Ecco la felicità!

filme de 1940 dirigido por Marcel L'Herbier

Ecco la felicità! é um filme franco-italiano dirigido por Marcel L'Herbier como uma produção em dois idiomas. Foi filmado em Roma nos primeiros meses de 1940, mas depois que a Itália se juntou à Segunda Guerra Mundial ao lado da Alemanha, as versões francesa e italiana do filme foram concluídas separadamente. A versão italiana foi lançada em dezembro de 1940.[2] A versão francesa foi lançada em julho de 1942 sob o título La Comédie du bonheur.[1]

Ecco la felicità!
Na França La Comédie du bonheur
França
Itália
1940 •  p&b •  108[1] min 
Direção Marcel L'Herbier
Produção André Paulvé
DisCina
Scalera Film
Roteiro André Cerf
Marcel L'Herbier
Jean Cocteau (diálogo adicional)
Gino Valori (adaptação italiana)
Baseado em Samoe glavnoe, de Nikolai Evreinov
Elenco Michel Simon
Ramon Novarro
Jacqueline Delubac
Micheline Presle
Música Jacques Ibert (versão francesa)
Canções de Paul Misraki
Mario Carta (versão italiana)
Cinematografia Massimo Terzano
Maurice Desfassiaux
Edição Jacques Manuel
Eraldo Da Roma
Companhia(s) produtora(s) Scalera
Lançamento
  • 23 de dezembro de 1940 (Itália)
  • 23 de julho de 1942 (França)
Idioma francês
italiano

EnredoEditar

Quando o rico banqueiro François Jourdain tenta gastar seu dinheiro em causas filantrópicas, seus parentes o internam em uma clínica psiquiátrica para salvar sua herança. Durante as celebrações do Mardi Gras, Jourdain foge e passa a residir na Pension Beau Soleil, uma pensão decadente em Nice, habitada por vários indivíduos infelizes, incluindo a filha tímida do proprietário, Lydia, o exilado russo suicida Fédor e a solteirona amargurada Miss Aglaé. . Jourdain contrata alguns atores do teatro local para interpretar papéis na vida real na pensão que transformará a vida de todos, ilustrando seu princípio: "Criar a felicidade dos outros é difícil. Mas basta criar a ilusão de felicidade. "

O ator principal e tenor Félix corteja Lydia e a faz sentir-se amada, sua esposa Anita desperta o interesse de Fédor, e Déribin supera sua aversão a Aglaé e ouve suas queixas. Enquanto isso, os parentes de Jourdain ofereceram uma grande recompensa por sua recaptura e a polícia está procurando por ele. Para completar o seu esquema, Jourdain organiza um baile à fantasia que culmina com uma invasão dos estúdios locais da Rádio Azur por todos os foliões mascarados, e uma sucessão de identidades equivocadas, truques e desmascaramentos resulta na satisfação confusa de quase todos. Mas Jourdain tem que se entregar e retornar ao asilo.

ElencoEditar

Referências

  1. a b «La Comédie du bonheur - Fiche Film - La Cinémathèque française». cinema.encyclopedie.films.bifi.fr. Consultado em 26 de fevereiro de 2022 
  2. «scheda». www.archiviodelcinemaitaliano.it. Consultado em 26 de fevereiro de 2022