Abrir menu principal
EFT-1
Insígnia da missão
Informações da missão
Operadora NASA
Foguete Delta IV Heavy
Lançamento 5 de dezembro de 2014
(12:05 UTC)
SLC-37B
Aterrissagem 5 de dezembro de 2014

Oceano Pacífico
Órbitas 2
Duração 4h 24 min
Altitude orbital 5,800 quilômetros
Navegação
Orion Pad Abort 1.jpg TA-1
TA-2 Ascent Abort-2.png

EFT-1 ou Exploration Flight Test 1 (anteriormente conhecido como Orion Flight Test 1 ou OFT-1) foi uma missão de voo teste da nave especial Orion. O lançamento foi realizado no dia 5 de dezembro, às 12:05 UTC, através do foguete Delta IV Heavy.[1]

Índice

ObjetivosEditar

O voo teve como objetivo testar vários sistemas da nave Orion, incluindo as fases de separação, a aviónica, o escudo térmico, o paraquedas e as operações de recuperação antes do seu lançamento de estreia a bordo do Sistema de Lançamento Espacial, atualmente previsto para ser iniciado em novembro 2018.[2]

O lançamento foi feito em 5 de dezembro de 2014, às 07:03 hora local de Cabo Kennedy, sem tripulação, para o teste que consistiu em realizar duas órbitas em volta da Terra, uma delas a mais de 5,8 mil km de distância, dentro do Cinturão de Van Allen, testar equipamento críticos de segurança, fazer análises das estruturas da nave e retornar pousando no oceano.[3] Apesar de não levar tripulantes, a Orion levou ao espaço amostras do solo lunar, partes de um fóssil de dinossauro e uma gravação do movimento "Marte" da obra de Gustav Holst, "Os Planetas".[4]

Depois de cumprir o planejado, num voo de cerca de 4h30min, a cápsula pousou no Oceano Pacífico, 1000 km a oeste de San Diego, às 08:29 hora local, onde foi recolhida do oceano pelas equipes de resgate da NASA e da Marinha a bordo do navio de apoio USS Anchorage.[5] A agência espacial informou que a nave funcionou quase à perfeição e que pousou no mar apenas uma milha fora do ponto previsto.[4]

Tentativas de lançamentoEditar

Em 4 de dezembro a NASA tentou realizar o primeiro teste da espaçonave mas ventos acima do ideal, um barco encontrado em águas do Oceano Atlântico interditadas por segurança durante a período de lançamento e especialmente problemas de vazamento em válvulas do foguete Delta IV Heavy, não puderam ser resolvidos a contento durante o período propício da janela de lançamento e ele foi adiado por 24 horas.[6]

Tentativa Hora prevista Resultado Razão Nota
1 4 de dezembro de 2014
7:05 am
  Cancelado Alcance Gama de lançamento bloqueada
2 4 de dezembro de 2014
7:17 am
  Cancelado Tempo Rajada de vento
3 4 de dezembro de 2014
7:55 am
  Cancelado Tempo Rajada de vento
4 4 de dezembro de 2014
8:26 am
  Cancelado Técnico Problema na válvula de combustível de drenagem
5 4 de dezembro de 2014
9:44 am
  Cancelado Técnico Reciclagem de 24 horas
6 5 de dezembro de 2014
7:05 am
Sucesso Alcance Gama de lançamento bloqueada

GaleriaEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. G1. «Nave Orion da Nasa é lançada para primeiro voo de testes». Consultado em 5 de dezembro de 2014 
  2. NASA. «SLS Flexibility: Exploration roadmap focus taking center stage» (em inglês). Consultado em 5 de dezembro de 2014 
  3. «Nasa faz hoje teste de nave com que pretende enviar astronautas a Marte». O Globo. Consultado em 4 de dezembro de 2014 
  4. a b «NASA's Orion Spacecraft Splashes Down in Pacific After Test Flight». The New York Times. Consultado em 5 de dezembro de 2014 
  5. «Video: Orion splashdown seen from recovery ship». SpaceflightNow. Consultado em 6 de dezembro de 2014 
  6. «Live coverage: Orion launch scrubbed». SpaceFlightNow. Consultado em 4 de dezembro de 2014 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre EFT-1
Precedido por
Nenhuma
Orion
Sucedido por
EM-1