Abrir menu principal

Economia de Anguilla

Economia de Anguilla
Vista aérea de Anguilla.
Moeda Dólar do Caribe Oriental
Ano fiscal 1 de abril - 31 de março
Blocos comerciais Caricom (associado)
Estatísticas
PIB 175,4 milhões (2009) (218º lugar)
Variação do PIB -8,5% (2009)
PIB per capita 12 200 (2008)
PIB por setor agricultura 2,2%, indústria 28,5%, serviços 69,3% (2012)
Inflação (IPC) 4,5% (2012)
População
abaixo da linha de pobreza
23% (2002)
Força de trabalho total 6 049 (2001)
Força de trabalho
por ocupação
agricultura/pesca/extrativismo/mineração 4%, manufatura 3%, construção civil 18%, transporte 10%, comércio 36%, serviços 29% (2000)
Desemprego 8% (2002)
Principais indústrias turismo, construção de pequenas embarcações, serviços financeiros offshore
Exterior
Exportações 12,65 milhões (2012)
Produtos exportados lagosta, peixe, gado, sal, blocos de concreto, rum
Importações 138,6 milhões (2012)
Produtos importados combustíveis, alimentos, manufaturados, produtos químicos, têxteis, caminhões
Dívida externa bruta 8,8 milhões (1998)
Finanças públicas
Receitas 22,8 milhões (2009)
Despesas 22,5 milhões (2009)
Fonte principal: [[1] The World Factbook]
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$

Anguilla possui poucos recursos naturais, e a economia depende bastante do turismo, bancos estrangeiros, pesca de lagostas e remessas de emigrantes. A economia, especialmente o setor turismo, teve efeitos devastadores em 1995, por causa do Furacão Luis, mas se recuperou em 1996. Ao crescer o setor turismo, também pôde ajudar ao setor de construção, que cresceu grandemente à economia. Os bancos estrangeiros estão estabelecidos, mas tem a participação muito pequena, ainda que também em auge.

Os principais produtos que produz e exporta são a sal, pescado, lagostas, blocos de concreto, gado, fumo e rum. No arquipélago se usa como moeda o Dólar Caribe-Este.

Referências

  1. CIA. «The World Factbook»  Consultado em 31 de março de 2013

Ver tambémEditar