Abrir menu principal
EMD DD40AX
BSicon exTRAIN3.svg
DDA40X, Vista Frontal.
Descrição
Propulsão Diesel-Elétrica
Fabricante EMD - La Grange, Illinois ( Estados Unidos)
Modelo DDA40X
Ano de fabricação Junho de 1969 a Setembro de 1971
Locomotivas fabricadas 47
Classificação AAR D-D
Tipo de serviço Carga/Passageiros
Características
Bitola 1.435 mm
Tipo de truques Flexi-coil
Diâmetro das rodas 40"
Distância entre eixos 1.305mm
Comprimento 29.997mm
Largura 3.150mm
Altura 4.980mm
Peso da locomotiva 247.400kg
Peso por eixo 30.925 kg
Tipo de combustível Diesel
Capacidade de combustível 31,154 l
Fabricante do motor EMD
Motor primário Dois EMD 645E3A
Limite de RPM 900
Tipo de motor Dois 16 cilindros em V
Cilindradas do motor 10.565,1 cc³ x 32 (16x2)
Gerador Dois AR12
Motores de tração D77 (oito)
Tamanho dos cilindros 9 1/16" (230mm) X 10"(254mm)
Tipo de transmissão Elétrica
Tração múltipla Sim
Performance
Velocidade máxima 144 km/h
Potência total 6600 hp
Operação
Ferrovias Originais Union Pacific
Apelidos Centennial
Situação 1 em operação (eventual), 12 preservadas não-operacionais), demais cortadas.

A EMD DDA40X foi uma locomotiva experimental produzida pela Electro-Motive Division construída entre Junho de 1969 e Setembro de 1971 para a Union Pacific Railroad (UP). Ela recebeu seu apelido clássico de Centennial (Centenária) para comemorar o 100º aniversário da conclusão da Primeira Ferrovia Transcontinental em Promontory, Utah. [1]

ProduçãoEditar

 
Vista do painel de comando.

Um total de 47 locomotivas foram construídas com a numeração de 6900-6946. As siglas DD definiam o arranjo de rodas D-D), a sigla A definia o tipo de gerador de tração de corrente alternada; alternador), a sigla 40 definia o motor primário da série 40 da EMD modelo 16-645E e o X definia seu caráter experimental. [2] [3]

As locomotivas Centennial da Union Pacific foram as maiores, as mais pesadas e as mais potentes locomotivas diesel-elétrica que já existiram, feita para rodar na linha de bitola standard (1.435mm) da UP puxando velozes trens de passageiros ou pesados trens de carga a velocidades de até 144 km/h (90 mph). Esses gigantes dominaram as linhas de trem ocidentais da ferrovia de 1970 até o início de 1980 e foram vistos em todos os trens mais importantes da ferrovia. [4] [3]

Seus 8 motores de tração são alimentados por 2 grupos moto-geradores que, em conjunto, produzem uma potência total de 6600 hp. Foi chamada de sucessora da locomotiva a vapor "Big-Boy", que também rodou na UP e que na sua época foi uma das maiores locomotivas que já existiu. [5]

Suas antecessoras foram as DD35 e DD35A, ambas máquinas D-D com 5000 hp [3] e suas concorrentes foram as GE U50B de 5000 hp e a ALCO C-855 de 5500 hp, ambas com arranjo de rodas B+B-B+B. [5]

Saída e Volta ao ServiçoEditar

 
Vista da parte traseira.

Os altos custos de manutenção devido à alta quilometragem dessas unidades exclusivas foram sua queda com a severa crise de negócios em 1980. Muitas das unidades acumularam até 2,2 milhões de milhas. As unidades mais novas tinham apenas nove anos e as mais antigas tinham 11 anos de idade. [3]

Em maio de 1980, com a rescisão econômica do pais e após apenas uma década de serviço, 25 unidades foram colocadas em um armazém em Council Bluffs, Iowa, e 12 foram armazenadas em North Platte, Nebraska. Em outubro de 1980, relatórios da imprensa ferroviária mostraram que as 37 unidades armazenadas no sistema foram transferidas para Las Vegas, Nevada. Mas oito unidades continuavam na ativa até fevereiro de 1981. Em abril e maio de 1983, com todas as 45 unidades estavam em armazenamento em Yermo, California. [3]

No final de 1983, a recessão econômica do início dos anos 80 estava lentamente chegando ao fim, e o tráfego ferroviário estava aumentando. UP logo se viu segurando trens por falta de locomotivas para puxá-los. A UP resolveu devolver as Centenárias ao serviço regular, especialmente aquelas que estavam em boas condições ou que podiam ser levadas rapidamente a boas condições. [3]

