérnia, Barão de Combrailles em 1400 e Conde de Forez por casamento. Grande capitão do seu tempo, este príncipe forte e sábio serviu fielmente a monarquia francesa durante mais de meio-século.
  João I
(1381, ? – 1434, Londres) more aos 53 anos
14101434 Conde de Clermont (Beauvaisis) (1404), 4.º duque de Bourbon e de Auvérnia (1410-1434), conde de Forez (1417), duque de Auvérnia (João II, 1416-1434) e conde de Montpensier (1416-1434) por casamento
Filho do duque Luís II e da condessa de Forez Ana Delfina de Auvérnia (1358-1417).
 
  Carlos I
(1401, ? – 4 de dezembro de 1456, Moulin) morre aos 55 anos
14341456 Carlos I de Bourbon é o filho de João I, 5.º duque de Bourbon e de Auvérnia, conde de Forez etc., e de Maria de Berry, duquesa de Auvérnia e condessa de Montpensier. Inicialmente conde de Clermont-en-Beauvaisis, ele geriu os domínios paternos após este ter ficado prisioneiro na Batalha de Azincourt.
  João II, o Bom
(1426, ? – 1488, Moulin) morre aos 62 anos
14561488 6.º duque de Bourbon (João II) (1456-1488), duque de Auvérnia (João III) (1456-1488), conde de Clermont-en-Beauvaisis e de Forez, grande camareiro de Luís XI, condestável de França de Carlos VIII (1483-1488)
Filho do duque Carlos I e de Inês de Borgonha (1407-1476).
  Carlos II
(1433, Moulins – 13 de setembro de 1488, Lião) morre aos 55 anos
1488 Arcebispo de Lião (1444-1488), Cardeal (1476-1488), 6.º duque de Bourbon e de Auvérnia (1488) (renuncia voluntariamente ao título ducal não sendo contado entre os duques de Bourbon)
Filho do duque Carlos I e de Inês de Borgonha (1407-1476), irmão do duque João II.
  Pedro II
(1 de dezembro de 1438, ? – 10 de outubro de 1503, Moulins) morre aos 64 anos
1488 - 1503 Alias Pedro de Beaujeu
Senhor de Beaujeu, 7.º duque de Bourbon e de Auvérnia (1488-1503), regente de França (1483-1491), príncipe de Dombes, conde de La Marche
Filho do duque Carlos I e de Inês de Borgonha (1407-1476), irmão dos duques João II de Bourbon e de Carlos II de Bourbon.
  Suzana
(1491, ? – 1521, Châtellerault) morre aos 30 anos
1503 - 1521 Duquesa de Bourbon (1503-1521), condessa de Clermont-en Beauvaisis, condessa de La Marche, de Forez, de Gien, senhora de Beaujeu, princesa de Dombes
Filha do duque Pedro II de Bourbon e esposa de Carlos III de Bourbon, que segue e com quem governa o ducado.
 
  Carlos III
17 de fevereiro de 1490, Montpensier – 6 de maio de 1527, Roma) morre com 37 anos
1521 - 1523 Alias o Condestável de Bourbon
Conde de Montpensier (1501-1527), delfim da Auvérnia (1501-1527), 8.º duque de Bourbon e da Auvérnia (1505-1523), conde de Clermont-en Beauvaisis, conde de la Marche, de Forez e de Gien, senhor de Beaujeu por casamento, duque de Châtellerault (1515), príncipe de Dombes, conde de Clermont (na Auvérnia) (1498-1517)
Marido da duquesa Suzana de Bourbon e bisneto agnático de João I de Bourbon.
 

Casa de SaboiaEditar

Retrato Nome Reinado Notas Brasão de Armas
Em 1521, a sucessão de Suzana de Bourbon, morta sem descendências, foi contestada por Luísa de Saboia, duquesa de Angolema, mãe do rei Francisco I de França, enquanto mais próxima herdeira da defunta. Esta espoliação faz o condestável de Bourbon a procurar a proteção do seu suserano para o principado de Dombes, o imperador Carlos V, rival de Francisco I.
  Luísa
11 de setembro de 1476, castelo de Pont-d'Ain – 22 de setembro de 1531, Grez-sur-Loing
1522 - 1531 Mãe do rei Francisco I. O rei doa-lhe os ducados de Bourbon e de Auvergne, os condados de Clermont, de Forez e de La Marche, bem como o senhorio de Beaujeu le a 7 de outubro de 1522. Ao morrer, o ducado regressa ao rei por herança.  

Casa de Valois-AngolemaEditar

Retrato Nome Reinado Notas Brasão de Armas
Após a morte de Luísa de Saboia, o ducado foi reunido ao domínio real. Na sequência das Tréguas de Crépy-en-Laonnois[2], o ducado é doado em apanágio ao último filho de Francisco I, Carlos de Angoulême, prevendo o seu casamento com uma filha ou sobrinha do imperador que receberia Milão em dote.
  Carlos IV
(22 de janeiro de 1522, Saint-Germain-en-Laye – 9 de setembro de 1545, Abbeville) morre com 23 anos
1544 - 1545 Filho do rei Francisco I e da duquesa da Bretanha Cláudia de França, neto de Luísa de Saboia. Duque de Angoulême, depois duque de Orleães, recebe em 1544 o ducado como apanágio, mas o príncipe morre pouco depois. Pela sua morte, o ducado regressa à Coroa.  
  Henrique I
(19 de setembro de 1551, Fontainebleau – 1 de Agosto de 1589, Saint-Cloud) morre com 37 anos
1566 - 1574 Em 1566, pela segunda e última vez, o ducado de Bourbon constitui parte dum apanágio, juntamente com os ducados de Angoulême, Orleães e Anjou, atribuídos ao futuro Henrique III de França. Ao ascender ao trono, em 1574, o ducado regressa à Coroa.  

