Abrir menu principal
Eder Luiz de Faria Morbi
Nome completo Eder Luiz de Faria Morbi
Nascimento 31 de julho de 1963 (56 anos)
São Paulo Santa Cruz do Rio Pardo
Nacionalidade  Brasil
Ocupação Locutor, narrador e comentarista de futebol

Eder Luiz de Faria Morbi (Santa Cruz do Rio Pardo, 31 de julho de 1963), conhecido como Eder Luiz ou ainda O Dez do Rádio é um narrador e locutor esportivo.

História do NarradorEditar

Éder Luiz de Faria Morbi nasceu em 31 de Julho de 1963, em Santa Cruz do Rio Pardo, SP. Entrou no rádio aos 13 anos, como auxiliar técnico. Após um ano, teve sua grande chance de estrear como locutor esportivo, na Difusora de Santa Cruz, narrando um jogo do campeonato amador da região.

Aos 17 anos, foi para Marília, onde atuou pelas rádios: Verinha,Clube e Itaipu.

Em 1983, chegou à capital paulista para trabalhar na Rádio Bandeirantes, onde permaneceu até 1994. Ali, transmitiu as Copas de 1986, 1990 e 1994, os Jogos Olímpicos de Los Angeles, Seul e Barcelona. Além disso, transmitiu mais de 170 GPs de Fórmula 1, na época do auge do esporte no Brasil, alcançado pelas vitórias de Ayrton Senna.

Em 1995, montou a sua própria equipe esportiva na Rádio Capital AM.

Dois anos depois, Éder Luiz inaugurou, na Band FM, uma nova linguagem no radialismo esportivo, ao levar a cobertura dos jogos para a FM. Maior qualidade de som, criatividade, muita emoção e humor faziam parte daquela nova proposta totalmente inovadora, que alcançou altos índices de audiência. Lá, transmitiu a Copa do Mundo de 1998.

Em 2000, levou toda a sua equipe para a Transamérica Pop, e realizou as coberturas das Olimpíadas de Atenas e das Copa do Mundo de Futebol de 2002 e 2006.

Em 2003, iniciou sua carreira como locutor de TV, narrando o Campeonato Inglês de Futebol e Liga dos Campeões pela Rede TV. Um ano depois, passou a narrar o Campeonato Espanhol e o Campeonato Italiano pela TV Bandeirantes. Nessa época, estreou o programa Vídeo Gol, idealizado e produzido por ele (era contratado pela TopSports, empresa que fornecia o Esporte Interativo na TV Aberta).

Em 2005, foi para a Rede Record de Televisão, narrando os principais campeonatos do Futebol Brasileiro (Paulista, Copa do Brasil, Brasileiro e Sul-Americana) e Internacional (Eurocopa, Liga dos Campeões e Copa Uefa), além de eventos olímpicos.

Em 2008, na Record News, apresentou o programa Gol, Futebol Arte, que fala sobre o futebol e suas curiosidades, estatísticas, etc.

No dia 18 de Dezembro de 2009, o Narrador assinou um contrato com a Rádio Record de São Paulo por um período de 5 anos, junto a um acordo de fusão na transmissão de conteúdo esportivo junto com a Transamérica Pop São Paulo. Ele começou na Rádio Record no dia 4 de janeiro de 2010. Éder Luiz continua ainda no comando esportivo da Transamérica.

No dia 4 de janeiro de 2010, a união inédita das emissoras de rádio se confirmava. A equipe de Éder Luiz se integrava a duas grandes estações de comunicação, no AM 1000 khz da Rádio Record com os 100,1 FM da Rádio Transamérica, com a união da equipe esportiva das duas rádios, com mudanças para um novo gênero de transmissão esportiva. Mais tarde, a parceria se desfez.

Antes dos Jogos Olímpicos de Londres, em 16 de julho de 2012, o narrador pediu demissão da Rede Record sendo substituido pelo narrador Lucas Pereira.[1][2]

Atualmente como NarradorEditar

Atualmente trabalha na Transamérica São Paulo narrando as diversas modalidades e competições como os Campeonato Paulista e o Brasileirão, a Copa Sul-americana, a Copa Libertadores, a Copa do Brasil, o Mundial de Clubes e a Copa do Mundo de Futebol, além de outros esportes, como as Olimpíadas. Na Record e Record News, narrava os eventos do programa esportivo Esporte Fantástico e os campeonatos internacionais com os comentários de José Eduardo Savóia e Milly Lacombe. Também narrava o Campeonato Catarinense pela RIC TV, afiliada em Santa Catarina.

ReferênciasEditar

Referências

  1. Ricco, Flávio; Carlos, José (15 de junho de 2012). «Homenagem do Grammy a Caetano terá Maria Gadu e Ivete Sangalo». UOL. UOL Televisão. Consultado em 16 de julho de 2012 
  2. Ricco, Flávio; Carlos, José (16 de julho de 2012). «Vento bate a favor na audiência do jornalismo e esporte da Globo». UOL. UOL Televisão. Consultado em 16 de julho de 2012