Abrir menu principal

'Edson' de Oliveira Giriboni (Itapetininga, em 6 de abril de 1953), casado, e pai de três filhos. Atualmente Deputado Estadual pelo Partido Verde (PV). Formado em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) e em Administração de Empresas pela Associação de Ensino de Itapetininga (AEI). Fez cursos de especialização na Universidade de Campinas (Unicamp) e na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Também é administrador.

Em 1977, foi admitido na FEPASA, como engenheiro de implantação de obras, na Diretoria de Transportes Metropolitanos. Nos anos seguintes, ocupou, respectivamente, os cargos de Inspetor da Via Permanente e Obras em Itapetininga; Chefe de Divisão da Via Permanente e Obras em Sorocaba; Gerente de Manutenção de Via Permanente Sorocaba/Botucatu/Santos e Superintendente Geral entre 1993 e 1999.

Ingressando na vida pública, foi eleito vice-prefeito de Itapetininga para o período 1989/1992, quando também ocupou a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, desenvolvendo um trabalho de natureza estratégica na expansão das vias urbanas e na melhoria da extensa malha viária rural. Voltou a ser eleito vice-prefeito de Itapetininga para o período 2001/2004, quando ocupou a Secretaria Municipal de Indústria e Desenvolvimento, ocasião em que desenvolveu um intenso trabalho de contato com grupos empresariais, alguns dos quais atualmente já instalados.

Nas eleições de 2006, foi eleito deputado estadual pelo Partido Verde (PV), com 47.968 votos. A primeira grande iniciativa foi a realização de um amplo diagnóstico em 45 municípios da Região Sudeste do Estado, culminando com o relatório intitulado “Estudo do Perfil Socioeconômico das Regiões Administrativas do Estado de São Paulo”. Esse relatório foi entregue pessoalmente ao governador José Serra, ao vice-governador Alberto Goldman e aos secretários de Estado. O estudo serve de base para as ações que já estão sendo desenvolvidas. Também autor do projeto de lei[1] que concede  à funcionária pública gestante, mediante inspeção médica, licença de 180 dias, com vencimento ou remuneração.Também a conquista do Ambulatório Médico de Especialidades[2] (AME) em Itapetininga.

Em 2010, foi reeleito deputado estadual com 93.128 votos. Convidado pelo governador Geraldo Alckmin, assumiu a Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo, em janeiro de 2011, cargo que ocupou até abril de 2014. Onde contribuiu para a criação de vários projetos, tendo como os principais o Programa "Água é vida"[3] (decreto 57.479 de  01/11/2011) com previsão de atendimento de 29.007 habitantes com tratamento de esgoto (8.058 ligações) e investimento de R$ 12.087.000; e com água, atendimento de 3.546 habitantes e investimento de R$ 7.076.369 e o Programa "Se liga na Rede" qual a previsão é de beneficiar cerca de 800 mil pessoas.[4]

Em 2014, foi reeleito Deputado Estadual com 105.969 votos.

Desempenho em eleiçõesEditar

Ano Eleição Coligação Partido Candidato a Votos Votos em Itapetininga Resultado
1988 Municipal de Itapetininga PMDB PMDB Vice-Prefeito 22.122 (1º - turno único) Eleito[5]
1992 Municipal de Itapetininga PMDB PMDB Prefeito 14.916 (2º - turno único) Não Eleito[5]
1996 Municipal de Itapetininga PMDB PSDB Prefeito 16.513 (2º - turno único) Não Eleito[5]
1998 Estadual de São Paulo PTB, PSD, PSDB PSDB Deputado Estadual 17.869 (219º) 10.307 (2º) Suplente[6]
2000 Municipal de Itapetininga PPB, PDT, PMDB, PL, PFL, PSDB PSDB Vice-Prefeito 30.963 (1º - turno único) Eleito[6]
2002 Estadual de São Paulo PDT PDT Deputado Estadual 41.258 (116º) 31.088 (1º) Suplente[6]
2004 Municipal de Itapetininga PP, PDT, PTN, PL, PSD, PFL, PRTB, PV, PSDB PV Vice-Prefeito 26.145 (2º - turno único) Não Eleito[6]
2006 Estadual de São Paulo PV PV Deputado Estadual 47.968 (108º) 35.970 (1º) Eleito[6]
2010 Estadual de São Paulo PV PV Deputado Estadual 93.123 (49º) 42.887 (1º) Eleito[6]
2014 Estadual de São Paulo PV PV Deputado Estadual 105.969 (34º) 44.976 (1º) Eleito[6]
2018 Esadual de São Paulo PSB, PTB, PV, PSC, PPS PV Deputado Estadual 59.701 Não Eleito

Referências

  1. «Licença Maternidade de 180 dias para funcionárias públicas». www.giriboni.com. Consultado em 25 de outubro de 2016 
  2. «AME trará avanços para Itapetininga e região». www.al.sp.gov.br. Consultado em 25 de outubro de 2016 
  3. «Programa "Água é Vida"». www.giriboni.com. Consultado em 25 de outubro de 2016 
  4. «Programa "Se Liga na Rede"». www.giriboni.com. Consultado em 25 de outubro de 2016 
  5. a b c Histórico
  6. a b c d e f g Edson de Oliveira Giriboni
  Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.