Edvaldo Brandão Correia

Edvaldo Correia
Edvaldo Correia
Vice-governador da Bahia
Período 1975-1979
Antecessor Menandro Minahim
Sucessor Luís Viana Neto
Deputado estadual pela Bahia
Período 1959-1975
Vereador de São Gonçalo dos Campos
Período 1951-1959
Dados pessoais
Nascimento 16 de setembro de 1914
Cachoeira, BA
Morte 5 de abril de 1984 (69 anos)
Salvador, BA
Alma mater Universidade de São Paulo
Cônjuge Carmem Coelho Brandão Correia
Partido PTB, PSD, ARENA
Profissão odontólogo, médico, pecuarista

Edvaldo Brandão Correia (Cachoeira, 16 de setembro de 1914Salvador, 5 de abril de 1984) foi um odontólogo, médico e pecuarista brasileiro que foi vice-governador da Bahia.[1]

BiografiaEditar

Filho de Antônio Joaquim Correia e Maria Inês Brandão Correia. Formado em Odontologia pela Universidade de São Paulo em 1935 e em Medicina pela Universidade Federal da Bahia em 1942, clinicou em Salvador e foi membro do corpo médico do Exército Brasileiro onde obteve a graduação de tenente.[1] Fundador do Hospital Martagão Gesteira e provedor da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeira, dedicou-se também à pecuária em São Gonçalo dos Campos e dirigiu a Federação das Associações Rurais do Estado da Bahia. Filiado ao PTB foi eleito vereador em São Gonçalo dos Campos em 1950 e 1954 e ao ingressar depois no PSD e na ARENA elegeu-se deputado estadual em 1958, 1962, 1966 e 1970[2] sendo escolhido vice-governador da Bahia em 1974 na chapa de Roberto Santos.

Referências

  1. a b «Assembleia Legislativa da Bahia: deputado Edvaldo Correia». Consultado em 28 de novembro de 2013 
  2. «Banco de dados do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia». Consultado em 28 de novembro de 2013 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.