Casa de Bourbon-CondéEditar

Retrato Nome Reinado Notas Brasão de Armas
  Luís III o Grande Condé
(8 de setembro de 1621, Paris – 11 de dezembro de 1686, Fontainebleau) morre com 65 anos
16611667 O ducado de Bourbon foi outorgado em 1661 a Luís II, o Grande Condé. O seu neto, Luís IV Henrique de Bourbon-Condé (1692-1740), primeiro ministro de 1723 à 1726, e depois o neto deste, Luís VI Henrique de Bourbon-Condé (1756-1830), usaram o título juntamente com o de Príncipe de Condé. O título de duque de Bourbon era, na verdade, o título do herdeiro do Príncipe de Condé.  
  Henrique II
(5 de novembro de 1667, Paris – 5 de julho de 1670, Paris) morre com 2 anos
16671670 neto do precedente. Era filho de Henrique Júlio de Bourbon-Condé (1643-1709), primeiro príncipe de sangue, príncipe de Condé (1686-1709), titular do título de duque de Bourbon (1686-1709) e filho do Grande Condé.
  Luís IV
(18 de outubro de 1668, Paris – 4 de maio de 1710, Versailles) morre com 41 anos
16701709 Príncipe de sangue, duque de Bourbon, duque de Montmorency (1668-1689) e depois duque de Enghien (1689-1709), 6º Príncipe de Condé (1709-1710), conde de Sancerre e de Charolais. Uma vez que ele foi Príncipe de Condé apenas por alguns meses, ficou conhecido sob o seu título de duque de Bourbon, que usou quase toda a sua vida. Na corte era chamado « monsieur le Duc », tenho perdido o tratamento de « monsieur le Prince » em proveito do primeiro Príncipe de Sangue, o duque de Chartres.
  Luís V
(18 de Agosto de 1692, Versalhes – 27 de janeiro de 1740, Chantilly) more com 47 anos
17091736 Príncipe de sangue, 7º Príncipe de Condé (1710), Grão mestre de França, duque de Bourbon, duque de Enghien e duque de Guise, Par de França, duque de Bellegarde e conde de Sancerre. Filho do precedente.
  Luís VI
(9 de Agosto de 1736, Paris – 13 de maio de 1818, Chantilly) morre com 81 anos
17361772 Príncipe de sangue, Grão mestre de França, duque de Bourbon, duque de Enghien e, depois, 8º Príncipe de Condé (1740), conde de Sancerre, conde de Charolais e Gien. Filho do precedente. Emigrou em 1789, pouco depois ao 14 de julho.
  Luís VII
(13 de abril de 1756, Paris – 27 de Agosto de 1830, Saint-Leu) morre com 74 anos
17721830 Foi 9º duque de Enghien (1772-1818), e duque de Bourbon (1772-1818) e, por fim, pela morte de seu pai em 1818, 9º (e último) Príncipe de Condé. Tendo perdido o seu filho Luís António, Duque de Enghien em 1804, o título de duque de Bourbon extingue-se com a sua morte. Lega a sua fortuna, e os seus castelos Chantilly e de Bourbon ao jovem Henrique de Orleães, duque de Aumale.

Casa de Bourbon (Espanha) (título de cortesia)Editar

O ramo espanhol dos Bourbon apropriou-se irregularmente do título de « duque de Bourbon » a partir de 1950, pelo facto de ser o ramo senior da Casa de Bourbon e de todos os Capetos.

Retrato Nome Reinado Notas Brasão de Armas
  Afonso de Bourbon
Duque de Bourbon
Duque de Bourgonha
Duque de Cádis
Duque de Anjou

(Roma, 20 de abril de 1936, – Beaver Creek, 30 de janeiro de 1989) morre com 52 anos
19501975 Conhecido em França pelo título de cortesia de duque de Anjou, era considerado pelos partidários legitimistas da restauração monárquica como o pretendente ao trono (Afonso I), na qualidade de herdeiro dos reis de França. De fato, era o mais velho dos descendentes em linha primogénita masculina de Hugo Capeto.
  Francisco de Bourbon
Duque de Bourbon
Duque da Bretanha

(Madrid, 22 de novembro de 1972 – Pamplona, 7 de fevereiro de 1984) morre com 11 anos
19751984 Morto após um acidente de automóvel. O pai atribui-lhe o título de duque de Bourbon em 3 de agosto de 1975; na altura era duque da Bretanha desde 1973.
Luís de Bourbon
Duque de Bourbon
Duque de Touraine
Duque de Anjou

(25 de abril de 1974, Madrid – … )
19841989 O pai atribui-lhe o título de duque de Bourbon em 27 de setembro de 1984 após a morte do seu irmão mais velho; na altura Luís era duque de Touraine desde 1981. Torna-se duque de Anjou pela morte de seu pai em 1989.

Ver tambémEditar

NotasEditar

ReferênciasEditar

  1. também designados por “Sires”
  2. que colocam um fim a nona Guerra italiana

BibliografiaEditar