Edson Gomes
Informação geral
Também conhecido(a) como Edson Gomes
Nascimento 3 de julho de 1955 (64 anos)
Local de nascimento Cachoeira, Bahia Bahia
País  Brasil
Nacionalidade Brasileiro
Gênero(s) Reggae
Ocupação(ões) Cantor, Compositor
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 1972 − presente

Edson Gomes (Cachoeira, 3 de julho[1] de 1955) é um cantor, compositor de reggae brasileiro.[2][3][4][5] Ele é considerado por muitos do gênero como o maior nome da música reggae no país.[6] Suas músicas falam sobre desigualdade social, violência, pobreza, mazelas, corrupção e do cotidiano brasileiro.[1] A primeira grande influência musical de Edson Gomes foi Tim Maia, ele gostava tanto de imitar o Tim Maia que acabou ficando conhecido na cidade como "Tim Maia de Cachoeira".[1]

BiografiaEditar

Nascido no município de Cachoeira/BA, na juventude desejava ser jogador de futebol. No ano de 1972, fez sua primeira apresentação como músico, participando do Festival de Música Estudantil no Colégio Estadual de Cachoeira, quando obteve a primeira colocação.[1] Aos 16 anos de idade, após ganhar um festival de música em sua cidade, resolveu seguir a carreira artística. Nesse período ele ainda não tinha uma definição musical, era letrista e intérprete. Após aprender harmonia começou a fazer composições e criar letras, melodias e acordes. Depois de participar de outros Festivais de Música Estudantil locais, em 1977 participou do Festival de Inverno de Cachoeira, no qual também ganhou, nessa época ele já tinha um prestígio e profissionalismo maior que os apresentados nos festivais anteriores.[1] Em 1982, Edson viaja para São Paulo, e arranja um emprego na área da construção civil. Foi escolhido como o melhor intérprete do Festival Canta Bahia, com a música "Rasta"; recebeu também o Troféu Caymmi e gravou um compacto. Retornando para Cachoeira em 1985, participou do festival de música da cidade de Feira de Santana, Bahia, que era a segunda maior cidade do interior do nordeste, nesse festival ele foi premiado com o segundo lugar como melhor intérprete.[1] Em 1988, gravou o álbum Reggae Resistência lançado pela gravadora EMI de onde saiu o seu primeiro sucesso a canção Samarina, com seu estilo já definido como um roots reggae engajado, influenciado por Bob Marley e Jimmy Cliff.

No ano de 1990, foi lançado o disco Recôncavo. Em 1992 foi lançado o álbum Campo de Batalha, e seu sucesso se espalha pela região nordeste e por todo o país. Em 1996 Edson foi convidado para abrir o show de Alpha Blondy, em Salvador. Tocou para 22 mil pessoas que cantaram as suas músicas, sendo o maior evento de reggae da Bahia naquele ano. O quarto disco de Edson intitulado Resgate Fatal, lançado em 1995, o álbum foi um sucesso de vendas e tem como destaque a canção "Isaac". No ano de 1999 lançou o álbum Apocalipse, deste destacam-se "Camelô", "O País é Culpado" e "Apocalipse". Ainda em 1999 Edson deixa a gravadora EMI, que lança uma coletânea intitulada Meus Momentos que resgata seus sucessos antigos. Em 2001 lançou o seu primeiro trabalho independente, o nome do álbum é Acorde, Levante e Lute, esse nome também e nome de uma faixa do próprio álbum. Em dezembro de 2005 Edsom Gomes gravou o seu primeiro CD, DVD ao vivo, a gravação aconteceu no parque aquático Wet'n Wild que fica em Salvador, Bahia. O DVD foi lançado em 4 de janeiro de 2006.[1] Edson Gomes compôs a música "Ovelha Negra" para ele mesmo, ainda na época em que vivia na casa de seus pais, por volta dos vinte anos de idade.[7] Atualmente reside no seu estado de origem, a Bahia.

DiscografiaEditar

Referências

  1. a b c d e f g site ritmomelodia (2 de maio de 2006). «Entrevista com Edson Gomes». Cópia arquivada em 9 de janeiro de 2015 
  2. I Bahia. «República do Reggae traz Edson Gomes para show em Salvador». Consultado em 1 de janeiro de 2016 
  3. Já é Notícia. «Edson Gomes não se apresenta e show de reggae acaba em tumulto e confusão em Maceió». Consultado em 1 de janeiro de 2016 
  4. Leia Já. «Dezarie e Edson Gomes em noite majestosa de reggae». Consultado em 1 de janeiro de 2016 
  5. Correio 24 Horas. «Edson Gomes leva reggae consciente ao festival de verão». Consultado em 1 de janeiro de 2016 
  6. «Bem Brasil - Edson Gomes & Adão Negro». Tvcultura.com.br. Arquivado do original em 26 de março de 2008 
  7. bahianoticias.com.br (18 de Julho de 2013). «Entrevistas com Edson Gomes» 

Ligações externasEditar

 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Edson Gomes
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Edson Gomes
  Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.