Economia da Mongólia

Economia da Mongólia
Ulan Bator.
Moeda tugrik
Ano fiscal ano calendário
Blocos comerciais OMC, Banco Asiático de Desenvolvimento, FMI, Banco Mundial
Estatísticas
PIB
  • Aumento $13,009 bilhões (nominal, 2018)[1]
  • Aumento $43,559 bilhões (PPPC, 2018)[1]
Variação do PIB Aumento 6,8% (2018)
PIB per capita $ 13,451 (PPC, 2018)
PIB por setor agricultura 14%, indústria 29,9%, serviços 56,1%
Inflação (IPC) 7,650% (2018)
População
abaixo da linha de pobreza
29,6% (2016)
Coeficiente de Gini 0,34 (2017)
Força de trabalho total 1 037 000 (2011)
Força de trabalho
por ocupação
agricultura 33%, indústria 10,6%, serviços 56,4% (2011)
Desemprego AumentoNegativo 8% (2017)
Principais indústrias construção civil e materiais de construção, mineração (carvão, cobre, molibdênio, fluorita, estanho, tungstênio, ouro), petróleo, alimentos e bebidas, processamento de produtos animais, manufatura de lã de caxemira e de fibras naturais
Exterior
Exportações $ 5,834 bilhões (2017)
Produtos exportados cobre, roupas, animais vivos, produtos animais, lã de caxemira, , peles, fluorspato, outros minerais não ferrosos, carvão, petróleo bruto
Principais parceiros de exportação República Popular da China 88,9%, Canadá 4,1% (2011)
Importações $ 4,345 bilhões (2017)
Produtos importados máquinas e equipamentos, combustíveis, automóveis, alimentos, bens de consumo industriais, produtos químicos, materiais de construção, cigarros e tabaco, roupas, sabão e detergente
Principais parceiros de importação República Popular da China 37,6%, Rússia 25,7%, Estados Unidos 9,4%, Coreia do Sul 6,1%, Japão 4,9% (2011)
Dívida externa bruta $25,33 bilhões (2018)
Finanças públicas
Dívida pública 91,4% do PIB (2017)
Receitas $ 2 967 bilhões (2017)
Despesas $ 3 681 bilhões (2017)
Fonte principal: [[2] The World Factbook]
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$
Nota de 5.000 tugruk.

A economia da Mongólia é baseada na produção agro-pastoril, com 90% das exportações constituídas de animais e derivados, mas muito limitada pela distância da Mongólia do mar, e pelas precárias estradas sem infraestrutura.

A grande dependência de ajuda estrangeira levou o país a uma preparação inadequada para os rigorosos invernos, e houve grandes perdas de animais, o que empobreceu a muitos.[carece de fontes?] A ajuda soviética, que chegava a quase 1/3 do PIB desapareceu quase do dia para a noite em 1990 e 1991, ano do desmantelamento da URSS.[2] A mudança da economia centralizada e dependente da URSS para uma economia de mercado foi traumática. Na década seguinte o país enfrentou uma profunda recessão devido à inatividade econômica e aos desastres naturais, e posteriormente um crescimento econômico devido às amplas reformas econômicas, com adoção do livre mercado e privatizações.[2] Apesar disso, quase um terço da população vive em extrema pobreza, e a economia continua defasada.

Também é importante a criação de ovinos, caprinos e equinos. Merece destaque a mineração de estanho.

Referências

  1. a b «World Economic Outlook Database, October 2019». IMF.org. International Monetary Fund. Consultado em 20 de outubro de 2019 
  2. a b c CIA. «The World Factbook». Consultado em 1 de novembro de 2013 

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre economia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


  Mongólia
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens