Economia do Zimbabwe

(Redirecionado de Economia do Zimbábue)

A Economia do Zimbabwe sofreu com severa hiperinflação até 2009, apresentando quedas do Produto Interno Bruto sucessivas durante anos. A sua moeda até a época, o Dólar zimbabuano, representada pela símbolo Z$, desvalorizava-se a taxas oficiais de 4500% ao mês,[4] e extra-oficiais de 9000%. Em 2009 o país adotou o dólar americano como moeda, além de permitir o uso de moedas dos países vizinhos, como o pula de Botswana e o rand da África do Sul.[3]

Economia do Zimbabwe
Cataratas Vitória, local turístico no Zimbabwe.
Moeda Dólar americano, (substituindo o dólar zimbabueno desde 2009); Golix[1][2]
Ano fiscal Ano calendárioo
Blocos comerciais OMC, União Africana
Banco Central n/d
Estatísticas
Bolsa de valores n/d
PIB 6 909 milhões (2012) (159º lugar)
Variação do PIB 5% (2012)
PIB per capita 500 (2012)
PIB por setor agricultura 18,1%, indústria 22,6%, comércio e serviços 59,3% (2008)
Inflação (IPC) 8,3% (2012)
População
abaixo da linha de pobreza
68% (2004)
Coeficiente de Gini 50,1 (2008)
Força de trabalho total 3 909 000 (2012)
Força de trabalho
por ocupação
agricultura 66%, indústria 10%, comércio e serviços 24% (1996)
Desemprego 95% (2009)
Principais indústrias mineração (carvão, ouro, platina, cobre, níquel, estanho, diamantes, argila, numerosos minérios metálicos e não metálicos), aço; produtos de madeira; cimento, produtos químicos, fertilizantes, roupas e calçados, bebidas e alimentos
Exterior
Exportações 3 314 milhões (2012)
Produtos exportados platina, algodão, tabaco, ouro, ferro-ligas, têxteis/vestuário
Principais parceiros de exportação África do Sul 17,3%, China 16,9%, República Democrática do Congo 11,7%, Botswana 10,5%, Itália 6,1% (2011)
Importações 4 675 milhões (2012)
Produtos importados máquinas e equipamentos de transporte, outros manufaturados, produtos químicos, combustíveis
Principais parceiros de importação África do Sul 55,4%, China 9,2% (2011)
Dívida externa bruta 6 975 milhões (2012)
Finanças públicas
Receitas N/D (2010)
Despesas N/D (2010)
Fonte principal: [[3] The World Factbook]
Salvo indicação contrária, os valores estão em US$

HistóriaEditar

O Zimbábwe já foi um dos países mais economicamente prósperos da África meridional, especialmente na parte sul, que desde o descobrimento, se desenvolveu mais do que a norte.

Crise de hiperinflaçãoEditar

 
Dólar zimbabweano de 1983, actualmente uma nota de Z$ 2 tem apenas valor numismático.

Desde 2000 encontra-se em uma profunda crise, além da hiperinflação, há um alto índice de desemprego, pobreza e uma crônica escassez de combustíveis, alimentos e moedas estrangeiras.

A hiperinflação vem destruindo a economia do país, arrasando com o sector produtivo. Uma medida governamental congelou os preços, causando desabastecimento, fortalecimento do mercado negro e prisão de comerciantes contrários à medida.[5]

Em Julho de 2007, foi lançada a cédula de 200 mil dólares zimbabweanos, que apesar do elevado valor de face, é capaz de comprar pouco mais do que um quilo de açúcar. No mercado paralelo, a moeda era cotada a 1 dólar americano.[4] Em maio de 2008, foi lançada a cédula de 500 milhões[6] e em julho do mesmo ano foram lançadas cédulas com valores a partir de 100 bilhões de dólares zimbabweanos.

Houve uma reforma monetária que entrou em vigor em agosto deste mesmo ano, no entanto, a taxa inflacionária parece não ceder, havendo projeções de que haja a necessidade de nova reforma em breve. Quando chegou ao poder, Mugabe privatizou os elefantes para evitar uma extinção deles e ampliar a produção de marfim.[7]

Comércio ExteriorEditar

O principal parceiro comercial do Zimbábwe é a África do Sul, responsável, em 2006, por 32,3% das exportações[8] e 46,1% das importações[9]

Em 2020, o país foi o 114º maior exportador do mundo (US $ 4,2 bilhões). Na soma de bens e serviços exportados, chega a US $ 4,7 bilhões, ficando em 120º lugar mundial.[10][11] Já nas importações, em 2019, foi o 131º maior importador do mundo: US $ 4,7 bilhões.[12]

Setor primárioEditar

AgriculturaEditar

O Zimbábue produziu, em 2018[13]:

Além de produções menores de outros produtos agrícolas.[14]

PecuáriaEditar

Na pecuária, o Zimbábue produziu, em 2019: 108 mil toneladas de carne bovina; 52 mil toneladas de carne de frango; 24 mil toneladas de carne de cabra; 425 milhões de litros de leite de vaca, entre outros.[15]

Setor secundárioEditar

IndústriaEditar

O Banco Mundial lista os principais países produtores a cada ano, com base no valor total da produção. Pela lista de 2018, o Zimbábue tinha a 108ª indústria mais valiosa do mundo (US $ 2,5 bilhões).[16]

Em 2014, o país produziu perto de 900 veículos (um dos países do mundo que menos produzem). Em 2019 não estava entre os 40 maiores produtores de aço.[17][18][19]

MineraçãoEditar

Em 2019, o país era o 3º maior produtor mundial de platina[20] e o 6º maior produtor mundial de lítio.[21]

Na produção de ouro, em 2017 o país produziu 23,9 toneladas.[22]

EnergiaEditar

Nas energias não-renováveis, em 2020, o país não produzia petróleo.[23] Em 2011, o país consumia 19 mil barris/dia (130º maior consumidor do mundo).[24][25][26] Em 2015, o país não produzia gás natural.[27] Na produção de carvão, o país foi o 37º maior do mundo em 2018: 2,7 milhões de toneladas.[28]

Nas energias renováveis, em 2020, o país não produzia energia eólica nem energia solar.[29]

Decrescimento do PIB zimbabueanoEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. Zimbabwe Doesn’t Have Its Own Currency and Bitcoin Is Surging
  2. Think bitcoin's getting expensive? Try Zimbabwe
  3. a b CIA. «The World Factbook»  Consultado em 29 de março de 2013
  4. a b BBC Brasil - Com inflação recorde, Zimbábue emite cédula de 200 mil
  5. http://www.angolapress-angop.ao/noticia.asp?ID=544411
  6. Zimbabwe introduces 500 milhões dólares note
  7. UMA REFLEXÃO SOBRE A PRIVATIZAÇÃO NA ÁFRICA
  8. Index Mundo - Zimbabue Importaciones - destino
  9. Index Mundo - Zimbabue Importaciones - procedencia
  10. Trade Map - List of exporters for the selected product in 2018 (All products)
  11. Market Intelligence: Disclosing emerging opportunities and hidden risks
  12. «International Trade Statistics». International Trade Centre. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  13. Zimbabwe production in 2018, by FAO
  14. Zimbabwe production in 2018, by FAO
  15. Produção da pecuária do Zimbábue em 2019, pela FAO
  16. Fabricação, valor agregado (US $ corrente)
  17. World vehicle production in 2019
  18. World crude steel production
  19. Global crude steel output increases by 3.4% in 2019
  20. USGS Platinum Production Statistics
  21. USGS Lithium Production Statistics
  22. Zimbabwe Gold Production
  23. Annual petroleum and other liquids production
  24. Statistical Review of World Energy, June 2020
  25. The World Factbook — Central Intelligence Agency
  26. Annual petroleum and other liquids production
  27. CIA. The World Factbook. Natural gas - production.
  28. Statistical Review of World Energy 2018
  29. RENEWABLE CAPACITY STATISTICS 2021


  Zimbabwe
História • Política • Subdivisões • Geografia • Economia • Demografia • Cultura • Turismo • Portal • Imagens