Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para o tipo de habitação ou anexo, veja Edícula (habitação).
Uma aedicula cristã em Veneza.

Edícula (em latim: Aedicula; plural: Aediculae) é uma pequena casa, ou um templo, nicho ou santuário com forma de pequena edificação. A palavra edícula é o diminutivo do latim edis (aedis) ou edes (aedes), um templo ou casa, significando literalmente pequena casa ou templo.

Edículas pagãsEditar

 
Edícula pagã em uma casa de Herculano.

Muitas edículas foram agregados a santuários para abrigarem pequenos altares e estátuas, enquanto outros ficavam nas casas das pessoas comuns, normalmente possuindo divindades romanas para proteger a casa e a família. Estruturas semelhantes existiam também na Grécia Antiga.

Outras edículas eram pequenos santuários dentro de templos maiores, normalmente fixados no chão, e rodeados por colunas. Na arquitetura romana a edícula tem essa função representativa na sociedade, sendo instaladas em edifícios públicos como o Arco do Triunfo e nos portões da cidade.

Edículas cristãsEditar

Na arquitetura cristã, a edícula é um baldaquino tridimensional. Existem edículas em cemitérios romanos, como parte da arquitetura fúnebre. Uma das edículas mais conhecidas é a que abriga o que alguns acreditam ser o Túmulo de Jesus Cristo dentro da Igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém[1].

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Edícula

Referências

  1. «Sobre a Edícula do Santo Sepulcro, um quadro retorna ao seu posto». Custodia Terræ Sanctæ. Consultado em 31 de agosto de 2015 
  Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.