Ecologia clínica

Ecologia clínica é uma ideia proposta em 1960 e segundo a qual a exposição a níveis baixos, de certos agentes químicos, prejudicaram as pessoas suscetíveis, causando sensibilidade química múltipla e outras doenças.[1]

Referências

  1. «www.fjc.gov/public/pdf.nsf/lookup/sciman00.pdf/$file/sciman00.pdf» (PDF). Consultado em 31 de março de 2011. Arquivado do original (PDF) em 1 de janeiro de 2011 
  Este artigo sobre saúde é um esboço relacionado ao Projeto Saúde. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.