No final de fevereiro de 1984, a UP começou a transferir 40 das Centenárias dos armazéns de Yermo para Salt Lake City, e para North Platte, para retorná-los ao serviço. Destas 15 se mostraram inservíveis e a partir de 24 de junho de 1984, começaram a ser desmontadas para de todas as peças pudessem ser usadas para manter as 25 unidades operacionais em funcionamento. Cada uma dessas 25 unidades foi autorizada a operar em qualquer parte do sistema da Union Pacific que não operasse por cabos, a partir de outubro de 1984. (o sistema de cabos ainda eram necessários entre Nampa, Idaho e Portland, Oregon, até setembro de 1985). [3]

No final de 1984, o surto de tráfego havia acabado e todas as 25 unidades operacionais foram retiradas de serviço em 23 de dezembro de 1984. Algumas ainda resistiram 14 unidades tiveram um serviço limitado nos meses seguintes, mas no início de abril de 1985 todos as 6900 estavam oficialmente fora de serviço. [3]

Unidades sobreviventesEditar

Atualmente 13 unidades ainda existem. Onze unidades foram oficialmente preservadas. Uma unidade, ou melhor, o esqueleto de uma unidade, fica abandonada em Chamberlain (Dacota do Sul), nos trilhos da Dakota Southern Railroad, sem seus motores, alternadores e módulos de tração. Outra unidade, UP 6936, permanece na Frota do Patrimônio. [6] [3]

  • 6900 - Parque Kenefick, Omaha, Nebraska. A primeira DDA40X construída.
  • 6901 - Parque Ross, Pocatello, Idaho. A segunda DDA40X construída.
  • 6911 - Museu de Tecnologia do México, Cidade do México.
  • 6913 - Museu da Ferrovia Americana, Frisco, Texas.
  • 6915 - Unidade do Sul da California da Sociedade Histórica das Ferroviárias e Locomotivas, Pomona, Califórnia.
  • 6916 - Museu Ferroviário do Estado de Utah, Ogden, Utah.
  • 6922 - Parque Cody, North Platte, Nebraska.
  • 6925 - Armazenada no pátio ferroviário da Dakota Southern Railway, localizado em Chamberlain Dakota do Sul. É usado para reposição de peças e armazenamento de combustível.
  • 6930 - Museu Ferroviário de Illinois,Union, Illinois. Usado apenas como cabine de controle; motores e aparelhagem elétrica não estão operacionais atualmente .
  • 6936 - Em serviço na Frota do Patrimônio da Union Pacific. [7]
  • 6938 - North Little Rock, Arkansas. Ficando estacionada em frente a Fábrica de Locomotivas Jenks.
  • 6944 - Museu dos Transportes, St. Louiss, Missouri. Teve reparos externos em Altoona, Pensilvânia em julho de 2014, concluídos em maio de 2015. A locomotiva retornou a St. Louis em junho de 2015.
  • 6946 - Western Pacific Railroad Museum, em Portola, Califórnia. A última DDA40X construída. Esta locomotiva está bastante completa.

Ver tambémEditar

  • DDM45 (SD45 com truques D-D)
  • EMD GP40 (Locomotiva base para a mecânica da DDA40X)
  • EMD 645 (Modelo do Motor da DDA40X)

Referências

  1. «EMD DDA40X "Centennial"». American-Rails. Consultado em 5 de agosto de 2019 
  2. Solomon, Brian (2016). Field Guide to Trains:. Locomotives and Rolling Stock (em inglês). [S.l.]: Voyageur Press, p. 189. ISBN 9780760349977 
  3. a b c d e f g h i Strack, Don. «Union Pacific DDA40X Centennial Locomotives». Utah Rail (em inglês). Consultado em 5 de agosto de 2019 
  4. Strack, Don. «UP Diesel Roster, 1934-2009, Part 62». Utah Rails (em inglês). Consultado em 5 de agosto de 2019 
  5. a b Solomon, Brian (2012). North American Locomotives:. A Railroad-by-Railroad Photohistory (em inglês). [S.l.]: Voyageur Press, 258. ISBN 9781610586856 
  6. «Diesel-Electric Locomotives». UP (em inglês). Consultado em 5 de agosto de 2019 
  7. «UP 6936». Rail Pictures Archives. Consultado em 5 de agosto de 2019